Deslivros:Protocolos dos Paínhos do Pelô

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.
Protocolos dos Paínhos do Pelô



Atenção: O texto tem largo teor Emo-Nazi, portanto tem doentio complexo de inferioridade inferido em seu discurso de superioridade ariana, segundo o estudo do psicanalista Freud



Introdução

Por meio dessa publicação que tive acesso irrestrito, eu, Miguxxo Bonequixxo Fofixx, membro da Sociedade Brasileira de Neonazicore 24 graus da Escala (Ariana) Gay Lussac e Simpatizantes ou SBN 24 É GLS, vim a demonstrar por meio de argumentos concretos, não técnicas de discurssão altamente poderosas para propaganda conspiracionista usada por Hitler, para convecer vocês de que os baianos além de ser uma raça inferior, dominam o Brasil e também fazem parte da Grande Conspiração Judaico-Bolchevista e da Nova Ordem Mundial.

Os baianos, assim como todas as outras raças inferiores como judeus, árabes, brasileiros em geral e afins, tem uma alta capacidade de organização e influência nas sociedades mais complexas e superiores, capacidades técnicamente superiores a de nós superiores em si. Assim, eles tomaram parte das conspirações maçônicas ilumminati na Nova Ordem Mundial e sionistas na Grande Conspiração Judaico-Bolchevista. Tendo relevante papel no Brasil. E VOCÊ NÃO SABIA DISSO??? ISSO NÃO É UMA PROVA CONTUDENTE?

Sobre os Protocolos dos Paínhos do Pelô

Este texto É uma transcrição redigida, de uma reunião de pais-de-santo, maçons, rosa-cruzes, judeus sionistas, abolicionistas, repúblicanos e bolcheviques, com o lendário ACM, Rui Barbosa, Gregório de Matos e Caetano, Gil e Márcio Vittor, realizada desde 1798, durante o episódio histórico que ficou mascarado como a Conjuração Baiana.

A verdadeira intenção dos Baianos Conjurados era a dominação mundial. Entre seus objetivos os Baianos Conspiracionistas queriam destruir o Império Português na colônia, instaurar um governo brasileiro sediado na Bahia no regime democrático de república federalista constitucional, algo abominavél, além disso eles queriam a separação de instituições religiosas do estado!! (Imagine que absurdo!!) Várias vezes eles se manifestaram a favor ao sincrétismo religioso onde São Cipriano seria o santo padoreiro do Brasil, e o candomblé seria legalizado, ou seja eram a favor da livre opção religiosa. Mais absurdamente os baianos judeus, baianos maçons, baianos rosa-cruzes e baianos pais-de-santo, queriam pregar a igualdade racial e uma constituição fundado nos príncipios ILUMINISTAS! (pavorem-se em suas cadeiras!). Idéias que provocam repúdio até nos dias de hoje.

O Triangulo Branco na Bandeira da Bahia: Apenas preguiça de fazer estrela, ou É UM SÍMBOLO FRANCO-MAÇÔNICO ESCONDIDO DE VOCÊ!

A estórias da carochinha comprovadas de que Montesquieu e Maquiavél foram convocados por pais-de-santo para aconselhar ACM, e outros intelectuais baianos para a dominação mundial. Hoje, com a morte de ACM, muitas descreditam do Protocolo. Mas a realidade da conquista baiana sobre o Brasil é uma questão real, que será abordada mais profundamente, como o projeto Axé. A Bandeira da Bahia tem semelhança com a da França e dos EUA, países governados por Franco-Maçons, mera coencidência? E VOCÊ NÃO SERIA BURRO SE PENSSASE QUE FOI?

Leia o texto a seguir o trancrito original da reunião que ocorreu na Loja Maçônica de Filadelfia, Pensilvânia, Esatado da Bahia em anos recentes, sobre sua a Conspiração da baianada. PARA CONCORDAR ou não COM A GENTE!

Parte Um[editar]

Capítulo 1
Ode ao Baiano

Antes de começar, os homens se juntam e formam uma estrela de Davi dentro da Loja Maçônica, e começam a falar palavras do hebraico. A loja é igual a descrição do templo de Salomão, e os homens da maçonaira portam espadas dos Cavaleiros Templários e levantam a Cruz das Cruzadas no meio da sala, onde Pais-de-Santo montam um pratinho de macumba, ao som do hino:


Hino ao Dois de Julho


Nasce o sol a 2 de julho

Tô aqui desde janeiro

É sinal de que na rede

Vô ficar, Vô ficar até dezembro!


Nunca mais, Nunca mais os portugueses

Regerá, Regerá nossas ações

Com piadas não combinam

Brasileiros, Brasileiros corações.


Nunca mais, Nunca mais a pressa alheia

Apressará, Apressará nossas ações

A tal pressa não combina

Com baianos, com baianos corações.

A tal pressa não combina

Com baianos, com baianos corações.

Cresce, oh! Filho de minha alma

Pro baiano defender

O Brasil já tem jurado

Independência, Independência ou vô morrer.


Nunca mais, Nunca mais a pressa alheia

Apressará, Apressará nossas ações

A tal pressa não combina

Com baianos, com baianos corações.


Já podemos, Já podemos ir pra rede

E beber, e beber água de côco

A Bahia não combina

Com trabalho, com trabalho jamais não.

A Bahia só combina

Com descanso e folião!!!


Salve, oh! Rei dos Coqueiros

Lindo Sol e Lindo Mar!

Nossa pátria é hoje livre

Não prescia, Não precisa trabalhar.


Nunca mais, Nunca mais trabalho ardúo

Só precisa, precisamos só pensar

Atividades braçais não combinam

Com baianos, com baianos corações.


Nunca mais, Nunca mais trabalho ardúo

Só precisa, precisamos só pensar

Que vivamos do turismo!

Na Bahia, Alegira e Emoções!

Que vivamos do turismo!

Na Bahia, Alegria e Emoções!


Ao fim da música oito galos brancos e seis galinhas pretas estão mortas, e eles praparam um tabuleiro de Xadrez, enquanto um Rosa-Cruz Wicca pronúncia palavras mágicas que aparecem na Sacra-Saga de Harry Potter, ao final, David Cooperfield lança um lençol sobre os defuntos. Após a pronúncia da ultima palavra, todos puxam o lençol e aparece um xadrez perfeito.



Parte 2[editar]

Capítulo 2
Formalidades Iniciais

PS.: A leitura, meu amor irmão ariano, pode sê enfadonha (achei no dissionáriu) devido há inúmeros (outra do dissi) erros de português enquanto eu fabricava porque esses baianus num sabe fala português.


O ACM assume a condução da reunião em uma cadeira central à tavola redonda - que na realidade é quadrada

Oração incial

Pai de Santo Tônio Salvará Caatinga

Saravá Meu Rei! Avé Maria! (similar a Heil Hitler em baianês, traduz São Cipriano é Meu Rei!) O Povo Baiano é lindo! O povo baiano irá controlar o lindo mundo! Osama Bin Laden é lindo e é baiano! Capitão Nascimento é Wagner Moura, e, Wagner Moura é Baiano! O povo baiano é lindo, o Brasil é lindo, isso talvez não, mas nós os dominaremos com muita força Afoxé de Axé do Oxumismo, e muita macumba em encruzilhada... Viva a Senhor Do Bomfim, viva ao Senhorio do Bom-Fim de Cabeça Branca que é pai e filho da morte, Salve a Allah! Allah Akbar! e a o Deus não gosta de ser chamado, e ninguém pronúncia seu nome, Amém.

Disposições Iniciais

ACM discursa

Meus lindos! irmãos Pais-de-Santo, Saravá pra mizifinhos, irmãos Maçons, saudações ilumminati; irmãos Rosa-Cruzes, que o filho de cruz-credo os abençoe; irmãos Judeus Sionistas Dominadores do Mundo, abundacie seus cofres, Antes das disposições três vivas pro dinheiro.

Cquote1.svg Viva! Viva! Viva! Cquote2.svg
Todos junto


Hoje é a principal reunião dos Conjurados do Bahianismo, e os deuses e deusas, pagães ou não, e todos os santos diz que deus deu, diz que dá! Diz que deus dará! E se deus não dá, ó nega, como vou ficar? Vou me indgnar e CHEGA, deus dará, deus dará! Hoje alçaremos nossos calvalos, calvagaremos nossas lanças e falaremos ào que pôe-se no poente e nasce no nascente, o iluminado, que nossa vista não mudar-se-há. Três vivas à Preguiça!

Cquote1.svg Ah não vô! Ah não vô! Ah não vô! Cquote2.svg
Todos murmuram

(finaliza-se as formalidades)

Discurso instrucional

Iremos para nossas redes sagradas agora descansar para a discussão dos assuntos que nos é pertinentes amanhã.