Desmanuais:Como fazer uma banda pimba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte dos desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Queres fazer dinheiro relativamente fácil no verão? Não tens habilidade nenhuma a não ser criar música? Bem, sabes como o português médio tem um gosto musical absolutamente horrível, e como qualquer merda pimba pode fazer sucesso na sociedade idiotizada de hoje? Bem, se eles podem, tu também podes! Neste desmanual vamos oferecer o passo-a-passo para criar uma banda pimba de sucesso.

Preparação[editar]

Em primeiro lugar, precisas ir a qualquer loja de instrumentos musicais e comprar um órgão eletrónico. A canção de demonstração deste órgão sexual deve ser o findo de seu maior sucesso.

Logo após, deve-se procurar os outros integrantes da banda. Se tu não és o parvo que vai tocar o órgão, deves contratar alguém para isto. Então, muito provavelmente, és o vocalista. A menos que sua voz seja realmente horrível, então é mais um nome que tens que correr atrás pra contratar. Bem, vamos ver, o que sobrou pra ti? A concertina e a percussão. Reze pra que tu toques bem algum dos dois instrumentos.

Mas banda pimba nenhuma alcança o sucesso sem uma gaja boa. Geralmente, as gajas são as dançarinas do grupo e fazem apenas papel decorativo, mas com alguma sorte pode-se encontrar uma cantora, o que aumenta bastante as suas chances de obter sucesso.

Composição[editar]

Encontrada a banda, agora necessitas da música em si. Mas não qualquer canção, esta vai ser A canção do verão. E por sorte, estamos aqui para ajudar-te nesta empreitada.

As rimas devem ser o mais complexas possível. Veja exemplos:

  • Cagalhão Não e culhão paixão rimam com coração
  • Pipi Ti rima com aqui
  • Fornicar Respirar rima com apalpar aguentar
  • Cona Dona rima com toma
  • Bacanal Bacalhau rima com Portugal, assim como anal.

Template de canção pimba[editar]

Oh meu amor, não me digas que não

Queres ferir meu coração

Eu amo a ti, te quero aqui

Por favor não vá

Não vá me abandonar

Caso a composição se torne algo demasiado difícil para o teu intelecto de bacalhau, simplesmente se faz cover de algum artista famoso, ou se pega uma canção já feita, faz-se uma ou outra mudança e lança-se como se fosse uma canção completamente nova. Não se preocupe, se isso funcionou perfeitamente com o Tony Carreira, porque não funcionaria contigo? Se tudo falhar, faça como os brasileiros e suas bandas de forró: pega numa canção de sucesso em inglês e se faz uma letra o mais diferente possível. Ora, porque não fazer logo uma versão de alguma canção que esteja a fazer sucesso no Brasil? Qualquer coisa de lá fatalmente chega aqui rapidamente.

O cromo pimba[editar]

Agora que tens uma banda e uma canção, é necessário montar a sua identidade.

O cantor pimba tem seus próprios modos de ação. Geralmente, cantores iniciantes costumam tingir o cabelo de louro e comprar um Mercedes-Benz (geralmente um 190D 1984 básico e fumarento, recém-retirado do serviço de táxis), usando deste para cometer infrações de trânsito, notavelmente excesso de velocidade.

Esta aqui é perfeita. E por milagre, ainda não roubaram a estrela


O nome do cantor, geralmente, é composto de:

  • Nome, comumente em diminuitivo
  • Local de origem
  • Em alguns casos, sobrenome
  • Em alguns casos, apenas um alcunha, geralmente sem nenhuma sonoridade portuguesa.

Exemplos incluem: Tózinho de Valença, Zé Coimbra, Toy, Quim Barreiros, Rouxinol Faduncho, Boy Jorge de Famalicão e Ney Ferreira.

Os outros membros da banda podem ser tratados por seus nomes e apelidos convencionais, já que ninguém os vai notar mesmo. Mas devem vestir-se do mesmo modo do cantor. O nome da banda pode ser um trocadilho ou alguma coisa aleatória. Se és do Minho, podes enfiar no nome da banda que a banda toda é do Minho, mesmo se for composta de três algarvios, uma açoriana e um brasileiro.

Administrando o sucesso[editar]

Caso vossa canção realmente exploda, é hora de colher os frutos do sucesso. Aproveite a sua aparição no Somos Portugal para mandar beijos para sua mãe, tias, avós e todo o resto da família que ficou la em Boticas ou algum canto esquecido do Alto Minho, mandar a camisola do clube da tua aldeia para o Fernando Mendes n'O Preço Certo, e depois ganhar alguns cosméticos gratuitos da Cristina Ferreira, isso se conseguires sobreviver àquela voz de fatality da Sindel em Mortal Kombat 3.

Após as primeiras aparições, é hora de gravar o álbum de estreia da banda. Para a estreia, é necessário gravar mais temas, e com sorte, pode-se emplacar mais um hit. O álbum deve ter pelo menos um tema "folclórico" e um tema "romântico", além de um tema melodramático que fala da saudade da mãe/pai/avós/infância.

Este artigo é um esboço gay.
Ajude-o a se desemboiolarExpandindo-o.