Mudanças entre as edições de "Toronto"

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
(Nova página: '''Toronto''' é a maior cidade do Canadá, mas quem se importa? Ninguém liga para o Canadá. Toronto é a capital de Ontário, é a versão do bem das cidades estaduniden...)
 
Linha 33: Linha 33:
 
== Pontos Turísticos ==
 
== Pontos Turísticos ==
   
[[Imagem:CN Tower airplane.jpg|thumb|220px|Atentado terrorista em Toronto.]]
+
[[Imagem:CN Tower airplane.jpg|thumb|220px|Atentado terrorista em Toronto {{strike|copiado}} muito parecido com o [[11 de setembro]].]]
   
 
* '''[[Torre CN]]''' - Grande torre de [[rádio]] [[FM]] que difunde programas de rádio para o [[Canadá]] inteiro. É a maior construção do mundo
 
* '''[[Torre CN]]''' - Grande torre de [[rádio]] [[FM]] que difunde programas de rádio para o [[Canadá]] inteiro. É a maior construção do mundo

Edição das 20h43min de 18 de maio de 2011

Toronto é a maior cidade do Canadá, mas quem se importa? Ninguém liga para o Canadá. Toronto é a capital de Ontário, é a versão do bem das cidades estadunidenses no outro lado do rio. Não construíram uma ponte ligando ao país vizinho até hoje porque seria um pesadelo aquele bando de marginais estadunidenses entrando em Toronto. Por isso, Toronto se isolou do mundo formando a maior comunidade de smurfs do mundo.

História

Panorama de Toronto num dia ameno. Qualquer semelhança com Raccoon City não é mera coincidência.

Na época antiga havia ali aldeias de algonquinos e iroqueses, povos indígenas antigos adoradores do Cthulhu e do Deus Monstro Espaguete Voador, dançavam felizes em volta da fogueira até 1640 quando chegaram ali os exploradores europeus, que em troca de cachaça indígena introduziram àquela bela cultura aborígene a sífilis.

Alguns exploradores ficaram por ali e armaram o vilarejo. Em 1783, com a guerra de independência dos Estados Unidos muitos desertores afim de ir se esconderem no meio do nada, escolheram com certeza Toronto como um de seus destinos.

O tempo foi passando, quando ocorreu a Grande Fome Irlandesa de 1846, mil irlandeses migraram para Toronto onde com aquela terra toda sobrando, pelo menos alpiste não iria faltar. Tem que estar muito no desespero mesmo para ir fugir para o Canadá.

Durante o século XIX Toronto passou por uma grande fase de crescimento, tudo na base da imigração, miseráveis do mundo inteiro quando davam na telha acaavam em Toronto.

Cidadão passeando num dos belos parques da orla do Lago Ontário.

A grande demanda por suprimentos Primeira Guerra Mundial ajudou ainda mais o crescimento econômico de Toronto graças à grande exportação para a Europa de feno e salsichas e feijões enlatados.

Com o grande crescimento século XX, veio inúmeros problemas, a falta de água potável graças à todo lixo da cidade que era despejado no Lago Ontário obrigou muitos habitantes e ter que derreter gelo para beber água. Teve gente que reclamou de falta de espaço, mas quem é o gênio que reclama de falta de espaço no Canadá? Fosse para Nunavut então, lá tem espaço de sobra.

Economia

Toronto é uma cidade global de economia potente, sendo o maior exportador canadense de cervejas, escravos brancos, xaropes, ervas daninhas, picolés, água fria não-potável, neve e gelo.

População

Atualmente ninguém mais tem saco de contar quantos habitantes há na cidade, mas através do cheiro forte de imigrantes é possível afirmar que a cidade abriga 2,5 milhões de habitantes em sua maioria irlandeses (30%), chineses (30%), italianos (20%), jamaicanos (15%) e uma minoria de canadenses (5%).

Criminalidade

Toronto orgulha-se de sua baixíssima taxa de criminalidade, não é de se espantar, até os bandidos na cidade estão morrendo de frio para se preocuparem em matar alguém.

Pontos Turísticos

Atentado terrorista em Toronto copiado muito parecido com o 11 de setembro.