Álvares de Azevedo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gothar.jpg Este artigo foi possuído e agora é seguidor do Arquiduque das Trevas e Imperador do Mal,
Lord Göthar Tenebrian
.

Vamos desejar e admirar o Profeta Tenebrian!

Cquote1.png Louvem-me, aceitem o Goticismo!!! Cquote2.png


Cquote1.png Você quis dizer: Lord Byron Cquote2.png
Google sobre Álvares de Azevedo
Cquote1.png Ter vinte anos sem gozar de leve Cquote2.png
Álvares de Azevedo sobre ser um libertino
Cquote1.png Plágio!!! Plágio!!! Plágio!!! Cquote2.png
Lord Byron sobre textos completamente originais do Alvinho
Cquote1.png Se eu morresse amanhã Cquote2.png
Alvinho um dia antes de morrer
Cquote1.png Tem os seios tão alvos, tão macios/Como o pêlo sedoso dos arminhos. Cquote2.png
Alvinho sobre anjos


Biografia[editar]

ByronAlvinho

Árveres Álvares "Alvinho" de Azevedo Göthar Byron Musset foi o primeiro gótico do Brasil, sendo considerado o segundo da América e o primeiro nerd gótico da América. Nasceu em Olho D'Água das Cunhãs perto do cú do mundo e vizinho a casa do caralho, cresceu e foi para a faculdade de direito (mas era cabra-ômi, impossível) onde conheceu Byron que o vampirizou e op transformou em um gótico clone.

Viveu da grana do papai,dizendo que gastaria seu dinheiro com livros, mas acabava sempre gastando com gatinhos

Como ninguém na época sabia inglês, só o Alvinho, ele começou a traduzir os textos de Byron pra português mudando o nome dos livros. Como todo nerd gótico tinha turbeculose, mas morreu de queda de cavalo (pois é eu também não entendi).

Foi ainda o criador dos emos, com versos sempre falando de morte e ----drama de adolescente viado amor não-correspondido. Afamado por sua fama de punheteiro

Sonhava em morrer de tuberculose, como todos os grande autores do romantismo. Por isso, morreu devido a complicacões de 1 tombo de cavalo, provando assim que Deus não gosta de emos.

Obras[editar]

  • Haroldo Criança - fala sobre Byron, mulheres, tavernas, morte, bebidas, cemitérios.
  • Noite na taverna -fala sobre Byron, mulheres, tavernas, morte, bebidas, cemitérios.
  • Lira dos Vinte ânus-fala sobre Byron, mulheres, tavernas, morte, bebidas, cemitérios.
  • Lira dos vinte e um anos-fala sobre Byron, mulheres, tavernas, morte, bebidas, cemitérios.
  • Dom Ruan-fala sobre Byron, mulheres, tavernas, morte, bebidas, cemitérios.