Ártemis (Saint Seiya)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria-sama5.jpg
Este artigo é relacionado à Yuri!

Isso significa que ele se trata de um personagem de anime, mangá e
outras formas de alienação que joga no outro time.

E foi mandado para lutar no Queen's Blade.


1163145217114.gif Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e sempre tenta ser notada pelo senpai.


Artemis

ARTEMIS.jpg

Classificação Deusa
Cavaleiro
Deus a que serve Ártemis
Armadura nenhuma
Golpes só tem um cajado, o que ela faz com ele não é problema meu
Perfil
Nacionalidade Lua
Local de Treinamento na lua
Nascimento nasceu da lua
Frase Favorita "Athena, minha pobre irmã..."


Cquote1.png Você quis dizer: Substituta de Athena? Cquote2.png
Google sobre Ártemis (Saint Seiya)
Cquote1.png Experimente também: Diana Cquote2.png
Sugestão do Google para Ártemis (Saint Seiya)
Cquote1.png Minha deusa Cquote2.png
Thoma sobre Artemis
Cquote1.png Essa Ártemis deste filme é uma degenerescência. Onde já se viu a deusa caçadora tendo intimidades com um homem?! Cquote2.png
Mitólogo sobre Ártemis
Cquote1.png Pedófila! Cquote2.png
Marin sobre Ártemis
Cquote1.png Hum, queria eu ter momentos íntimos com Siegfried em minha saga... Cquote2.png
Hilda de Polaris sobre Ártemis
Cquote1.png Artemis, minha irmã! Cquote2.png
Saori Kido sobre seu (lógico) parentesco com Artemis
Cquote1.png Athena, deusa caída...! Cquote2.png
Artemis depois de puxar o tapete de sua irmã, fazendo-a pegar uma queda

Apresentação[editar]

Luinha.JPG

A Deusa Artemis é a deusa (óbvio) que só teve uma aparição, que foi presente no filme do anime yaoi Cavaleiros do Zodíaco, que acabou reaparecendo em DVD do nada, depois de o anime ter sumido lá por 1900 e guaraná com rolha, após a Manchete ter falido e levado tudo com ela. Com um som totalmente novo e tecnologia de ponta (high definition), o anime só não ficou melhor porque o final ficou a coisa mais sem nexo do mundo (mas Tio Kurumada nem se tocou disso e o filme rolou mesmo assim).

Artemis (por se tratar de uma jovem deusa do Panteão Olímpico) é irmã mais velha de Athena (por parte de pai) e irmã gêmea (apesar de não ter nada parecido) do Deus Apolo, sendo ela também conhecida como a Deusa da Lua por viver no mundo da lua, a Deusa Virgem ou Deusa da Caça (apesar de não demonstrar isso em nenhum momento). Apareceu no filler filme como a quem tiraria (a força, se fosse preciso) o poder sobre Terra das mãos de Athena e punir os Cavaleiros de Athena, que ousam se levantar sempre contra os deuses, em favor de Athena, e matá-los (mais uma coisa sem nexo, deuses não são imortais? como é possível matar um imortal?).

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Adam Vinatieri chuta para a vitória, ou que o Jason não morre.
Spoiler3.jpg

Prólogo do Céu[editar]

Cquote1.png Athena, deusa caída, os deuses estão muito putos com você... Cquote2.png
Artemis é portadora de más notícias para Athena

A história começa em um mundo muito, muito distante daqui após a morte (?) do Imperador Hades (coisa que nem na televisão chegou a passar) e a paralisia total de C&A de Pégasus (por causa de uma maldição jogada por Hades antes de partir para o além), tendo C&A de viver como um inválido em uma cadeira de rodas, aos cuidados de Saori Kido. Para finalizar a tarefa que Hades não cumpriu, Artemis mandou os seus capangas Anjos, Odisseu, Teseu e Ícaro, para dar a Seiya (ui!) o seu último suspiro. Porém estes não contavam com a astúcia do Chapolin Colorado de Athena, que impediu que isso se concretizasse.

Cquote1.png Para de frescura e começa a agir como uma deusa! Cquote2.png
Artemis para a sua irmã Athena

Não gostando de ser contrariada, Artemis aparece à sua irmã e (depois de beijos, abraços e botar os papos em dia) fala para ela que os deuses não estavam muito contentes com ela, pois houve uma grande redução nos deuses do Panteão (Poseidon, Hades, Abel e Éris (Saint Seiya) já tinha partido dessa pra melhor) e tudo por culpa dela e dos seus queridinhos Cavaleiros assassinos. Por esse "pequeno e banal" fato ela deve entregar o poder da Terra (sem reagir) para Artemis, para que os deuses possam punir os Cavaleiros, que parece que ainda não se tocaram em quem é que manda no pedaço de verdade.

Athena, não vendo outra saída para essas verdadeiras acusações, aceita a proposta e entrega o seu cabo de varroura dourado vibrador tamanho Motumbo Báculo Sagrado, que, para quem não sabe, simboliza a Deusa da Vitória (vá estudar Mitologia se você não sabia!) à Artemis, mas com uma condição "Que os Cavaleiros sejam poupados da punição dos deuses". Artemis não entende o porquê de Athena valorizar mais aqueles viadinhos serelepes do que TODA a Terra (nem eu entendo também), mas aceita a proposta e fala para ela começar a tomar vergonha na cara agir como uma deusa a partir de agora e ir embora com ela dalí para o NOVO SANTUÁRIO DE ARTEMIS (que na verdade fica no mesmo lugar que era o de Athena, ela só tirou as Casas Zodiacais e encheu de piscinas de 1000 litros).

Ícaro, o preferido da Deusa[editar]

Ícaro (ou Thoma), irmão de Marin e grande amor de Artemis

Mitologicamente falando, Artemis é a deusa pura, casta e virgem, que nem sequer um siririca chegou a tocar na sua jovem vida. Acontece que no filme aparece um Guerreiro Anjo que é o preferido dela e vive cheio de perguntas sobre sexo principalmente para o lado da Deusa. Ele é na verdade o irmão mala de Marin de Águia, Thomano cu, que sumiu sem nem deixar rastros no mundo, preocupando a sua querida irmã.

Se ela não fosse uma deusa, diria que eles eram um belo casal

Pode até parecer que estou viajando um pouco, mas que é estranho é. Artemis não tem mais nenhuma intimidade desse tipo sequer com mais nenhum dos seus outros cavaleiros anjos, o Odisseu e Teseu, além de que Ícaro (como ela o chama, ao invés do nome verdadeiro do rapaz) é o único dos anjos que não é um semi-deus, ou seja, imortal (se bem que nesse anime a questão de imortalidade é discutível e relativo, já que até deuses morrem pelas mãos de meros e simples mortais), sendo os outros dois verdadeiros seres de energia transcendental pura e luminosa, que está no mundo para servir e proteger os homems, mesmo não o fazendo.

Além disso, do começo ao fim do filme (e que fim podre!), o foco sempre estava na relação que a deusa e o pobre mortal tinham, que muito se parece com a relação que a Athena tem para com o seu querido cavaleiro de jumenta voadora. Sendo que a proteção por suas adoradas deusas, chegam à incríveis atos de puro sadomasoquismo, como por exemplo se jogar em frente de uma flexa para protegê-las, também é mostrada. Ícaro é o típico soldado fiel e Artemis a deusa protetora adorada.

[editar]

Os três patetas anjos de Artemis, dois apanharam tanto que até morreram

Para resumir bem a história, Athena (pra variar), em um completo estado emo, resolve cortar os seus pulsos para tentar salvar o mundo, e os Cavaleiros tem que salvá-la antes que o seu sangue termine (nada de mais, só o básico, sendo que ela passa cerca de quase duas horas sangrando e não morre no final). Seiya sai do coma e vai salvá-la, encontrando com Ícaro que lhe dá um belo especial de porrada e se pergunta do porquê dele não morrer e como ele consegue matar vários deuses tendo um ki chakra soma QI cosmo insignificante como aquele (ele ainda não viu nada, pelo visto), mas o deixa viver no final para que ele siga em frente, encontre Athena e mostre a sua verdadeira força (graças também à Marin que atrapalhou a luta e se revelou irmã de Thoma). Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix enfrentam Teseu e ganham, Hyoga de Cisne e Shiryu de Dragão enfrentam Odisseu e também ganham (novidade!). Seiya chega até o local onde estava Athena e a impede de continuar com essa emice. Para Athena mostrar que agora era propriedade dos deuses e não mais da Terra, pede de volta seu báculo para Artemis, pois ela irá matar Seiya, e ela o faz, indo o coitado para nos domínios de Hades!


Sergiomalandro.jpg Haaaaa!!

Pegadinha do Mallandro!!

Você caiu na Pegadinha do Mallandro!

Cquote1.png Ícaro? Logo agora que eu ia acabar com ela? Cquote2.png
Ártemis sobre Ícaro, que cortou o barato da flechada
Apolo, irmão gêmeo de Artemis e deus da beleza (não lhe vejo nenhuma das duas características, mas diz que é isso mesmo)

Na verdade, Athena enfia o báculo no cu em Seiya (ui!), mas era somente para tirar a macumbinha que Hades havia posto nele. Com isso feito Athena decide lutar contra a própria irmã para conseguir a Terra de volta, enquanto Seiya e Ícaro estão se degladiando ao fundo da cena (bem excluídos na verdade, já que briga de mulher é raro e bastante hentai emocionante). Para mostrar o porquê de receber a denominação de Deusa da Caça, Artemis saca o seu arco e flecha (ao melhor estilo índio Tupinambá) e mira em direção à Deusa Athena. Quando a lança é disparada (e a galera vibra de alegria pensando que Athena finalmente morreu), Thoma acaba se jogando na frente dela e para o projetil com o seio peito, pedindo para sua deusa poupar a vida da outra (estragando todo o final feliz).

Depois de ter visto toda essa cagada que não resultou em nada, Apolo, Deus do Sol e da "Buniteza" (apesar de no anime ele não ter nenhuma que lhe seja bem vista), aparece do nada e fala que estava envergonhado da sua irmã gêmea que era uma inútil (apesar de ser muito gostosa). De repente todos os olhos se voltam para esse deus que surgi das trevas, perdendo assim Artemis o seu foco e a sua importância no filme, sendo trocada por um deus bem mais fodão do que ela. Com o aparecimento de Apolo, que dispara um ataque "queima roupa" (queima roupa mesmo, não À QUEIMA ROUPA, já que eles só perdem a roupa e não a vida com esse golpe), não se sabe se Artemis sobrevive no final, mas como todo o imortal SEMPRE morre, provavelmente ela foi junto (Ou não).

Poderes[editar]

Artemis, o Frankstein do anime. Junte Saori, Hilda e Freya que você origina uma Artemis

Bom, um poder foderoso mesmo não foi mostrado pela deusa, parece que ela é tal filler que nem um poder forte possui. O único (se é que podemos chamar de um golpe dela) é a invocação do nada de um arco e flecha dourados, utilizados para disparar em suas irmãs deusas, que começam a permitir que seus cavaleiros protetores saiam matando, descontroladamente, todos os seus irmãos deuses. Apesar de tudo, o estrago em que o ataque pode realizar em um deus nem sequer foi mostrado, sendo que foi um mero mortal que foi atingido no final das contas (se ele morreu, não faço ideia).

A personagem mais original de toda a série[editar]

Ao criar Ártemis, a criatividade da Toei Animation e de titio Masami Kurumada estavam à flor da pele! Afinal, parece que eles fizeram uni-duni-tê com vários personagens do anime pra escolher quais serviriam de base para criá-la.Olha só:

  • A aparência dela é uma mistura de Hilda de Polaris, Freya (irmã desta) e da própria Athena;
  • Tal qual a Éris, Ártemis é uma invejosa que quer ficar no lugar de Athena como deusa soberana da Terra;
  • Seus Cavaleiros são "anjos", assim como eram os do Lúcifer no quarto filme;
  • Seu principal Cavaleiro é o irmão de sangue da Marin, enquanto o Cavaleiro principal de Athena era suspeito de sê-lo;
  • Etc., etc., etc.

Galeria da Deusa Artemis e seus amigos[editar]

Ver também[editar]



1133064800.jpg Ártemis (Saint Seiya) se trata de uma mulher malvada.

Significa que ela deixa todos babando, mas só faz o que bem entender.

Cavaleirospredef2.jpg