Áustria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mozart1.jpg

Este artigo é da ÁUSTRIA. Ele fala alemão e pensa como alemão, mas NÃO É ALEMÃO! Ele dança valsa, bebe Red Bull, pratica esqui alpino, é fã do Gerhard Berger e do Niki Lauda, além de visitar Viena todos os dias. Se você vandalizar, Arnold Schwarzenegger vai voltar...

●Die im Reichsrat vertretenen Königreiche und Länder und die Länder der heiligen ungarischen Stephanskrone
●Austrian Confederation of the Reich
●Áustria

Bandeira da Austria.png AChEsc.jpg
Bandeira Brasão
Lema: kein Mensch, kein Tier, ein rolle toilet papier
Hino: Fur den Kaiser
Location-Austria-Hungary-1912.PNG
Capital Viela
Maior cidade Fucking
Língua Alemão
Tipo de Governo Nazismo
Führer Arnold Schwarzenegger
Heróis nacionais Adolf Hitler
Independência Colonia alemã
Moeda marco alemão
Religião Canguruísmo
População 20 milhões de cangurus
Área Indefinida (0% de água)
Analfabetismo 0%
PIB per Capita 857 900,00 USD/hab.
IDH 0.99
Fuso Horário Normal
Clima Frio
Site do Governo www.germany.org
Cquote1.png Você quis dizer: Filial Alemã Cquote2.png
Google sobre Áustria

Cquote1.png Experimente também: Austrália Cquote2.png
Sugestão do Google para Áustria
Cquote1.png Meus país Áustria-Hungria (8) Cquote2.png
Sr.Burns cantando o hino de sua nação
Cquote1.png Seis unidades do Exército austríaco totalizavam 245.062 homens com 36.725 cavalos. A alimentação durante a marcha consumia uma ração diária de 800 toneladas de farinha e 200 cabeças de gado. Essa tropa foi comandada por homens que se notabilizaram nos anais da história militar austríaca por sua imbecilidade e incompetência Cquote2.png
Crônicas do Exército austro-húngaro

A Áustria é um pedaço desgarrado da Alemanha. A capital da Áustria é Dreizehnlinden ("Treze Tílias", em português), na província de Santa Catarina Ocidental.

História[editar]

Celtas[editar]

Os primeiros habitantes da Áustria foram os celtas, reconhecidos por sua música com flautas e sanfonas, eram governados por um conchavo de druidas dos quais Gandalf era o líder em Österreich. Mas aquela paz bucólica foi quebrada pelas invasões romanas e sua superior tecnologia militar de catapultas. Ao longo da história não sobraram muitos resquícios dos povos célticos na Áustria pois os germânicos que chegaram depois tinham o passatempo de praticar ilusionismo, fazendo outros povos "desaparecerem". Aparentemente o povo austríaco sempre teve muito "gás" para essas atividades.

Império romano[editar]

Como teritório do Império romano todos os celtas, hunos, godos, lombardos e vândalos foram alfabetizados e agora que sabiam escrever não poderiam mais se considerar bárbaros celtas, hunos, godos, lombardos ou vândalos respectivamente.

Não era lá um território muito importante, nenhuma cena de Spartacus acontece na região da atual Áustria, mas depois da primeira guerra os italianos fizeram questão de pegar metade do Tirol de volta para satisfazer o gosto de Berlusconi por loiras tesudas (é bom ressaltar que isso é algo mais difícil de se encontrar no resto da Áustria e por isso eles querem essa merda de volta).

Sacro Império Romano-Germânico[editar]

Um austríaco... feliz...

Depois da queda do império, a região foi invadida por bávaros, eslavos e ávaros que transformaram a Áustria num imenso cabaré chamado Casa da Mãe Joana.

Só séculos após a queda dos romanos, em 1246, o rei Oktoberfest da Boêmia abre a primeira filial de Habib's da Europa em Salzburg porque ele sempre gostou de kibes e não queria ficar viajando toda hora para o Líbano, a franquia do Habib's na Europa ficou conhecida como Habsburgo que governou o território da Áustria durante toda existência do glorioso Sacro Império Romano-Germânico.

Invasões napoleônicas[editar]

A Áustria foi invadida por Napoleão Bonaparte em 1806 e aboliu o império riscando a Áustria do mapa transformando-a numa província francesa denominada Autriche (obrigatoriamente pronunciado fazendo um biquinho).

Infelizmente Napoleão Bonaparte foi derrotado e durante 50 anos a Áustria ficou sem dono, regido pelo anarquismo barbárico.

Império Austro-Húngaro[editar]

O esquema tático-estratégico que levou a vitória do Império Austro-Húngaro na Batalha de Kraśnik.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Áustria-Hungria

Em 1867 a Áustria casou com a Hungria pois o imperador austríaco Francisco José I adorava as atrizes pornô húngaras, especialmente a Aletta Ocean e queria importar quantos filmes forem possíveis sem precisar pagar impostos.

Parecia tudo na maior paz, quando em 1914 o arquiduque austro-húngaro Francisco Ferdinando estava dando a maior bobeira em Sarajevo com um alvo desenhado na testa, sem dúvidas foi assassinado por um grupo de sérvios joselitos. A Áustria-Hungria declarou guerra contra a Sérvia, e aí virou bagunça, todo mundo na Europa que estava entediado decidiu entrar na dança e criar a Primeira Guerra Mundial. Assim começou o passatempo austríaco de provocar conflitos mundiais, perdê-los e deixar a culpa da porra toda recair sobre as costas Alemanha. Hoje em dia a arte de negar a história é ensinada em todas as escolas austríacas e ocupa cerca de 90% do currículo das ciências humanas nas universidade do país.

Áustria Alemã[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Áustria Alemã

A Áustria-Hungria não foi páreo para a tecnologia militar superior da Tríplice Entente e foi completamente humilhada e derrotada com simples estalinhos de festa junina. Dissolvida em 1918, todas as atrizes pornô da Hungria foram deportadas para os Estados Unidos, e o que sobrou de austríaco foi transformado em alemão.

Primeira República Austríaca[editar]

Como a Alemanha estava inteiramente falida, já no ano seguinte, em 1919, a Áustria se separa e cria sua própria república, que na prática serviu apenas para tampar aquela parte do mapa porque em termos de governo foi inexistente.

Alemanha Nazi[editar]

Após o Game Over da Primeira Guerra Mundial, surgiu uma tela escrito Insert coin e Adolfinho anexou à Alemamnha Nazi o seu quintal (a Áustria) em 1938 e chamou todo mundo para o Round 2. Inúmeras indústrias de armas foram criadas na Áustria, a fronteira com a neutra Suíça era uma vantagem e toda vez que Adolfinho precisava de férias ia para seu sítio na Áustria onde passava as tardes fazendo pinturas de suas rolinhas.

Pós Segunda Guerra Mundial[editar]

A utopia austríaca.

No final, a Áustria havia perdido mais uma guerra, este não era seu forte mesmo, afinal atacar os outros usando violinos e trompetes não era muito efetivo quando o adversário tinha uma metralhadora. Era melhor para a Áustria voltar a compor música clássica do que guerrear. Entre 1945 a 1955 foi ocupada por Estados Unidos, Reino Unido, França e União Soviética. Esses quatro países não precisaram mais do que 10 anos para descobrirem que era melhor sair daquela terra inútil.

Para evitar fosse humilhada outra vez na história, a Conferência de Potsdam estabeleceu que a Áustria ficaria neutra para sempre e que não teria mais seu território envolvido em guerras inúteis, para isso já existem Vietnã, Afeganistão e Ilhas Malvinas.

Fatos recentes[editar]

Depois da reconstrução do país, a Áustria é uma democracia fantoche onde austríacos que querem realmente governar fazem isso em outros países, como exemplo Adolf Hitler e Arnold Schwarzenegger, os austríacos que ficam na Áustria são meros bonecos nacionalistas e precisam ser naturalmente muito nazistas para amar seu país inútil e derrotado da maneira que é.

Economia[editar]

Tem sua economia baseada na produção de comida instantânea, trilha sonora de filmes eróticos e plantação de erva daninha.

População[editar]

Terra de gente carinhosa como Adolfinho e Conde Drácula. O país é conhecido internacionalmente pela mania de seus cidadãos em aprisionar pessoas durante anos consecutivos em sótãos.

Subdivisões[editar]


Cultura[editar]

Aqui não é a Austrália

A cultura austríaca é basicamente a mesma de um alemão, a diferença é que na Áustria as salsichas são menores, falam usando biquinho de francês, tomam licor de chocolate ao invés de cerveja, são nazistas católicos, dançam valsas e ainda usam fiacres (consulte um dicionário para saber o que é "fiacre" pois aqui a Desciclopédia não vai explicar...).

O mais impressionante, é que quando você passa pela fronteira da Áustria com a Alemanha, parece que você entrou em outra dimensão. Tudo é radicalmente diferente, o idioma, a arquitetura, as salsichas, os nazistas, aquela cara de germânico bobo, enfim. A Áustria estaria com a Alemanha, hoje, mas ela preferiu se unir com um país sem futuro, a Hungria.

Música[editar]

A cultura musical austríaca é formada por várias coisas totalmente atuais como: piano, flauta, a flauta de Mozart, o piano do Steve Wonder, a peruca de Mozart e um jazz de 1900 e guaraná com rolha. Os livros são escritos por austríacos, mas a Alemanha que publica, então, Áustria é que nem Acre, ninguém lembra.

Esportes[editar]

O esporte mais praticado pelos austríacos, são arremessos de salsichas alemãs, contar as embaixadas austríacas ao redor do mundo e o futebol, pior que o futebol brasileiro. Um esporte austríaco muito popular é o de sequestrar jovens meninas e mantê-las presas em porões por o maior tempo possível. O atual campeão nacional é o senhor Fitzl.

Flag-map Áustria.png Áustria
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografiaEconomiaCulturaTurismo
Eu!naz1.gif
Europa
v d e h

Países: Albânia | Alemanha | Andorra | Armênia | Áustria | Azerbaijão | Bélgica | Bielorrússia | Bósnia e Herzegovina | Bulgária | Cazaquistão | Chipre | Croácia | Dinamarca | Eslováquia | Eslovênia | Espanha | Estônia | Finlândia | França | Geórgia | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Letônia | Liechtenstein | Lituânia | Luxemburgo | Macedônia | Malta | Moldávia | Mônaco | Montenegro | Noruega | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) | República Tcheca | Romênia | Rússia | San Marino | Sérvia | Suécia | Suíça | Turquia | Ucrânia | Vaticano

Territórios: Abecásia | Açores | Akrotiri e Dhekelia | Åland | Chipre do Norte | Crimeia | Ilha da Madeira | Ilha de Man | Ilhas Canárias | Ilhas do Canal | Ilhas Faroé | Jan Mayen | Kosovo | Nagorno-Karabakh | Ossétia do Sul | País Basco | Svalbard | Transnístria

Flag of OCDE.jpg
Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico
v d e h

Países membros: Alemanha | Austrália | Áustria | Bélgica | Canadá | Chile | Coreia do Sul | Dinamarca | Eslováquia | Espanha | Estados Unidos | Finlândia | França | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Japão | Luxemburgo | México | Noruega | Nova Zelândia | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido | República Tcheca | Suécia | Suíça | Turquia