Ítrio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ítrio
Ítrio puro.png
Aerolitos de ítrio numa câmara a vácuo
Símbolo, número Y, 39
Série metal que é metal
Principal isótopo 89Y
Propriedades atômicas
Massa atômica Importa?
Dureza Médio
Nível de radioatividade Depende do isótopo
Nível de toxicidade Altíssimo
Propriedades físicas
Comestível? Não
Inalável? Não
Posso passar na pele? Não
Onde encontrar Sei lá
ponto de fudição Bem baixo
ponto de rebuliço Não sei te informar
Coisas de quadrinhos
Probabilidade de te transformar num super-herói Sim. Você vira a Garota Esquilo



Ítrio é um dos elementos mais conhecidos por desocupados e fofoqueiras em geral, pois é o elemento que se usa para obter a cor vermelha na televisão, cor esta que é muito usada em programas como o Casos de Família de muito interesse aos pobres, e isso porque compõe apenas televisões de pobres, pois as mais modernas nem precisam mais de tanto ítrio assim. É representado pela letra Y, de Yogurt.

História[editar]

O ítrio foi descoberto por Johan Cruijff em 1794 durante seu trabalho de espionagem dentro da Alemanha, em busca dos truques futebolísticos alemães na Copa do Mundo para tentar dar a seu país natal, a Holanda, pelo menos algo a que se orgulhar. Após tentar se infiltrar nas bases nazistas locais, tudo o que ele conseguiu foi isolar átomos de ítrio utilizando um extrato à base de tomate, que chamou de ítria justamente por estar sem criatividade, e infelizmente não encontrou uso para aquilo, tanto que a Holanda jamais foi campeã mundial.

Mais tarde, um famoso sociólogo marxista chamado Carl Johnson, em sua rotina de executar a divisão social entre a zelite e a pobreza, descobriu que a tal ítria era uma mistura de soluções de outros elementos diferentes diversos, o ítrio, o térbio, o érbio e o itérbio. Bem, não tão diferentes assim... mas os separou e por muito pouco o ítrio não acaba como um Lantanídeo, a classe dos elementos mais inúteis da tabela.

Foi autenticado em 1843, recebendo o símbolo Y de Yin Yang Yo!

Características[editar]

O ítrio é um metal pertencente ao grupo de terras raras, terras essas que nunca foram antes descobertas pelos navegadores portugueses ou espanhóis, vindo no estilo Freddie Mercury Prateado e só não é um lantanídeo por apenas um período de diferença. Nada demais.

Embora ninguém se importe com o ítrio, ele está sendo estudado nas indústrias ACME para a produção de ferros-de-passar-roupa-fundidos-ultra-modernos da Polishop. Devido à sua extrema importância, pode ser também utilizado em cerâmicas e vidrinhos toscos.

Em seu estado de oxidação rende +3 de mana e outros +6 de resistência. Os valores podem ser colhidos na Lua, a fonte mais próxima desse elementos que os nerds conhecem.

Aplicações[editar]

O ítrio tem diversas aplicações que você nunca viu. É utilizado na produção de granadas de ítrio e ferro, é uma espécie de ferro só que falsificado. Quantidades pequenas desse elemento podem ser aproveitadas para reduzir grãos de outros elementos, que podem ser utilizados para o cultivo na roça. Também é muito utilizado como dopante para viciados no cheiramento de hortelã, ficando com lasers infravermelhos.

Outro uso famoso do ítrio está na produção de pobriestireno, que por sua vez é utilizado na produção da piscina de 1000 litros, uma das maiores desgraças da vida de um pobre. Mas acima de tudo, a (f)utilidade mais conhecida desse elemento constitui na obtenção da cor vermelha da Televisão. Se não fosse por ele, seria impossível ao favelado que assistisse aos jogos do Flamengo, time dos mano, mano!