237 Santana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo foi marcado como órfão desde novembro 2009. Ajude a Desciclopédia arranjando um pai pra eles colocando esse artigo linkado em outros de assunto similar.


Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Stop hand.png CUIDADO: A Polícia Federal está monitorando esta página.
Se você está aí, escrevendo palavrões, inserindo fotos imorais, ou apenas lendo o texto, você já foi localizado. Nem tente apagar seu HD!


Na compra de 3 produtos,ganhe um boquete bem caprichado .
Eu pegando sua mãe no sofázinho.
No Wikipedia.png
QUEBROU A CARA! Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: 237 Santana.

Cquote1.pngVocê quis dizer: O escritório Onde Tua mãe trabalhaCquote2.png
Google sobre 237 Santana
Cquote1.pngVocê quis dizer: puteiroCquote2.png
Google sobre 237 Santana
Cquote1.pngVocê quis dizer: Sua CasaCquote2.png
Google sobre 237 Santana
Cquote1.png Melhor que Love Story. Cquote2.png
Dj Vic sobre 237.
Cquote1.png Estou sempre lá. Cquote2.png
AIDS sobre 237.
Cquote1.png Pra quê ir ao 237 se tenho internet?! Cquote2.png
Nerd Barrado na porta sobre 237.
Cquote1.png Se eu pudesse eu cumia MIL! Cquote2.png
Jeremias sobre 237.
Cquote1.png Elas fazem programa. Cquote2.png
Captão Óbvio sobre Meninas do 237.
Cquote1.png Não vai subir ninguém,não vai subir ninguém! Cquote2.png
Capitão Nascimento barrando a entrada no mezanino.
Cquote1.png Preparem suas almas...por que seus corpos ja nos pertencem... Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre estagiárias trabalhando no 237.
Cquote1.png Bota na Conta do Papa! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre consumação no 237.
Cquote1.png Eu desisto, senhor!!! Cquote2.png
Garota de programa sobre Capitão Nascimento.
Cquote1.png É uma cilada Bino Cquote2.png
Pedro sobre traveco no 237.
Cquote1.png Pra mim, a primeira impressão é a que fica. Cquote2.png
Ronaldo sobre citação acima.
Cquote1.png Lugar de gente feliz Cquote2.png
Pão de açucar sobre 237.
Cquote1.png Quem disse que não dá? No 237 dá!” Cquote2.png
Fininvest sobre 237.
Cquote1.png Amo Muito Tudo Isso Cquote2.png
ronald mcdonald sobre 237.
Cquote1.png Ja tomei um pau do segurança na salinha. Cquote2.png
Drogado sobre 237.
Cquote1.png Na União Soviética, as garotas pagam o programa pra VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre 237


[editar] História

Fundada por uma ONG na década de 30, o 237 dá oportunidade de um trabalho honesto para algumas putas estagiárias de uma universidade local, oferecendo serviços de grande utilidade pública para a população da zona norte de São Paulo.
Fila de espera num dia normal de trabalho.
Com um clima não muito agradável, em uma proporção de 1 menina para atender 35 machos, o 237 vive lotado de menores de idade sem dinheiro cuecas que não tem dinheiro para entrar nas baladas da região, e ficam tentando xavecar as meninas,fazendo demorar ainda mais a fila de espera.

[editar] Infra-Estrutura

A casa possui uma salinha de esperma espera, onde os homens traindo suas mulheres clientes ficam esperando a sua vez, mais utilizada por punheteiros sem grana observadores que vão apenas para ficar olhando as meninas subirem com seus clientes.
Seu formato e esse "postinho" no meio não exigem maiores explicações.
Adentrando o distinto recinto, nos depararemos com um porta copos e cinzeiros uma mesa de sinuca, que nunca foi usada para jogar sinuca, deixando sua verdadeira função como uma incógnita a ser resolvida na medida da criatividade do cliente, logo mais adiante temos o aquário a sala vip, onde as meninas podem executar um showzinho privê seus serviços solidários. Mais ao fundo temos uma super lanchonete um balcão que vende cerveja e cigarro, onde os punheteiros visitantes mais gostam de ficar sentado,tentando observar o que se passa dentro do aquário na sala vip.

O Autor dessa porra desse "Artigo" não foi capaz de descrever toda a infra-estrutura da casa,por que ele faz parta da maioria do PÚBLICO FREQUENTADOR,que sempre vai com as calças na mão apenas para observar,nunca comeu ninguém lá dento a ainda fica lá até a casa fechar e depois vai para casa espancar a esposa dormir dizendo que foi pra balada na "nova".

[editar] Público Frequentador

Típico frequentador do 237.
Normalmente frequentado por traficantes,políticos,flanelinhas e mendigos, o 237 também recebe alguns pivetes menores de idade, que são frequentemente barrados na tentativa de entrar em algumas baladas na Av. Luis Dumont Villares (mais conhecida como Avenida Nova) que por não terem muita opção, acabam indo para o 237, e se tornam mais cuecas enchendo o saco das meninas na fila de quem realmente quer um serviço solidário.


NEM TENTE DAR UM CALOTE.


Se comer e não pagar...


Urgs.jpg
Grande Série temática das putas
v d e h

Tipos de putas: Profissional do séquiço - Putas - Puta gostosa - Puta baranga - Puta paga - Puta de luxo - Stripper - Gueixa

Putas famosas: Deusa Puta - Andréia Schwartz - Bruna Surfistinha - Tua irmã - Tua mãe

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas