48 Horas de Sexo Alucinante

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: 48 Horas de Sexo Alucinante.
Pela capa dá pra se ver a qualidade do negócio...

Basicamente, 48 Horas de Sexo Alucinante é uma versão extendida do clássico cinematográfico 24 Horas de Sexo Explícito, feita com o único intuito de matar de vez os punheteiros do coração (48 horas consecutivas descabelando o palhaço não é para qualquer um... Apenas para pessoas muito bem treinadas, que já conhecem o nome de, no mínimo, 42 atrizes pornô). Bom, voltando ao assunto, 48 Horas de Sexo Alucinante é um filme pornô dirigido por José Mojica Marins, ou o afamado Zé do Caixão, de 1987, sendo a primeira continuação da história dos filmes pornôs no mundo (seu antecessor tinha sido o 24 Horas de Sexo Explícito, como já foi dito). Esse filme é uma coisa tipo assim... Deus... tenha misericórdia de mim... por que diabos eu decidi assistir essa merda?

O fato é que esse filme foi um dos únicos filmes pornôs da história a fazer igual esse artigo está nesse exato momento e instante fazendo consigo mesmo: trabalhar com metalinguagem, que é um conceito que nem mesmo eu, o autor desse artigo, sei o que é, mas dizem que um bom exemplo disso é esse diálogo em que esse artigo inútil sobre um filme inútil se explica a si mesmo para você, leitor pervertido que teve coragem de ler isso.

Sinopse[editar]

Depois de ver o filme 24 Horas de Sexo Explícito por 24 horas seguidas, numa experiência que devorou seu cérebro por completo, uma psiquiatra muito loucona chamada Dra. Margareth convida Mojica e o produtor Mário Lima pra filmar um concurso novo, que terá uma duração ainda maior, de 48 horas, com a mesma ideia do filme anterior: quem consegue comer mais mulheres, feias ou não, ganha (dessa vez entretanto eles deixaram o pastor alemão Jack pra lá porque ele tava comendo mais mulheres que eles).

Entretanto, durante as filmagens, os atores e a produção, incluindo o Zé do Caixão, percebem que a doutora na verdade é uma forever alone desiludida e que tem uns prazeres bizarros. A mesma sonha em ser currada por um touro (é isso mesmo!). Assim, ela acaba sendo incluída no filme, só que vestida numa roupa de vaca (omfG!) e faz sexo com um dos atores, que está usando uma roupa de bumba-meu-boi. É... realmente, o filme foi feito por um demente mental, sem dúvidas...

Aliás, mais demente vai ser você, que vai logo a seguir clicar no link que colocarei logo abaixo dessa frase, na seção seguinte desse artigo. Tolo!

Link pra conferir a merda[editar]

Agora... só assista se tiver MUITA coragem, porque EU não tive...