Açougueiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Icon tools.png Açougueiro
Leva e traz, traficante, carreteiro, assassino, detonador de motoboy

Leatherface2.jpg

Açougueiro indo fatiar e picar a carne
Lema O que não mata eu mato
O que faz Fatia e pica a carne de bois, vacas, porcos e motoboys
Utilidade Alto
Popularidade Odiado
Salário Alto
Empresa Todas
Sindicato Sindicato dos Açougueiros
Profissionais Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Leatherface, teu pai (o biológico, não o corno que você busca no bar todo dia)
Ex-Profissionais Jece Valadão e Luiza Erundina
Na ficção Romero Jucá interpretou um em filme pornô quando enfia uma linguiça em Ideli Salvatti
Animal Todos mortos
Planta Plantas alucinógenas
Padrinho da Profissão
Male Icon.png
Doutor Ray
Madrinha da Profissão
Female Icon.png
Ângela Bismarchi



Cquote1.png Você quis dizer: Seu Pai Cquote2.png
Google sobre Açougueiro
Cquote1.png Você quis dizer: Assassino Cquote2.png
Google sobre Açougueiro
Cquote1.png Você quis dizer: Linguiceiro Cquote2.png
Google sobre Açougueiro
Cquote1.png Você quis dizer: Carneiro Cquote2.png
Google sobre Açougueiro
Cquote1.png Eu chupei comi a linguiça dele. Cquote2.png
Morador gaúcho sobre Açougueiro
Cquote1.png Ele é cheio de Gonorreia. Cquote2.png
Robin do Filme do Batimã sobre Açougueiro
Cquote1.png Sua mãe deu para ele, comissário! Cquote2.png
Batman sobre açougueiro com gonorreia
Cquote1.png Please to Meat you!! Cquote2.png
Açougueiro Estadunidense sobre Outro Açougueiro

O que acontece quando mandam o asinino do açogueiro fazer a placa dos preços...

Açougueiro é mais uma dentre as muitas profissões que você, seu inútil, já deve ter tido vontade de exercer. Quer mais moleza do que passar o dia afiando faca e retalhando carne? Não é a toa que é uma profissão supervalorizada (ou não) aqui no Brasil, pátria dos assassinos.

Origem[editar]

Inicialmente ele era o decapitador de cabeça de pinto, isso em 10.000 a.C.antes de Chuck Norris). No século V ele era contratado para chupar a pica do rei da Grécia: Aquiles. No século VIII era um vendedor de cu, isso mesmo, os açougueiros eram travecos conhecidos como açougayros. E hoje viraram vendedores de carne.

Estima-se que esta nobre serventia tenha surgido lá pelo ano de 1900 e Guaraná com Rolha, época em que a Dercy era novinha. No princípio, era somente um homem com uma faca, que caçava para sobreviver, não muito diferente dos nossos antepassados nem tão distantes. Com a evolução, tormou-se um matador de primeira linha, e inspirou outros tantos loucos a tentarem o mesmo ofício (destroçar corpos).

Local de trabalho[editar]

O local de trabalho de um açougueiro é bem simples e prático, basta um balcão com uma faca e pedra de amolar. Mas como o dólar está em crise, o PIB sumiu junto com o dedo do nosso presidente Mula Lula, os açougueiros precisaram aumentar seus lucros de acordo com as necessidades, transformando seus recantos vermelhos em mini mercadinhos, espeluncas de esquina e mercado de pulgas.

Cquote1.png Diz a lenda, que embaixo de todo açougueiro, no porão, existe um abatedouro humano, não que seja verdade meu, porque todo açougueiro é um puto trabalhador honesto. Cquote2.png
Boça antes de virar linguiça humana

O que você encontra num açougue[editar]

O filme que inspirou os assassinos açougueiros do mundo todo.

Carnes de todos os tipos, bovina, suína, brancas, vermelhas, da Eliza Samúdio, todas de procedência duvidosa. Em alguns também se encontra churrasqueiras por controle remoto e a tua mãe no balcão pronta pra ser abatida pelo açougueiro.

Equipamentos[editar]

Para ser um açougueiro, você precisa:

Instrumentos de tortura trabalho de um açougueiro.
  • Um avental ensanguentado
  • Muitas facas, de vários tamanhos
  • Uma serra para ossos
  • Botas
  • Um enorme frigorífico
  • Facas
  • Uma baita pedra de amolar
  • Mais algumas facas
  • Vítimas indefesas
  • Varejeiras
  • E é claro, facas.

Mitos[editar]

  • Os Crimes da Rua do Arvoredo

Em 18 de abril de 1864, os inúteis a polícia de Porto Alegre encontra alguns restos mortais de uma pessoa enterrados no porão da casa de José Ramos e Chatarina Palse (ou sei lá como digita essa desgraça de nome). Tinham vários pedaços suculentos nojentos retalhados no estilo Chico Picadinho, e acharam, apesar de já não estar mais aguentando, mais restos de vítimas do cereal Kellogs serial killer brasileiro. A vítima principal era um açougueiro alemão (super honesto pois essa é uma profissão de macho).

O casal matava para roubar, mas o fato principal era que eles adoravam uma linguiça (principalmente a grossa) e resolveram fazer uma experiência maluca no açougue do alemão: fazer linguiça humana. Mas isso não é o mais sinistro, as pessoas que comiam a linguiça humana diziam ser da melhor qualidade (claro que sem saber de onde veio. Por isso, certifique-se sempre da origem dos produtos que você compra e blá blá blá).

Esse é o caso mais conhecido no Rio Grande do Sul, até porque os gaúchos adoram churrasco, ainda mais com linguiça no meio.

Perigo[editar]

Baseado nos fatos escritos acima, o Guinness criou a modalidade "Pessoa mais perigosa para se estar a noite dentro de um açougue"! Impressionantemente, o dono do recorde são os açougueiros(depois, é claro, de Jack, o Estripador e Chuck Norris que é citado em todos os recordes do livro), portanto, se estiver em um açougue depois do anoitecer, e se por ressaca do destino um açougueiro estiver com você... Tenha medo... Muito medo!