A Vida, o Universo e Tudo Mais

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
42 É a Resposta
TLUET.jpeg
O livro que fez você perder tempo lendo enquanto poderia estar bebendo uma dinamite pangaláctica.
Autor Douglas Adams
País Bandeira do Reino Unido Reino Unido
Gênero Humor nerd
Editora Editora Flechada
Lançamento 1982


A Vida, o universo e tudo mais é o terceiro livro da série o mochileiro das galáxias, que foi escrito pelo esquizofrênico e alienígenas Douglas Nöir Adams que estava bêbado e inciou o livro escrevendo um monte de merda, que não é digno de estar em um livro do mochileiro das galáxias, pois este livro só serviu para encher linguiça pois douglas Adams, estava sem criatividade pois ele tomou 2000 litros de cachaça que era Pinga 51, e bateu o crânio em uma pedra, fazendo assim ele perder toda a criatividade e sair escrevendo idiotices em uma série boa e que estava indo bem, quando Douglas Adams voou para uma base do Exército Brasileiro pois passou 100.000 km de marte pois ele estava em uma espaçonave, e caiu em cima de um pêssego que espirrou suas sementes e bateu em um morcego e então explodiu deixando uma família de livrinhos ou mais livros vivos, e virando os livros seguintes...

Enredo[editar]

Neste livro Arthur Dent fica preso em um planeta pre-histórico onde não existe quase porra nenhuma, e as formas de vida são rústicas e só serviram de base para as novas gerações de animais de merda, pois os antigos eram melhores... e depois disto Dent enlouquece e fica normal de novo e isso se repete durante 5 anos, quando Ford Prefect tinha se separado de Dent, ele foi responsável pela criação da espécie girafa... quando Ford reencontrou Dent eles acharam um sofá inter-galáctico que viaja no tempo e espaço pois o tempo estava doido e começou à mandar dinossauros para o Big Band, homens para o espaço e sofás para Júpiter, a dupla dinâmica foi parar em um jogo de críquete no Lord Criket Ground, Inglaterra onde chegou uma entidade em uma nave cercada por um campo de Problema de Outra Pessoa o alienígena era o Wowbagger, um indivíduo que tonha vida eterna, e decidiu ofender todos os indivíduos do universo por ordem alfabética, depois no apareceu Startibarfast, um alienígena velho que era dono da nave com propulsão bistrômática que era movimentada por garçons robôs que passavam de um lado para o outro e depois descobriram que Os Robôs Xenófobicos de Krikkit estavam tentando destruir todos os seres que não fossem de Krikkit, estes mesmos robôs andavam com um bastão de batalha que se assemelha à um bastão para jogar críquete e então cabe ao grupo salvar o universo, só que eles falham e os robôs liberam o planeta de Krikkit do envoltório tempolento colocando assim o universo em perigo, então quando ver um robô branco que está com um bastão para jogar críquete CORRA ATÉ SEU JOELHO QUEBRAR, SEUS DEDOS SUMIREM... MAS NÃO PARE DE CORRER!!!