Abdul Alhazred

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
SheikYerbouti.jpg
"Vai tomar no cu", em árabe !!
Brimo, este artigo é árabe!

Portanto, este artigo louva Alá e come esfirra, sem dar ré no quibe. Ele gosta de mulher coberta e não gosta de ser confundido com turcos nem judeus.

Se você disser que árabes são iguais a persas, terá sua casa varrida do mapa por um 747-400.
10413.gif
Capeta-2.jpg
Abdul Alhazred fez pacto com o CAPETA!!!!

Então é melhor nem se meter com esse artigo, senão o capeta vai atrás de VOCÊ!!!.

Abdul Alhazred, o Árabe Louco nasceu há muito tempo atrás numa cidade que hoje é só areia. Alhazred foi um turco (ele não era árabe) que depois de viver muito na Síria ficou conhecido como árabe por causa de sua bela e insana barba.

Tabela de conteúdo

[editar] Vida e obra

Cthulhu, um dos grandes amigos de Alhazred, morador dos desertos

Abdul Alhazred nasceu numa família desgraçada no Omã e muita gente acha que foi em Iêmen (apesar de tudo ser igual). Como todo árabe pobre que não possui nem petróleo, nem harens não tinha muito o que fazer então se prontificou a andar pelo Oriente Médio.

Atravessou por várias aventuras toscas durante sua vida que causam inveja até em Indiana Jones, nas suas andanças pelo mundo pelas arábias, Alhazred plantou os jardins suspensos da Babilônia, saqueou o Templo de Mênfis, explodiu exércitos americanos, sabotou fontes de petróleo, penteou a barba de Yasser Arafat, combinou com Osama Bin Laden destruir certos dois prédios no outro lado do mundo e finalmente caguetou o buraco onde Saddam Hussein estava enfurnado. Seu principal objetivo de vida porém nunca foi alcançado. Alhazred nunca conseguiu a cabeça perdida do marinheiro árabe-minóico do Chipre.

Alhazred então resolveu se aposentar e depois de jogar muito RPG teve a ideia maluca de querer caçar monstros nos desertos africanos e árabes e perambulou por essas regiões durante anos a fio. Ficar tanto tempo sem beber água e comer começou a trazer alucinações ao árabe. Alhazred afirma desde então que avistou todo o tipo de monstros e bestas malignas. Depois de enfrentar tantas maluquices, não há cabeça que aguente, então Alhazred ficou lelé da cuca depois que o sol do deserto esquentou seus miolos. Alhazred foi então prontamente preso em manicômios na Arábia Saudita.

Por questão de cortes de gastos e lojística, Alhazred frequentemente era transferido até que um dia foi parar na Síria (um depósito de lixo da Arábia Saudita). Em Damasco, os malucos se rebelaram por que trocaram os azulejos verdes por brancos no hospício e todos fugiram.

Nos últimos momentos de sua vida, já velho gagá, Alhazred escreveu um livro sinistro para aterrorizar criancinhas chamado Al Azif, conhecido pelo nome mais interessante de Necronomicon. Ao escrever esse livro fazendo um pacto com seu amigo Cthulhu, Alhazred criou uma das mais aterradoras armas da humanidade, o Death Note. Desde então todos que tocam no livro morrem de uma forma grotesca ou de ataque cardíaco.

[editar] Morte

Mesmo tendo sido o próprio Alhazred que escreveu o Al Azif, ele não ficou isento de seus poderes demoníacos e morreu tragicamente enquanto comprava damascos em Damasco quando uma besta rosa-violeta invisível de trinta e sete cabeças surgiu do nada e estraçalhou o corpo do árabe antes de frita-lo e vender na esquina como churrasquinho de gato. Dizem que quem comeu da carne dele sofreu de insanidade aguda pelo resto da vida além de cagar sangue para todo o sempre.

[editar] Curiosidades

  • Howard Phillips Lovecraft é pseudônimo de Abdul Alhazred.
  • Não existe nem uma única imagem ou foto de Abdul Alhazred.
  • Alguns afirmam que Abdul Alhazred não passa de um personagem fictício.
  • Alhazred pensa que é Napoleão Bonaparte.
  • Al Azif significa três coisas em árabe: um prato, um xingamento e o livro de Alhazred.

[editar] Ver também

ReaperlogoDare.gif

Abdul Alhazred já morreu!!!

Abotoou o paletó de madeira!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno.


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas