Abecásia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


●აფხაზეთი
●República Imaginária de Abecásia
●Abecásia

Birdhand-flag.png Abkhazia simbolo.jpg
Bandeira Brasão
Lema: NÓS EXISTIMOS!!!
Hino: Há dois tipos de pessoas no mundo, os abecásios e os não-abecásios!
250px
Capital Sukhumi
Maior Cidade Sukhumi
Língua russo
Tipo de Governo Putinismo
Imperador Darth Maul
Heróis Nacionais Dmitri Medvedev
Independência 1991 (da URSS) 2008 (da Geórgia com ajuda da Rússia)
Moeda Iari
Religião Incesto
População 60 mil russos, e número caindo
Área depende do humor dos abecásios (1% de água)
Analfabetismo  %
PIB per Capita USD/hab.
IDH 0.
Fuso Horário
Clima
Site do Governo



Abecásia é um minúsculo pedacinho de terra separatista da Geórgia onde rolou um pau escroto em 19921993 após um campeonatinho de bebeção de vodka. Este conflito que matou milhões de civis arruinou a economia, dizimou a infra-estrutura, arrasou as plantações e matou as loiras gostosas, para se ter uma ideia do grau de destruição do conflito. No final a Geórgia reconheceu o Estado Autônomo da Cachaça de Abecásia e nunca mais vão se meter a guerrear com aqueles lunáticos, mesmo assim ninguém sabe ao certo se esse lugar existe mesmo ou é uma lenda urbana, como o Acre.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Abecásia sendo invadida pelo estranho exército georgiano em 1993.

Na época dos Flinstones, Abecásia era habitada pela civilização proto-kartvelianos, da qual ninguém nunca ouviu falar, mas que terminaram involuindo para chechenos, daguestanis, armênios, borats e arameus.

Na antiguidade passa a se chamar Cólquida, devido à grande quantidade de cocô por aquelas bandas. Esse desconhecido império sobreviveu durante eras porque nem Genghis Khan sabia como chegar num canto desses...

Quando o Império Romano conquistou o mundo sob comando de Darth Vader, Abecásia era chamada de Lázica, que em romano significa Terra Lazarenta, em alusão aos inúmeros perigosos orcs que ali habitavam.

O tempo passa, e com o estabelecimento da Rússia e Turquia, duas potências asiáticas que tinham como esporte favorito caçar armênios e azeris, esse povo todo ficaram espremidos naquele pedacinho de nada ali do Caucaso e sobrou para o povo da Abecásia que não tinha nada a ver com a história e agora era Geórgia.

Com a criação da União Soviética, titio Stalin disse que tudo era a mesma coisa, até o comunismo virar história e a Abecásia outra vez ressurgir!

O povo da Abecásia bebeu toneladas de ópio, injetaram vodka na veia e cheiraram gatinhos antes de chamar a Geórgia inteira pro pau em 1992 e por algum milagre vencer a disputa (graças apoio da Rússia, A Mãezona do Cáucaso).

Hoje é só mais um território separatista de nome e localização escrotas que ninguém conhece.

[editar] Geografia

A Abecásia está localizada no limbo, porque não é nem Europa, nem Ásia, nem Rússia, nem Geórgia. Tal qual o País das Maravilhas, a Abecásia está numa dimensão paralela da imaginação.

O seu relevo são praticamente montanhas que espremem contra o Mar do Negão todas as cidades deste pseudo-país.

[editar] Política

A Abecásia é reconhecido como nação apenas pela Federação Russa e pela Nicarágua, países do qual há cheiramento de gatinhos suficiente para os políticos concordarem com algo dessa natureza.

[editar] População

Com uma população de número desconhecido, sabe segundo último senso de 1991 que a Abecásia é formada por 70% de soldados russos, 20% de prostitutas georgianas, e o restante 10% são os bebês concebidos pela união das duas etnias dominantes já citadas.



Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas