Acaraú

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Acaraú é apenas uma mera, desprezível e miserável piauiense que foi jogada fora para o Ceará, e que acha que pode algum dia ser algum polo turístico, mas o fato é que ninguém conhece essa birosca.

História[editar]

As belezas da Praia de Arpoeiras em Acaraú e seus ilustres banhistas.

Acaraú é uma cidade que foi fundada por colonizadores desocupados que vieram de Sobral na tentativa de descobrir um local mais ameno. Eles gostaram do lugar porque a fós do rio tem a forma de um CU, aí batizaram a cidade primeiramente de A-cara-do-meu-cu. Porém depois de muitos anos a palavra foi sendo fragmentada e agrupada até se tornar a atual Acaraú.

Economia[editar]

As perspectivas de emprego em Acaraú são inexistentes muito promissoras. Todo o comércio é voltado para a atividade de pesca, tendo como principal fonte de renda a criação de centenas de milhares de camarões, (QUE NOJO) que são exportados para a puta que pariu todo o Ceará.

População[editar]

A cidade conta com cerca de 57.000 habitantes, sendo a maior parte constituída por jumentos, principais moradores das ruas e também, principais causadores de acidentes que envolvem o trânsito, matando anualmente maior parte dos bêbados filhos da puta motoristas embriagados. Dentre estes 57 mil habitantes, 50% são um monte de mulher gostosa (RÁÁÁÁÁ PEGADINHA DO MALANDRO!); 20% são homens que comem gays; 30% são gays; e 50% são jumentos.

Turismo[editar]

Potencial turístico não falta, o que falta mesmo são pessoas bem educadas (em todos sentidos) para atender nos hotéis, estalagens e quiosques. Há nas praias da cidade uma incontável quantidade de jegues, então quem gosta de jumento deve obrigatoriamente visitar tais lugares.

A cidade conta com um castelo, o Castelo Encantado de Acaraú, que não passa de um castelo cenográfico, mas é o máximo que poderia ter sido feito mediante a falta de criatividade.