Adele Fátima

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.

Manchete1517.jpg

Adele Fátima é uma ex-gostosa
Ela já inspirou muitas homenagens, mas foi o tempo quem realmente a comeu.

Adele Fátima Hahlbohm
Adele fatima vestido vermelho pp.jpg
Nascimento 17 de fevereiro de 1954
Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasileira Bandeira do Brasil Brasil

Cquote1.png Epa, epa! Bicha, não! Eu sou uma quase... Adele Fátima! Cquote2.png
Vera Verão sobre Adele Fátima
Cquote1.png Já comi! Cquote2.png
Anão sobre Adele Fátima
Cquote1.png Maravilhaaaaaaaaa! Cquote2.png
Teu pai sobre Adele Fátima
Cquote1.png Aff, já disse que ela não é minha mãe! Cquote2.png
Rihanna sobre Adele Fátima
Cquote1.png Só tem a ver comigo no nome mesmo. Cquote2.png
Adele sobre Adele Fátima
Cquote1.png Depois dela o cinema brasileiro passou a valer a pena! Cquote2.png
Rubens Ewald Filho sobre Adele Fátima

Adele Faxina Fátima nasceu em uma favela do Rio de Janeiro cuja população, assim como as demais dessa região, era composta em sua maioria por piriguetes e traficantes. A jovem Adele trabalhou desde cedo no puteiro da família, até que um dia percebeu que era mais gostosa que a maioria das putas dali e mudou-se para a capital carioca a fim de trampar como modelo.

Início de carreira[editar]

Na capital, a primeira grande oportunidade de emprego para Adele surgiu nos anos 70 como garota propaganda de uma marca de sardinhas enlatadas. A primeira modelo convidada para a campanha foi uma loira, mas esta foi obrigada a recusar, já que o comercial seria gravado na praia usando biquíni e ainda não existia protetor solar, portanto sua pele branca acabaria contraindo um câncer.

Por ser negra, Adele pode gravar sem medo de se queimar, literalmente.

A grande oportunidade[editar]

Após uma série de outros trabalhos medíocres como modelo, Adele chamou a atenção da Rede Globo.

Como naquela época ainda não existia Malhação, ela foi chamada para figurar em programas humorísticos tão engraçados quanto o Pegadinhas Picantes. Sua beleza então chamou a atenção dos diretores de cinema e logo Adele estrelava algumas das maiores pornochanchadas brasileiras.

Seu filme mais famoso até hoje é Histórias que nossas babás não contavam, que teve uma grande repercussão mundial por Adele interpretar uma versão mulata da Branca de Neve e transar com anões que fazem filmes pornô.

Depois disso, ela chegou até a interpretar uma Bond Girl.

Adele mostrando toda sua gostosura.

Atualmente[editar]

Adele Fátima envelheceu, virou uma baranga e ficou a cara do Vanessão Ji-Paraná. Se aposentou no final dos anos 90 e gasta o que restou do seu dinheiro com botox.