Aeiou

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Aeiou.

Cquote1.png Você quis dizer: Analfabetos Cquote2.png
Google sobre Aeiou
Cquote1.png Isto non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre aeiou

Aeiou faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem o Sr. Burns quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

A Aeiou, além de um nome engraçado, era uma operadora de celular. Sim, existia uma operadora com este nome.

Segundo o site da Anatel, ela prestava serviços em São Paulo Capital e outras cidades feias ao redor, e cuja maior especialidade é não funcionar em São Paulo ou no restante do país, seguindo à risca suas concorrentes Oi, Tim, Vivo e Claro.

Aêi-ou-ou-ou.

Por incrível que pareça, para economizar onde for possível a aeiou só funcionava em algumas regiões de São Paulo: em volta da única loja e na casa do seu dono, que usa um aeiou para fugir dos credores, que vivem ligando para cobrar as contas atrasadas. Há relatos de que os celulares da aeiou funcionam em todo o Acre, que também não existe.

Outra medida de redução de custos é ter as ligações pro atendimento direcionadas para um orelhão, que pode ser atendido ou não por um pedestre.

O fato é que eles cobram seis vezes menos do que você paga no seu celular de cartão. Pode ficar com raiva, estas são as regalias de se viver em São Paulo.

Tem também cartões bonitinhos e o fato da recarga ser chamada pelo nome nada delicado de refil, tipo o que a tua Mãe usa para coar o café, e todos tem validade curta: são válidos até a operadora falir (o que pode ser amanhã).

Além disso, quando o site está no ar, há a possibilidade de você escolher pela internet o seu número, coisa que as outras operadoras não deixam nem sob tortura (ou não).