Afro Samurai

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Viva a violência!!!
Porrada e muito sangue
Afro Samurai é algo relacionado a Seinen

Este artigo tem a ver com animes/mangás muito sanguinários, onde os personagens enfrentam um mundo cruel e preconceituoso, desmembram seus inimigos ou vivem fodendo umas gostosas!
Briga, sexo, drogas e rock'n roll é algo que nunca irá fazer falta nesse artigo!
Bob Mauley.jpg   Fala, mano! É o seguinte: Afro Samurai é mais uma coisa que os mano da quebrada curte, tá ligado, véio?
Então, não zoa este artigo não, porque vai dar em treta, mano!
Mitsurugi-ronin.gif Este artigo é sobre um samurai!

Tire a honra dele vandalizando seu artigo
que ele o retalhará!


Afro Samurai
アフロサムライ
Afro Samurai-dvd.jpg
Inclusão racial também acontece no Japão.
Gênero Samurai, Carnificina, Seinen
Mangá
Autor Zé Pequeno
Divulgação Nus morru, manu
Onde sai Nas favela, truta
Primeira publicação 1999
N° de volumes 2
Anime
Dirigido por Barack Obama (olha como subiu o nível)
Estúdio Gonzo
Onde passa MTV (?¿?)
Primeira exibição 2007
N° de episódios 5
Filmes Ressurrection
OVAs ...

Cquote1.png Experimente também: Samurai Champloo Cquote2.png
Sugestão do Google para Afro Samurai
Cquote1.png ... Cquote2.png
Pleinair sobre Afro
Cquote1.png Um Negão do pau-oco que dá uma de samurai! Cquote2.png
Kenshin Himura sobre Afro
Cquote1.png Você traiu o movimento hip hop véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Afro
Cquote1.png Negro di mierda !!! Cquote2.png
Leandro Desábato, zagueiro do Quilmes sobre Afro
Cquote1.png Um samurai espada ! Cquote2.png
Massaranduba, zagueiro do Quilmes sobre Afro
Cquote1.png Esse negão, cara da pesada vai se meter em altas confusões para se vingar desse alucard ! Sempre num clima alto astral ! Cquote2.png
Narrador da sessão da tarde sobre Afro
Cquote1.png Ele é bom. Mas eu sou melhor ! Cquote2.png
Haohmaru sobre Afro
Cquote1.png Na União Soviética, VOCÊ usa o Afro !!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Afro Samurai
Cquote1.png Retalhar as pessoas ao lado desse exímio samurai, vendo o sangue delas esguichar igual a um chafariz é divertidíssimo, mas essa ainda não é a minha viagem pela Desciclopédia !!! Cquote2.png
Álvaro Garnero sobre Afro Samurai
Cquote1.png Esses negros maravilhosos que saem tabelando Cquote2.png
Luiz Roberto sobre Afro

Afro Samurai é um anime japonês africano feito para os otários otakus para poderem descarregar em alguma obra seus fetiches envolvendo excesso de melanina. Seguindo a linha das ações afirmativas para minorias populacionais, o governo japonês aprovou a lei que garante que 10% dos personagens de animes devem ser negros, de modo que o primeiro fruto dessa lei foi o anime Afro Samurai, escrita pelo gênio japonês Spike Lee e produzida pelos estúdios Gozo. Durante todo o anime Afro se comporta como um samurai japonês, tem atitude de samurai japonês, tem jeito calado de samurai japonês, mas tem aparência de negão africano, claramente apenas um artifício para chamar atenção. O ator afro-norte-americano Samuel 'el' Jackson além de fazer a voz do protagonista, também é co-produtor da série. Malcon X e Oprah Winfrey também dublam personagens do anime.

Em agosto de 2005 a Namco anunciou a produção de um jogo relacionado ao anime para Playstation 2 para Japão e América e para Polystation para África e Brasil. O jogo de Afro Samurai foi muito criticado pelos estereótipos adotados, visto que devemos conquistar bocas de fumo e matar outros manos no decorrer do jogo.

Enredo

Mais uma noite calma para Afro.

A história do anime se passa em um "Japão feudal futurístico" onde a atual população japonesa foi substituída por imigrantes nigerianos. Neste mundo apocalíptico todos desejam adquirir a bandana simbólica de "Rapper Número Um", para com ela comandar o mundo como um astro da música pop norte-americana. Logo, nota-se que, como na maioria dos animes, o Japão é o centro do mundo. Alguém se torna o Número Um matando o antigo Número Um tomando sua bandana. Entretanto, somente aquele que tiver a bandana de "Número Primo e Par Simultaneamente" tem direito de desafiar o Número Um. Por sua vez, somente quem tem a bandana de "Número Capicuo e Múltiplo de Três" pode desafiar o "Número Primo e Par Simultâneamente".

Quando criança, Afro teve seu pai (o dele, não o seu!) assassinado bem em sua frente (na frente dele, não na sua) por um pistoleiro membro da KKK chamado Gobineau. Agora adulto, Afro Samurai, é o atual "Número Primo e Par Simultâneamente", e viaja pelo mundo (na verdade só pelo Japão, é que o Japão é o mundo nesse anime) para experimentar maconha junto com um cara chato chamado Pisca Pisca, em busca de vingança, igualdade racial, direitos civis e pelo atual posto de Rapper Número Um que matou seu pai (o dele, não o seu).

Afro tem como principais armas uma katana extra longa e também uma outra espada curva mas não menos longa, porém broxa, que ele esconde entre suas pernas e surpreende seus adversários por trás.

Episódios

Afro ao vencer Justiça torna-se o deus do funk.
  1. Vingança - Agora adulto, Afro segue em busca de um camarada chamado Justiça, uma espécie de zumbi-pistoleiro-cowboy, um malfeitor que não toma Sol porque tem vitiligo, sendo esse rapper o responsável por ter roubado a bandana do pai de Afro antes de matá-lo traiçoeiramente usando seu quarto braço (não perguntem...). Mas em meio ao caminho para achar esse malandro, Afro sempre vai estar se deparando com uns desocupados que vão encher a paciência.
  2. Sonho - Afro está faminto, na noite passada ele sonhou que estava em uma padaria, por isso chegando em um vilarejo ele vai direto para uma padaria e pede um sonho, mas não tem limonada para acompanhar, que desgraça, uma carnificina se inicia em busca da bebida predileta de Afro.
  3. O vazio clã dos sete - Afro soube que tem um bando de zé roelas querendo a cabeça dele, não gostando nada dessa história Afro chamou uns amigos para chutar as bundas das bichonas, mas quando eles chegaram na tal base secreta desses velhotes, Afro e sua gangue encontram o local vazio. O motivo? Aachando um pedaço de papel no chão Afro descobre que as bichas foram para a festa da gaiola das loucas, é claro que ele e os demais foram até essa balada LGBT funk e erradicaram de uma vez por todas a boiolice deste anime.
  4. Duelo - Afro descobre que existe mais uma bandana, a lendária bandana número zero, a qual supera as outras bandanas infinitamente, tanto que com essa bandana sagrada Jay R conseguiu comer a Kim Kardashian e ainda por cima filmar o feito para não restar dúvidas (depois Kenye West o matou e tornou-se o atual detentor da bandana). Afro então descobre que esta poderosa bandana estava na região de Sinnoh, então desistiu da ideia de obtê-la e resolveu continuar seu caminho para vingar seu pai (o dele, não o seu), seguindo para a montanha "só vai quem quer". Nessa montanha Afro reencontra seu amigo de infância, o Ted Maritel, quase no topo da montanha, em meio ao duelo. Afro descobre também que o Ursinho Gummy havia alterado seu corpo se chamando agora de Robocop Gay. Esta é uma das mais violentas lutas do anime e ela encerra quando Afro se lembra do seu sombrio passado, tirando do bolso um sabonete, Afro o joga no chão, o Ursinho Gummy automaticamente o pega e desse modo acaba sendo vencido por causa de sua antiga brincadeira com Afro.
  5. Justiça - Finalmente a batalha final contra Alucard Justiça, talvez a mais terrível e demorada batalha que Afro tivera em toda a série, ela durou 3 minutos, encerrando com Justiça virando carne moída em meio aos golpes de Afro, que adquire a bandana Número 1 após matar um branco opressor e torna-se o maior rapper de todos os tempos.

Personagens

Afro
Marcelo D2 de katana. Um samurai genérico com todos os trejeitos de um samurai japonês, mas que foi pintado de preto na hora do desenho e decidiram chamar de Afro Samurai. Está numa saga de vingança contra pacientes de alzheimer que escaparam do zoológico e mataram o seu pai por intolerância ao hip hop, estilo cantado pelo pai de Afro. No caminho de sua vingança e o sonho de tornar-se o maior rapper de todos os tempos, Afro matou seu agressor de infância, fodeu o seu amigo, foi para um sítio onde ficou deitado e matou o PedoBear, antes de finalmente matar Ray J, adquirir a bandana Número 1 e o direito de comer a Kim Kardashian.
Ninja Ninja
Esta entidade de nome super criativo nada mais é que uma alucinação que sempre aparece quando Afro exagera no consumo de tóxicos, sendo uma espécie de alter-ego do protagonista.
Kanye West, pronto pra lutar contra Afro.
Jinno
Mais uma dentre as tantas brisas que surgem nesse anime. Amigo de infância de Afro, de quem era constantemente abusado, certo dia sofreu um gang-rape de 3 negões e ficou aleijado, sendo salvo por um careca pedófilo que continuou os abusos sobre o garoto. Traumatizado, quando cresceu vestiu um cosplay do PedoBear e jurou vingança sobre Afro.
O clã dos sete
Os sete irmãos arco íris que almejam obter a bandana e o telefone do cabeleireiro de Afro, esses monges acreditam que tendo cumprido essas duas metas se tornarão imortais após conseguirem assim lançar seu CD de rap, além de alcançarem a mão de deus
Irmão 1
Após 50 anos só batendo punheta, precisou trocar o seu braço esquerdo por uma prótese de ouro, e impossibilitado de se masturbar contratou uma prostituta de luxo para fazer isso por ele ilimitadamente. Líder do grupo de velhos bichas, é o único que luta diretamente contra Afro, e apanha.
Irmão 2
Mais um velho tarado, praticamente de voyeurismo, não larga seus binóculos e está o dia inteiro espiando a intimidade dos outros. É o mais viado entre os irmãos, tanto que mata Otsuru com uma facada na bunda da coitada. Afro vinga sua biscate enfiando a espada na cara desse velhote.
Irmão 3
Esse não está nem aí pra nada. Como tem vergonha que descubram que ele fica escutando Tati-Quebra-Barraco o dia inteiro, não tira os fones de ouvido e nãoe scuta nada do que está acontecendo.
Irmão 4
Esquisitão que usa uma tijela gigante na cabeça. Não faz muita coisa além de criar mirabolantes planos que sempre falham, até ele morrer na jeba do Afro.
Irmão 5
O mais sádico entre os velhotes tarados, é viciado em fumar sua erva e por isso é odiado pelos irmãos que não aguenta o cheiro fedido de seu irmão maconheiro. Quando a larica ataca ele fica impulsivo, indo lutar na beira de uma cachoeira contra Afro, de onde foi chutado e morreu.
Irmão 6
O único entre os monges pedófilos que não é um velhote caquético, mas sim um professor de educação física. Tem inveja do pênis de Afro e decide matá-lo numa luta sangrenta, mas acaba perdendo o duelo.
Afro, a alegria dos coveiros!
Otsuru
Prostituta de luxo contratada pelo Irmão 1 do clã dos sete para servir de inspiração para a sua punheta, já que ele tem votos de morrer virgem, mas nada impede que se masturbe diariamente. Otsuru serve a seu patrão muito bem até conhecer Afro e se apaixonar por sua espadona negra, virando uma traíra. É morta pelo Irmão 2, o único assumidamente boiola do clã dos sete.
Justiça
Se o protagonista do anime é um samurai africano, nada mais justo que o grande antagonista ser um pistoleiro branquelo e opressor. Aprendiz do Eminem, ele acredita que brancos também podem fazer rap, ou seja, ele precisa ser impedido imediatamente.