Age of Empires III

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Age of Empires III se trata de um jogo virtual (game)

Enquanto você lê, alguém faz um Dance Attack.

Cquote1.png Eu adoro me rebelar contra a minha cidade natal. É legal ser independente. Cquote2.png
Dom Pedro II sobre independência ou morte (no AoE III).

Cquote1.png O conceito de Estratégia... Cquote2.png
Capitão Nascimento dando palestra sobre Age of Empires III
Cquote1.png Sempre detono o Napoleão! Cquote2.png
Adolf Hitler sobre Age of Empires III
Cquote1.png Nunca me ganhou! Cquote2.png
Josef Stalin sobre o comentário de Adolf Hitler
Cquote1.png Eu venci de 1 com os astecas!!! Cquote2.png
Nerd sobre um milagre
Cquote1.png Eu sempre jogo antes para planejar minha vitória real! Cquote2.png
Adolf Hitler sobre planejamento de batalha por AoE
Cquote1.png De novo nããããoo... Cquote2.png
Adolf Hitler ao ter seu Império mais uma vez invadido por trás por Josef Stálin
Cquote1.png Faz parte do nosso treinamento! Cquote2.png
Recruta do Exército Brasileiro sobre Age of Empires III
Cquote1.png Já ganhei contra 4 no experiente! Cquote2.png
Nerd sobre mais um fato de extrema importância histórica (quando adulto, escreveu um livro sobre essa merda. Foi um bestseller)
Cquote1.png Ronaldo! Cquote2.png
Zina sobre Age of Empires III
Cquote1.png Eu venci de 1 no easiest!!! Cquote2.png
Nerd profissional em AoE sobre sua vitória gloriosa
Cquote1.png Eu adoro jogar contra os japas!Eu sempre uso aquela manha do carrinho! Cquote2.png
Bush sobre AoE
Cquote1.png O cara leu o manual para escrever esse artigo Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre esse artigo
Cquote1.png Agora é possível correr,pular,dar zoom,tirar leite do pau... Cquote2.png
Zangado sobre AoE
Age of Empires III é um jogo de suicidio estratégia, quase estratégia para computadores, criado pela divisão de jogos satânicos da microsoft em parceria com a Ensemble Studios nos EUA, lançado em 2005 pela Microsoft Games Studios .


Age of Empires III é mais um jogo que faz parte da trilogia, satânica do tio Bill, no seu plano de dominação global,junto aos ILUMINATI (pelo menos foi o que minha tia da Igreja falou) para fazer um jogo de estratégia em tempo real, projeto que teve partição do nosso querido Yoshi. Este jogo é adorado por sádicos,nerds,estudantes de história e geografia,e pelo ET Bilu. Com o objetivo sombrio de ALIENAR cada vez mais os NERDS (não os seres HUMANOS; Nossa atual evolução genética, depois do Homo-que AXA-que sapiens", somente os NERDS) Deixando-os ficar cada vez mais introvertidos ao perder horas em frente ao computador, FAZENDO-OS baixar pornografia na internet e sucessivamente aumentando uso do "Internet Explorer" Criado pela Microsoft.

Os super gráficos modernos de Age of Empires III.

Gráficos[editar]

É o primeiro jogo da série a ter gráficos 3D. Os efeitos do mar são fodônicos, ouviu-se que jogadores de Tibia morreram ao ver o mar (junto com o computador que não suportou o lag) e os barcos balançam. Além disso, agora você pode dar um zoom para sua brincadeira de The Sims ficar mais divertida. Os gráficos servem apenas para diferenciar esse jogo do campo minado (não conte pros nerds que o compram)

Unidades[editar]

Os soldados de AoE III agora podem ser treinados em grupos de até 5 ou mais*, o que agiliza muito o seu processo de expansão e militarização. Os colonos continuam sendo criados separadamente.Os russos podem criar APENAS grupos de 10,5 ou 4 soldados e grupos de 3 colonos.Os chineses são treinados em unidade pois em 3 já montariam uma lojinha ou uma pastelaria no caso dos japonese,os americanos,um mc donalds e assim vão se criando teiados.


Tesouros[editar]

Na série Age of Empires 3 há algo que o morcego morto não faz AoE 2 não tem . Tesouros! Claro, pois também tem piratas! Tesouros são cabanas, carroças, minas, navios naufragados etc nos quais se encontram "coisas" no valor de comida, ouro, madeira,pedra,benção de jesus e nao mais de zeus igual no aom além da tele-sena de finados, benefícios (unidades mais baratas, mais resistentes, heróis mais resistentes etc.) unidades e muito mais. Alguns desocupados adoram colecionar unidades resgatadas desses tais tesouros, e se alguma morre, eles reiniciam o jogo. É mais ou menos a mesma coisa que as relíquias no AoM, só que são protegidos por onças, tigres,grilos, navios, jacarés, orcas, tubarões,porcas,guaranás e bomba-de-boi e até humanos como índios, piratas ,caubóis,negrinhos e missionarios. Os quais você tem que matar para pegar a bufunfa. Os tesouros no mar só existem no AoE 3 Asian Dynasties, e são protegidos por navios ,peixinhos bem fortinhos,pelo aquaman ou o aquático pois afundam a tua Caravela em alguns segundos. E você foi burro de atacar eles só com uma Caravela! Alguns tesouros em terra firme são protegidos por um batalhão de bandidos fodônicos. E você vai precisar de mais de um herói para vencer eles. Ainda bem que os guardiões só te atacam se você atacar eles primeiro!

Construções[editar]

As construções do AoE III não podem ser consertadas por colonos. Elas se autoconsertam. Taí o problema, você não pode consertar as construções durante um ataque. Ou seja a possibilidade de sua construção ser destruída é bem maior. Só depois de 1 minuto depois do último ataque as construções podem ser consertadas. Quanto mais danos mais caro é o conserto. Aqui algumas construções;

  • Mansão do Chefe da Boca Centro Urbano: O centro de sua favela colônia. Cria favelados colonizadores que só prestam pra trabalhar pra você, morrer, serem mortos e... morrer.
  • Barraco Casa: Aumenta o limite populacional para treinar mais favelados moradores. Mas eles nunca entram nas casas (só entram pra uma coisa que sua mente poluida ja adivinhou, cagar), o que é uma decepção pra quem faz Big Brother com os moradores.
  • Quartel: Edificação onde treina laranjas, e a pirralhada de pistola e doze uns soldadinhos toscos que sempre serão mortos no começo da batalha.
  • Rancho Coudelaria: Treina homens montados em cavalos, além de furries que saem acompanhados por seus cavalinhos (na verdade esses caras se matam por que o cavalo não quer os sadomaquizar)
  • Fossa: Inovação secreta em que permite o jogador criar catapultas de bosta humana dos favelados moradores ou dos cavalos.
  • Fundição de Artilharia: Treina artilharia (duh) e canhões. (Você esperava o que? Metralhadoras? Armas Laser?)
  • Mercado: Nele você pode vender merdas que não usa, o problema é que quanto mais você vende menos o recurso vale. Além de melhorar a coleta de machonha, coca e dinheiro comida, madeira e moedas.
  • Terreiro Igreja: Treina sacerdotes (mas esses não fazem wololo) que com sua macumba forte curam os seus soldados. São gordos, lerdos, carecas e inúteis, além de gastarem um puta dum dinheiro mostrando que padre adora uma grana (detalhe: esses não eram pedófilos). Serve também para criar espiões (detalhe: na igreja se cria espiões!).
  • Posto Avançado: Merda inútil que só serve pra ser destruída e gastar madeira. Se você for [[noob] e construir um ou dois. É onde fica os muleque laranja tomanu conta
  • Capitólio: Construção foda, com melhorias mais fodas ainda, onde podem comprar os políticos problema é que depois de comprar todas não serve pra mais nada assim como o arsenal.
  • Muralha: Uma muralha ridícula feita de palitos de dente presos com super bonder, os noobs amam colocar sem portão nenhum, confusos eles abrem um buraco pra poderem sair e entrar e acabam sendo invadidos do mesmo jeito. Se evoluída vira uma grande parede feita de lego que é mais cara e não faz diferença nenhuma.
  • Moinho: Lavoura onde se pode mandar até 10 escravos colonos pra ficar gerando feijão e arroz comida pra você.
  • Plantação: Lugar onde se pranta maconha, coca ou ópio (chineses) algodão para gerar moedas
  • Curral: Fazendinha McDonalds. Enfia um monte de comida nos animais pra deixar eles obesos e depois matar. A construção que os vegetarianos mais odeiam.
  • Cais: Edificação pra construir barquinhos de papel com estilingue.
  • Arsenal: Deixa sua tropa mais noob foda.
  • Forte: Te dá Falsa sensação de Segurança(tipo câmera de segurança e outras merdas), já que é feito apenas de bytes, e não de pedra como a maiorioa dos nerdes acredita ser
  • Refinaria Fábrica: Onde refinam e melhoram suas drogas com cal, cimento, pó de giz, óleo de cozinha, poeira da própria refinaria e outras desutilidades Produz recursos e canhões pra você, dando uma brecha pra matar todos os seus colonizadores e ficar só com as máquinas. É a vida.
  • Bancos: Exclusivo dos holandeses, fica produzindo moedas automaticamente, de forma misteriosa que te deixa cada vez mais rico. É o tráfico, É NÓIS PORRA!.
  • Taverna Puteiro: Boteco onde o jogador treina trombadinhas, ladrões e alguns bêbados dispostos a morrer por uma dose de pinga. Não construir se não tiver MONEY. Pagando uma proprina pra microsoft dá pra criar Pombas maculadas prostitutas.

Shipments[editar]

Produtos enviados por sua central da boca metrópole. Demoram uns 5 minutos pra chegar e hora que chega, você descobre que seus 7 pivetes não irão te salvar do ataque da favela vizinha. Podem enviar desde os antiquados e molengas mendigos com arco e flecha até poderosos furries a cavalo - os Hussardos, passando por canhaozinhos e matéria prima... você também pode enviar um cachorro para o seu escoteiro poder foder. Só os japas podem suas cartas no mangá na manga duas vezes. E mais duas vezes depois de chegar na última idade.


Expansões[editar]

As expansões servem pra você gastar mais dinheiro ou tempo fazendo o download em 1654 partes no RapidShare e adiciona coisas FANTÁSTICAS para uma luta muito animada com essa galerinha animal. O incrível é que quando estar faltando 3,1415927 segundos para acabar de baixar o arquivo ocorre 3 típicas coisas:

WarChiefs[editar]

Nesta expansão você pode escolher entre três civilizações de índios fudidos, sendo que só os astecas tem cidade e os outros tem só um bando de macumbeiros chamado Conselho. Também se pode fazer danças dos orixás muito loucas na fogueira e treinar soldados com nome de bichos escrotos. As unidades indígenas são fracas e morrem muito fácil. Os indígenas conseguem domar animaizinhos com uma varinha mágica (furries) e envia-los para a guerra - no lugar de enviar os poderosos e fodonicos Hussardos. Nota-se também que os Astecas não usam cavalaria, por que preferem mandar os carinhas a pé, que são mais lentos, fracos, com menos vida e menos defesa e depois ainda dizer que são "mais baratos". Se alguém me der um único bom motivo para usar os índios eu só uso eles pro resto da vida!

Os indios sioux são como nos filmes de faroeste mas não falam Howgh! Praticamente só tem cavalos e poucos soldados a pé. Tem uma civilização inovadora: os punks com cabelo moicano. São muito bons porque tem canhões de merda e outras armas de cerco. Além do mais são os únicos que tem arma de cerco. Tem também uns punk legais que são invisíveis (já viu um?) e tem uma arma de pressão CBC 4,5 com luneta. Tem infantaria que é boa na luta corpo a corpo e melhor ainda no ataque à distância porque atiram uns machados e também podem usar eles para cortar madeira. Os astecas não fazem nada. Só tem uns macumbero fodoes. Tem umas porcarias inúteis no começo do jogo mas mais tarde ganham umas tropas de elite fodonas. A única coisa boa dos aztecas é nada a fogueira. Os macumbeiros dançam também mas você só pode criar 10 deles.

Asian Dynasties[editar]

Aqui você comanda 3 civilizações milenares, e depois de jogar um pouco, vocÊ descobre que Indianos são uns lixos, Japoneses são só pra nerds que passam o dia na frente do PC ,Chineses são fodas, com a suas tropas de 1,99 e os coreanos só vivem de flango. Nessa época, a Coreia estava debaixo do jugo chinês. Então se você adorava jogar com os coreanos no AOE II, joga com os chineses, quem sabe você não joga com alguém coreano... Novamente, os furries estão presentes aqui: várias unidades usam cavalos e há inclusive uma(s) unidade(s) que montam em elefantes! Os nativos são doidões, depois de fumar uma erva, os cara lutão kung fu melhor que que nem o jackie chan e o jet li. Depois que acaba de fuma o cara se suicida - ideia falida genial de produtores inuteis que queriam que o jogo ficasse com mais sentido (tipo seppuku, sabe). Ninguem usa eles, só os traficantes... Os Chineses não têm soldados separados, eles tem um batalhão de varias tropas juntas, por exemplo, choko nu cu e uns cavalo arqueiro por 1,99, uns piqueiro foda e chu ko nu por 2,49, todos com made in china na testa, e, como são de plástico barato, não duram muito. Outra vantagem é a produção de coisas inúteis como brinquedos que servem para nada atrair o jogador e o idiota pensar que este é um jogo bom. Para evoluir de idade os Asiáticos têm que construir umas torres ou castelos caros, fodas e lentos de se construir que treinam unidades automaticamente ou não, fazem recursos, melhoram o desempenho de suas tropas ou não fazem nada. Os Indianos tem elefantes de vários tipos como você e sua mae, com alcance ou não, fortes ou uma merda. Os elefantes com canhão são bons só contra construções mas para destruir um exército são uma bosta. Bons contra unidades são os Howdas e Mahouts. Os Japas são muito bons pois ao contrário dos chineses e indianos têm 2 heróis bons em tudo, curam unidades, tem um cigarro do demonho que solta um gás e ficam invisíveis,etc. Outra coisa vantajosa dos Japas são os Deimyos, caras montados que fazem tropas em qualquer lugar, até no campo de batalha, mas têm que ficar parados até criar os milicos, e aumentam a moral dos japas em volta. Além do mais os Asiáticos têm um novo meio de troca, a maconha. Todo aldeão produz maconha automaticamente e envia pro consulado. No consulado você pode trocar maconha por armas, comida, tropas, dependendo de com quem você negocia. Você também pode mandar os aldeões trabalharem menos e plantarem mais maconha. A merda é que as tropas do consulado são muito caros. Por exemplo: o que você compra com 1600 kg de maconha, você poderia criar com + ou - 300 food, 200 wood e 200 gold (6 Hussardos, nesse caso). Ou seja você sempre sai perdendo. Ah! E ainda pra traficar negociar você tem que pagar 100 kg de maconha pro traficante aliado.

v d e h
Age of Empires logo.png