Agora é Tarde

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Olho na Bosta, Olho na Band!

Coisa da Band é sempre mal-feita!

Este artigo está relacionado à Band. E só existe para não falarem que lá só passa programa do Silas Malafaia ou Igreja Mundial do Poder de Deus. Também passa na Rede 21.

Conheça mais dessa gentalha aqui.

TV pós-Globo.

Este artigo é sobre mais um programa de tortura televisiva. Salve-se mudando para o Canal do Boi, ou leia sobre mais essa desgraça da TV.

Agora é Tarde faliu!
Graficozero.JPG Nem o Seu Creysson quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.


Cquote1.png Você quis dizer: Programa do Jô Cquote2.png
Google sobre Agora é Tarde
Cquote1.png Danilo! Você atingiu o seu objetivo ganhando esse programa. Passou do anonimato para a ignorância sem precisar passar pelo sucesso. Cquote2.png
Marcelo Mansfield sobre Danilo Gentili
Cquote1.png Participei desse programa e fui o primeiro entrevistado. Se tenho orgulho disso? Não...mas me esforcei Cquote2.png
Marcelo Adnet sobre Agora é Tarde
Cquote1.png Uma cópia do Toma Lá Dá Cá Cquote2.png
Miguel Falabella pensando que seu programa é menos pior do que essa joça
Cquote1.png Então, Danilo, aproveite seu programa porque o Formigueiro acabou e eu fui o último entrevistado Cquote2.png
Rafael Cortez em entrevista ao Agora é Tarde
Cquote1.png Então, Cortez, já mudei de canal e tudo e adivinhe: você com certeza não foi! Chupa! Cquote2.png
Danilo Gentili sobre Agora é Tarde
Cquote1.png Bom, melhor do que estar desempregado Cquote2.png
Roger do Ultraje a Rigor sobre Agora é Tarde
Cquote1.png Eu ouvi isso heim! Cquote2.png
Danilo Gentili sobre elogios ao seu respeito
Cquote1.png Me fudi legal, mas é melhor do que estar na RedeTV! Cquote2.png
Rafinha Bastos sobre ter assumido o Agora é Tarde
Cquote1.png EEEEEEEETA!!! Cquote2.png
Dilma cumprimentando o público do Agora é Tarde
Cquote1.png Nossa, mas o que aconteceu com o André Abujamra? Cquote2.png
Pessoa que era fã de Karnak sobre Agora é Tarde
Cquote1.png Cada um chora por onde sente saudade ! Cquote2.png
Marcelo Mansfield sobre Drama pessoal e a saída dos colegas da Band

Agora é Tarde foi um talk show da Rede Bandeirantes o canal da família. Nada apelativo aos padrões familiares, o programa outrora comandado por ninguém mais do que o "Barnabé de Santo André" Danilo Gentili e depois mal administrado pelo comedor de bebês Rafinha Bastos, não copiava nem um pouco o programa semelhante ao dele (aquele programa do gordinho com braços de dinossauro).

Sobre[editar]

Agora é Tarde amigo...

Foi criado com o objetivo de ser uma Desciclopédia na televisão para os pobres que não tem acesso a internet. Falhou miseravelmente em sua missão. Mesmo forçando muito, os apresentadores (sim, ambos falharam em sua missão, já que a Desciclopédia é única) só conseguiam fazer piadas tão engraçadas quanto as da A Praça é Nossa. Bem, talvez nem tão engraçadas assim, mas chegavam bem perto disso. Apesar de todos os poréns, Agora é Tarde foi o maior sucesso da Bandeirantes antes de pedir penico. Isso é facilmente explicável. Como passava de madrugada, os azarados com insônia ficavam sem opções. Ou assistiam o Agora é Tarde ou mudavam para o Medalhão Persa. Com o fim do programa, só restou mesmo o Medalhão Persa aos insones.

O destemido ex-apresentador se preparando para o programa nos bastidores

Basicamente, o programa plagiava o Programa do Jô (Que por si só já é um plágio do programa do Jay Leno. Que é um plágio do programa do David Letterman. E por aí vai). Enfim, resumindo a ópera, o Agora é Tarde plagiava uma porcaria, tornando-se uma porcaria ao quadrado. As más línguas juntas com boatos dizem, que, Marcelo Tas (ex-dono do CQC PERDEU!) queria chutar Danilo Gentili pra escanteio mas a Band queria aproveitar algo do garoto e lhe deu o programa. A escolha do Grupo Bandeirantes foi infeliz. Outros dizem que Danilo como o Capeta, foi expulso e criou seu próprio território ou programa.

Subsequentemente, quando Danilo vazou da Band porque eles estavam pagando seu salário em balinhas, Rafinha Bastos se candidatou à vaga. Como ninguém mais queria apresentar essa joça, o posto de enchedor de linguiça apresentador do programa foi dado a ele no melhor modo "te vira, rapá". E enquanto no SBT Danilo está derrotando o gordo, Rafinha se gabava do portentoso mérito de ultrapassar Roberto InJustus. O programa estreou em Setembro de 2011 e alcançou a incrível audiência de um segundo lugar na Band. Claro, os pontos de audiência da Band são equivalentes aos do Canal do Boi ou da Gazeta, ou seja, três pessoas assistiam o Agora é Tarde. Após um curto período, a Band decidiu encerrar o programa sem sequer comunicar a equipe, e, da mesma forma que Rafinha ganhou o programa (ou seja, do dia para a noite), ele o perdeu. Hoje, a equipe pode ser encontrada vendendo paçoquinha nas ruas do Morumbi.

Sinopse[editar]

O esboço de talk show foi apresentado de Terça a Sexta num horário que pouca gente via, pelo menos uma vantagem para o trabalhador que acorda cedo e descobre que dormir cedo é menos ruim. O programa começava com piadas sujas do próprio Danilo Gentili/Rafinha Bastos (se você estiver no Acre, ainda estarão passando os programas de estreia com Gentili) sobre coisas do cotidiano como: Dilma, Brasil, dinheiro, Bullying e muito mais. Piadas como a de Isabela Nardoni que não usa a internet porque seu pai cortou a rede, animavam o programa.

Ainda haviam entrevistas constrangedoras a nós e ao entrevistado que tinha que aguentar as provocações não só do(s) apresentador(es), mas também de outros integrantes. Alguém da Globo não participaria da entrevista pois são muito legais e de bom humor. E por último, as matérias altamente jornalísticas de Léo Lins e Murilo Couto/Marco Gonçalves que enchiam de informação as classes.

Integrantes[editar]

Além de Danilo/Rafinha, os chatos sem graça integrantes não são "grande coisa". Seja delicado com eles. Os integrantes pareciam se adorar, pois muitos elogios aconteciam, e também, muita consideração ao trabalho de cada um. Abaixo os "Bagaças" que formavam o ex-time de refugiados das outras emissoras.

Elenco "das antiga"[editar]

Mansfield e seu companheiro.
  • Marcelo Mansfield: Com 26 anos de carreira, você me respeita! Me respeita porque você é apenas um bunda mole, leitor!
  • Murilo Couto: Um paraense que sofreu quando dividiram o Pará em três estados, sendo a divisão feita entre a casa dele e outras duas partes; não teve sucesso na Malhação e parou aí. Ninguém sabe (nem mesmo ele) explicar como ele conseguiu o privilégio de não continuar na Malhação. Seria ruim pra ele ou bom? Eis uma questão.
  • Léo Lins: Um carioca de nariz avantajado que surgiu de lugares desconhecidos e diferente dos outros acima não se refugiou de nenhum programa de TV. Dizem que ele foi redator do programa Legendários, da Rede Record, mas não se confirma essa informação, pois Lins não é tão sem graça quanto esse programa.
  • Ultraje a Rigor: Pararam aí! Uma pena para uma pseudobanda revolucionária do Rock Brasileiro que ninguém sabe se acabou ou tinha acabado. Quando era pedido um "tema" para ser tocado eles não mudavam nada. Exemplo: Pedido um tema de suspense, era tocado o mesmo de "Coisas irritantes". Resumindo: o Ultraje tocava o mesmo tema em todos os temas.

Elenco "novinho"[editar]

  • Marco Gonçalves: Especialmente reciclado do SNL para o Agora é Tarde, vivia fazendo malabarismos nas ruas antes de ser convocado pra essa joça. Fazia o trabalho que Lins e Couto faziam, porém, mesmo fazendo o trabalho de duas pessoas, recebia metade do salário. Também era esporadicamente o alvo do bullying da equipe.
  • Marcelo Mansfield: Sim, caro leitor, você não está vendo dobrado. Mansfield traiu o movimento e preferiu ficar na Bandeirantes ao invés de se pirulitar pro SBT com a antiga equipe. Ou seja, ficou pra ver o barco afundar. E dessa vez, não teve "ou não".
  • André Abujamra e os Nerds: A nova banda do Agora é Tarde. Possuía uma guitarra, um baixo, dois trombones, 700 saxofones, uma gaita de fole furada e uma bateria. Apesar de todo esse equipamento, eles faziam a mesma coisa que o Ultraje fazia. Ou seja, tocavam o mesmo tema em todos os temas.
  • Dilma: Até ela!
  • Francine Ex-BBB: Não durou sequer um mês no programa, que foi logo extinto pela Band para dar espaço a uma série de 1900 e guaraná com rolha e que ninguém nunca ouviu falar premiada, consagrada e todas essas outras frescurites chamada Roma. Ou seja, começou e terminou com o pé esquerdo.

Quadros[editar]

Entrevistas[editar]

As entrevistas conduzidas por Danilo Gentili e Rafinha Bastos davam a entender que eles são humoristas e não entrevistadores, ou nenhuma das duas coisas. Muitos seres comentados no Brasil e até no México como Seu Barriga (que veio cobrar o aluguel do espaço reservado ao programa) e também devidamente comentados (Marcelo Nova, Paulo Cesar Pereio, Welberson, tua mãe) e outros mais eram alvo das sabatinas feitas pelo programas, sempre muito profundas e inteligentes. Fora esses citados também participaram seres que você nunca ouviu falar e se ouviu foi apenas nessas entrevistas como: o Mini Pastor e a Beyoncé do Pará, que é só conhecida lá. Diga-se Murilo Couto. E muitos outros que não lembramos agora. Outros famosos como Tom Cruise, Brad Pitt, Ronaldo e Juliana Paes já participaram. Isso seria verdade se o programa não fosse transmitido pela Rede Bandeirantes.

Passou na TV[editar]

Cquote1.png E aí, Jão!? Cquote2.png
Locutor com voz de pato sobre Passou na TV

Típico programa que habita esse quadro

Bizarrices, barracos e outras esquisitices da televisão eram passadas nesse quadro, o Passou na Tevola. Um Top Five ampliado que mostrava a maioria de - se não todos - programas como Casos de Família, Programa do Ratinho, Qual o Seu Talento (são todos do SBT, até o The Noite) e outros mais que assombram sua televisão - que já não é grande merda.

Mesa Vermelha[editar]

Talvez a melhor parte do programa, onde os desocupados integrantes do programa e mais algum convidado desconhecido comentavam notícias que tua mãe gostaria de saber, como Nana Gouveia está grávida, o PIB brasileiro caiu mais 0,0000000009%, ou um descíclope morreu tentando melhorar a Programação Orientada a Gambiarras. Eles tornavam um lixo a notícia que já é um lixo, na verdade.

Fim do AET[editar]

Cansada dos resultados pífios que o programa vinha dando sob a batuta de Rafinha Bastos - traço atrás de traço, sem contar que os números da audiência eram superiores apenas à transmissão da Série E do Campeonato Tangamandapiano de Futebol Sub-180, a Rede Bandeirantes optou por cancelar o programa. Até aí, tudo bem, porém a Band cometeu um erro grave: não avisou aos integrantes do programa sobre o cancelamento. Todos ficaram sabendo apenas pela Internet sobre essa notícia, e em um ato simbólico de vingança, decidiram avacalhar ainda mais o programa (que já é avacalhado por si só). Porém, a Rede Bunda percebeu isso e após cinco programas fudidos (só pra ver no que ia dar), tirou o Agora é Tarde do ar sem direito a beijinho de despedida e jogou todo mundo no olho da rua.

Curiosidades[editar]

  • Este foi o primeiro talk showpeta copiado no Brasil.
  • Em Novembro foi lançada uma campanha chamada "Brasil sem Dráuzio Varella". Essa campanha mobilizou mais de 8 mil pessoas a dizerem que estão cansadas do doutor careca dizer o que elas devem fazer ou não fazer em respeito a sua vida. Só você e outras pessoas que gostam de cuidar da própria saúde (e também da minha) não se lançaram na campanha.
  • Nos pré-programas ninguém, exatamente ninguém queria ser entrevistado no programa. A produção praticamente quase apelou para que o entrevistado fosse alguém da Band mesmo, mas nem mesmo eles queriam, então quase chamaram alguém da TV Gazeta. Mas Marcelo Adnet e Luan Banana com suas caridosas almas aceitaram ser entrevistados quando souberam do ocorrido.
  • Apenas eu e você assistíamos esse programa.
  • Minotauro na entrevista disse que não era Minotauro e sim o Minotouro, ocorrendo assim uma farsa no programa.
  • A fabulosa Revista Veja incomodou Danilo Gentili ao publicar que ele teria um romance com alguém do Pânico na TV. Na verdade era uma piada que Danilo fez no Pânico dizendo que "pegaria" alguém, e então a Veja publicou o ocorrido de que era um romance e que ele iria se casar. Eu me pergunto, quem em sã consciência lê essa revista?
  • Dani Calabresa assumiu que seu marido Marcelo Adnet, o Nino do Castelo Rá-Tim-Bum, seria parente de Motumbo.
  • O Ultraje a Rigor e Os Nerds eram as únicas bandas disponíveis de nível.
  • Fabio Rabin, convidado da Mesa Vermelha, fez um lançamento exclusivo do CD do Restart no meio do programa.
  • Os apresentadores dizem "obrigado" quando alguém os param na rua dizendo que assiste o programa. Infelizmente, ninguém disse isso.

Ver também[editar]