Aguri Suzuki

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Um piloto japonês que corre bem? Isso non ecsiste!! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Aguri Suzuki
Cquote1.png Disse algo? Cquote2.png
Kamui Kobayashi sobre a frase acima

Aguri Suzuki (8 de Setembro de 1960) foi um piloto japonês que, por incrível que pareça, dificilmente batia o carro! Sim, eu sei que é difícil de acreditar em uma coisa como essa, mas é verdade! Aguri Suzuki até que era um bom piloto, pois, apesar de nunca ter vencido uma corrida, mesmo correndo com carros fudidos que sequer possuiam uma suspensão, ele sempre conseguia beliscar alguns pontinhos, para a alegria da nação japonesa (que mais tarde iria chorar ao ser representada por pilotos como Kazuki Nakajima).

História[editar]

Aguri Suzuki, prestes a demonstrar todo o seu talento no volante.

Aguri Suzuki nasceu em Tóquio, na época em que o National Kid ainda era novo e protegia toda a nação japonesa de monstros como Godzilla e Gamera.

Desde criança, Aguri Suzuki tinha o sonho de poder competir em corridas internacionais, até porque, todos os dias, ele jogava Top Gear em seu Super Nintendo construído com brotos de bambu. Porém, os pais de Aguri Suzuki, mesmo sendo ricos, não queriam comprar um kart para o seu filho treinar, até porque sabiam que o garoto, por possuir sangue de kamikaze correndo nas veias, poderia destruir metade da cidade e atropelar todas as velhinhas do país.

Percebendo que não iria conseguir um kart, Aguri Suzuki resolveu agir por conta própria, e foi procurar uma pequena montadora de karts de seu país para se oferecer como piloto. Obviamente, como os japoneses não possuem bons antecedentes no automobilismo, Aguri Suzuki foi ignorado por todos, porém, ele não desistiu, e, de tanto pentelhar os sujeitos da montadora, finalmente conseguiu a sua vaguinha como piloto.

Em sua breve carreira nas competições de kart, Aguri Suzuki impressionou a todos, pois, apesar de ser japonês, ele corria muito bem, e dificilmente batia o seu kart! Por conta dessa bela performance, Aguri Suzuki chamou a atenção de diversas equipes profissionais de Fórmula 1, que estavam precisando de um piloto barato e que não batesse o carro.

Após ter analisado todas as propostas, Aguri Suzuki decidiu ir para a equipe... Bem, eu não sei o nome da equipe, até porque ela é extremamente secundária e não tem nenhuma importância na história da Fórmula 1. Mas isso não é importante. O que realmente importa é que ele estava inscrito na categoria mais nobre do automobilismo, e podia melhorar a reputação da pilotagem japonesa ao redor do mundo.

Carreira na Fórmula 1[editar]

Imagem histórica, que ficará para todo o sempre registrada nos anais: Um piloto japonês dirigindo um carro de Fórmula 1 tranquilamente, sem bater em nada.

Como começou a sua carreira em uma equipe medíocre, que apenas produzia carros que estavam mais para cadeiras elétricas, obviamente, Aguri Suzuki ficou longe, longe de conseguir conquistar alguma coisa. Na verdade, em todas as corridas da temporada, Aguri Suzuki foi um daqueles retardatários figurantes, que apenas aparecem na mídia quando precisam abrir caminho para os líderes passarem. Apesar do péssimo começo, Aguri Suzuki não estava disposto a desistir, pois tinha certeza que dias melhores viriam - Ou não?

Na temporada que se seguiu, percebendo que o grande talento de Aguri Suzuki não estava sendo reconhecido, uma outra equipe figurante resolveu contratá-lo para ser o primeiro piloto. Como era lento mas não era idiota, Aguri Suzuki aceitou a proposta, e tinha certeza que, dessa vez, ele conseguiria o seu lugarzinho ao Sol. Porém, apesar desse grande otimismo, por conta de algumas barbeiragens e de alguns defeitos bem toscos de seu carro, Aguri Suzuki não conseguiu marcar sequer um mísero pontinho. Mas não podemos culpá-lo, pois o seu companheiro, que nem era mau piloto, também fez uma temporada horrível, e não conseguiu marcar nem um pontinho, o que significa que o carro era realmente uma merda.

Na temporada que se seguiu, Aguri Suzuki não estava certo do que iria fazer em sua carreira, até porque ele só recebeu propostas de equipes piores do que a que ele estava. Porém, após algumas negociações envolvendo ienes e tobas, Aguri Suzuki acabou voltando para a sua antiga equipe, que estava precisando urgentemente de um piloto, pois o antigo tinha pedido demissão, pois não aguentava mais receber apenas dois reais + um pirulito de chiclete para correr naquela porcaria de carro.

No princípio, Aguri Suzuki achou que o carro continuava a mesma merda de sempre, que não conseguia passar dos 50 km/h. Porém, para a sua surpresa, a equipe tinha contratado o McGyver para aprimorar os carros usando apenas materiais recicláveis e algumas tampinhas de garrafa. Por conta dessa grande melhora nos carros, Aguri Suzuki finalmente despertou os seus instintos de kamikaze, e, mesmo batendo em algumas provas, ele conseguiu marcar diversos pontos, sendo que, em uma corrida, ele até conseguiu chegar em terceiro!! Esse foi considerado um fato histórico na história do automobilismo, pois Aguri Suzuki tinha conseguido levar uma verdadeira privada ambulante ao podium.

Depois dessa conquista na carreira, Aguri Suzuki ainda correu por algumas equipes secundárias, porém, ele nunca mais conseguiu algum resultado que presta. Bem, ele até que conseguiu marcar mais alguns pontinhos, porém, ninguém se importa, pois o fato que verdadeiramente marcou a carreira de Aguri Suzuki foi aquele terceiro lugar histórico.

Schumacher dick vigarista.jpg
Buildphotoims4vd.jpg
v d e h
Pilotos da Fórmula 1