Akon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa



Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Akon.
Cifras.gif
Em Deslivros
no acervo de Descifras, há tradução(ões) da(s) música(s) de
Akon
veja:Descifras:Lonely, Akon


Cifras.gif
Em Deslivros
no acervo de Descifras, há tradução(ões) da(s) música(s) de
Akon
veja:Descifras:Don't Matter, Akon


Cquote1.pngVocê quis dizer: Samuel Eto'oCquote2.png
Google sobre Akon
Cquote1.png No$$a, ele é $imple$mente demai$, é o homem da minha vida!$!$!$!$!$! Cquote2.png
Nicole Bahls
Cquote1.png Meu Brotherzis! Cquote2.png
Mussum sobre Akon
Cquote1.png Konvict...Konvict..Konvicted Muzik Cquote2.png
Akon sobre Akon
Cquote1.png Smack That,oooohooooooohoooooh,Smack that Cquote2.png
Akon sobre sexo

Maknay Lomp Djongo Akon Moraes, conhecido simplesmente por Akon, é um cantor de rap e forró nascido em Tonga.

Tabela de conteúdo

[editar] Biografia

Uma piriquete se esfregando com Akon
Akon na Infância

Filho de pai togolês e mãe angolana, Aliaune Akon Thian Upupururu Umubugaipeidital, mais conhecido como Akon foi criado na Oceania até os 12 anos e sempre teve essa voz de pato com eco, quando sua família se mudou para o Brasil, estabelecendo residência no Rio de Janeiro, no Morro do Dendê. Desde pequeno, se envolveu com a música, cantando e dançando nos semáforos em troca de algumas moedas. Chegou a se candidatar a ser o cantor de uma escola de samba, mas, infelizmente, não teve sorte. Ele foi parar na cadeia porque roubou uma bolacha trakinas no mercadinho do Seu Manoel porque estava com fome e tinha usado suas moedinhas do sinal para cheirar gatinhos. Dentro da cadeia, ele escreveu canções como Nego Drama e o Diário de um Detento, e foi libertado após ser julgado inoscente, pois só ele só roubou akela trakinas para disfarçar o enorme rombo no seu estômago deixado pela fome.

Apos sair da cadeia, Akon começou a vagar sem destino pelas calçadas imundas do Rio de Janeiro até que ele conheceu o famoso cantor Mussum, que passeava com seu Fiat 147 e o viu cantar próximo à praia de Copacabana(tudo isso antes de Taís Grimaldi morrer). Então Mussum levou o pequeno Akon para sua gravadora, que resolveu apostar no mesmo no mercado dos Estados Unidos. Lá, ele fez muito sucesso, cantando inclusive, com Eminem, 50 Cent, e mais 999.999.999.999.999 parceiros(as) musicais em torno do globo terrestre, incluindo Negra Li, Ivete Sangalo, Banda Calypso e Sidnei Magal, Reginaldo Rossi e Claudia Leite e participando de um CD do Menudo.

Akon e Claudia Leite fazendo Sexo Ao Vivo! "bora criolo mas rapido, ta querendo levar um tapa"

Recentemente, Maknay Lomp afirmou em seu mais novo single, "Sorry, Blame it on me" que decidiu assumir a culpa por todas desgraças que aconteceram em todo o globo, tenha ela acontecido com você, seu vizinho, seu cachorro ou com qualquer outra pessoa. Fato esse bem proveitoso, pois agora você pode sempre culpar ele pelas suas cagadas. Isso acarreta em que ele seja culpado pela destruíção da civilização Maia, pela destruíção causada pela bomba de Hiroshima, pelo fim do mundo em 2012, pela extinção dos dinossauros, pelo derretimento das calotas polares e pelo recente caos aéreo. Você também poderá estar jogando a culpa de qualquer merda que tenha feito em Maknay Lomp, já que ele faz questão de assumi-la.

Atualmente ele lançou um sigle chamado Don't Matter mas foi acusado de plágio pela banda de Arrocha Bonde Do Maluco pois Don't Matter nada mais é que uma cópia mal feita da música Não Vale mais Chorar Por Ele. Akon agora mora nos EUA, tem mais dinheiro que você, é vizinho de Chuck Norris, Rocky Balboa e de Deus. Depois de conseguir dinheiro falando sobre como amar uma mulher gostosa e como conseguir dinheiro, Akon canta agora novas letras em suas composições: Mulher ! Akon mal é poupular, mais todos nós lembramos da maldita cançao " LOOUNLIII , AI MISTER LOOOUNIII ... " ou , " NOU BARI UANA SI AS TCHUGUEEDER..."

Em 2009 Akon abusou sexualmente de Emily Browning, mas esta não o denunciou, pois gostou do estupro. Gostou tanto que quis mais e durante uma transa, eles gravaram o grande flop "Yeah! Yeah"" onde Emily grita e finge que canta. A música fez tanto sucesso que chegou à 1º na Billboiola, sendo certificada como disco de Esperma. Neste Ano de 2010, Akon se apresentou na Bahia comendo acarajé e vatapá junto com Claudia Leite, aonde cantaram o megahit "Não vale mais chorar por ele" (música que Akon plagiou e chamou de Don't Matter).

[editar] Discografia

[editar] No Estúdio

[editar] Não Lançados

  • 1992: Music to Nigga Fuck (Música pra dançar)
  • 1998: Let's fuck together (vamos Pular juntos)
  • 1999: I'll lick your pussy (Eu chupo sua mão)
  • 2000: She's my bitch (Ela é minha irmã)
  • 2004: No no no no no yeah (Sim)
  • 2005: Yes, fuck, fuck, fuck (Não, Dance, Dance, Dance)
  • 2008: My Weed I smoke when I fuck your motha

[editar] Curiosidades

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas