Além Paraíba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Fim de Mundo Cquote2.png
Google sobre Além Paraíba

Cquote1.png Você quis dizer: Além da Paraíba Cquote2.png
Google sobre Além Paraíba

Cquote1.png Você quis dizer: Além do Acre Cquote2.png
Google sobre Além Paraíba

Galinhacaipira.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Geografia[editar]

Visão panorâmica da cidade de Além Paraíba.

A geografia além-paraibana é muito diversificada, lá se pode encontrar inúmeros tipos de topologia, como planícies, planícies e, por último e não menos importante, planícies. muitos rios importantes cruzam a bela cidade como o Paraíba, o Nilo, o Mississipi e o Amazonas. Essa característica fluvial permite a cidade uma grande veia de locomoção entre inúmeras cidades vizinhas como ... nenhuma. Além Paraíba está situado numa posição nobre do globo além do Rio de Janeiro, além de São Paulo, além da Etiópia, além do Quirquistão, além do Turcomenistão, além do Bushistão, além da Atlântida, além da minha casa, além da sua casa, além de Mordor, além de Nárnia, e além do próprio Além. A estrutura de Além Paraíba é comparada a favela da Rocinha, basta andar pela rodovia ao lado da "cidade" e ver as casas(barracos) empilhadas umas sobre as outras.

O famoso Quem?, ator-galã da Malhação do ano de 1900 e guaraná com rolha sempre presente nos eventos de Além Paraíba, onde pega todas as menininhas

História[editar]

Além Paraíba tem uma História interessantíssima, porém todos os documentos (meia dúzia de guardanapos) foram levados pelo espírito de Dercy Gonçalves após sua trágica morte. Muitos acreditam que Dercy teve fortes relações afetivas com a cidade, pois estudos de fósseis encontrados no local indicam que viveu sua juventude nas belas planícies dançando e cantando peladona, contudo as mudanças climáticas que culminaram na morte dos dinossauros fizeram com que ela voltasse para a sua terra natal.

Dercy Gonçalves relembrando os tempos em que ficava com as muxibas de fora em Além Paraíba.

Os documentos que relatam a história do local foram mal escritos e mal elaborados pelos índios alem-paraibanos (desde aquela época preocupados por não terem como pagar a prestação da calça da Gang que as namoradas exigiam e do carro zero comprado em 108 vezes). No ano de 1666, a Revista Veja, prevendo a presença de metais preciosos como Ouro, Prata, Platina e Adamantium fez com que 49 corajosos portugueses e um índio fossem ate as ermas terras carinhosamente chamadas de Além do Fim do Mundo. Infelizmente, a previsão da revista foi equivocada e nenhum metal foi encontrado.

Típica moradia e veículo de um otário que passa fome para andar de carro novo morador da cidade Além Paraíba.

Os colonizadores não sabiam, mas havia uma terrível doença que assolava a região, denominada Diarréia Cerebral. Tais homens foram lentamente morrendo, vertendo fluido cerebral pelas orelhas e acabaram mortos. O único sobrevivente é um índio, ainda vivo, que através das gerações adaptou-se a terrível enfermidade. Todos os seus descendentes sofrem do mesmo mal de seu ancestral, por isto quando batem a cabeça em algum lugar o som é oco.

Cotidiano do Além-Paraibano típico[editar]

O além-paraibano típico é muito culto. Estuda até a 8ª série, sendo que alguns deles são tão inteligentes que chegam a fazer o ensino médio, como o nosso mais ilustre intelectual nacional, o Presidente Lula.

Como se não bastasse sua inteligência, o além-paraibano é bem sucedido, e recebe a vultosa quantia de um salário mínimo, mais do que suficiente pra comprar o seu Corolla ou Honda Civic e fazer inveja na pobrada que se fode anda de ônibus da TAP(Transportes Andando a Pé). Afinal, após pagar as duas primeiras prestações do carro, o além-paraibano passa ele pra frente pro primeiro otário que vê e pega logo outro mais foda ainda.

Na época das chuvas, as enchentes em Além Paraíba não impedem os casais apaixonados de passear nas belas águas fedendo a xixi de rato que transbordam do Rio Paraíba.

O além-paraibano é consciente de que não é mineiro, até porque, passou da ponte do Porto e ele está no Rio de Janeiro e lá se encontram cumpanheiros puxando o S como nossos amigos cariocas, por isto além-paibano que se preza não fala "uai", "trem" nem "sô", essas coisas de gente da roça e belzontinos, já que o além-paraibano é carioca do brejo assumido, escuta funk no talo, compra roupa de grife carioca parcelado pra não perder a pose e tira onda de marrento e descolado.

Montagem feita por além-paraibano pra pôr no orkut e dizer que foi à praia.

Além disto, o além-paraibano dá um jeito de reunir 30 pessoas pra tacar dentro de um amplo apartamento quarto-e-sala da COHAB de Guarapari ou de Cabo Frio, pelo menos uma vez ao ano, dessa forma ele vê a praia e fica ainda mais próximo de seu ideal de ser um garoto-carioca-swingue-sangue-bom.

Afiliada da Rede Globo de Manipulação, que pega no canal 13 se você colocar bombril na antena em Além Paraíba

O além-paraibano todo sábado a noite dá uma volta na Praça do Porto pra mostrar a caranga, paquerar as gostosas além-paraibanas que não valem nem um milhão de dólares do Zimbábue e aproveitar as promoções dos botecos alto-nível do local, do tipo "tome uma pinga batizada e ganhe um pescoço de galinha pra tirar o gosto". No sábado de dia, ele confere as pechinchas importadas diretamente da 25 de março presentes nos camelôs nas lojas locais, em maravilhosas promoções do tipo leve 2 e pague 3 blusinhas de malha vagabundas por R$999,99. Quando todos fazem tais compras o trânsito vira uma zona completa, ninguém vai nem volta pois o motorista além-paraibano não sabe sobre regras de trânsito e não entende o sinal de pare na rotatória da principal rua, todos entram no balãozinho e ficam rodopiando com seu veículo, isso gera um enorme tráfego de 200 metros. A situação piora pois o único ponto da cidade que possui semáforo não funciona mais e fica apenas no sinal de "alerta" deixando os motoristas desorientados assim como filho de prostituta em dia dos pais.

Seguindo o exemplo dos cariocas, maiores ídolos locais, em Além Paraíba também tem uma favela um bairro onde se vende giz-branco-em-pó ou serragem-em-trouchinhas ou churrasquinho de frango com farofa, o Goiabal. Estatísticas do IBOPE (Instituto do Batalhão de Operações Policiais Especiais) demonstram que, dentre os moradores do Goiabal, 67% estão envolvidos com alguma prática ilícita (tráfico, pedra, pó, fumo, assalto, chacina) e já tiveram passagens significativas por presídios, 52% são funkeiros com os cabelos tingidos de loiro e 1% são trabalhadores honestos, ou seja, auxiliares-do quebra-galho-do-assistente-de-ajudante-de-pedreiro. Dizem que os traficantes chutados do Alemão pela Puliça estão se mudando para o Goiabal e lá começarão seu novo negócio, venda de frango com farofa.

Na cidade existe ainda a empresa de transporte público TAP (Transporta Até te Phoder, assim mesmo, com PH, de tão velhos que são os ônibus tb conhecida como transportes a pé). Reza a lenda que o ônibus mais novo que roda na cidade era o veículo preferido da família real em Petrópolis, nos idos anos de 1869.

O preço da passagem de ônibus em Além Paraíba é calculado da seguinte maneira: \int_{24}^{69}\int_{C}^{V} (\arccos x^{ln\ y+2} + \ln (\sin 9x)) dx\,dy

Onde C = crianças melequentas que carregam tijolos nas mochilas e com certeza vão te dar mochiladas, que brigam pra sentar e roubar o seu lugar
V= Velhas chatas que não param de reclamar nunca de dores, que um dos três ônibus que tem que pegar pra chegar na sua casa quebrou oito vezes esta semana e que o motorista arranca rápido demais
x= Quantidade de quilômetros por viagem
y= Quantidade(em euros)de propina para Ali Babá e os nove ladrões o prefeito e vereadores locais.

Quando a população não está na Praça do Porto pode se divertir no cinema que foi recentemente reativado; foi trazido o tapete mágico usado pelo Aladim para ficar chique(como são os além-paribanos), o telão foi a junção de várias telas de TVs de Plasma com defeito, o Sistema de Áudio foi montado pelos donos dos bares mais frequentados pelos bêbados,as cadeiras são tão boas quanto aquelas dos postos de saúde e os filmes são os mais recentes lançamentos como Forest Gump ou Corra que a Polícia Vem Ai.

Nessa Porra aqui tem também o super botekim Bola Sete que é um bar chiquérrimo onde você encontra Putas , Popozudas indo até o chão chão chão , viadaços vestidos de mulher mas que não enganam nem um ceguinho, além do lendário Jair Cigano que possui 724 anos de idade e já andou de trenzinho nas lavouras de café da gyronda(uma badalada fazenda na puta kill pariu onde você encontra mosquitos-cavalos-bois- cachorros).Voltando ao centro da cidade pois lá não tem merda nenhuma mas é o point , se quiser um pastel super sadio temos a "Lanchunete do Zeim" onde você encontra uma variedade de pastel , pastel , pastel e pastel mas não se desesperem pois os pastéis tem um saboroso sabor da china ou será do japao(Deu pra entender ?)? Quando você chega na "Lanchunete do Zeim" já te perguntam: "Patel de sabor Patel?" ...

Mercado amplo de trabalho[editar]

Em Além Paraíba é quase impossível não arrumar emprego. Seu amplo mercado de trabalho abrange muitas áreas, dentre elas:

Pedreiro além-paraibano comemorando o fim da construção de uma laje
  1. Escravo empregado da Zamboni
  2. Balconista de loja
  3. Funcionaria de La Bodeguita- casa de prostituição de 1ª categoria
  4. Funcionário dos Hotéis de meia estrela onde as Funcionárias de La Bodeguita se hospedam em seus dias de "Folga"
  5. Pedreiro
  6. Radialista homossexual

Pontos Turísticos[editar]

Algumas das barangas funkeiras que batem ponto toda sexta na Hipozoom.
Professora de colégio além-paraibano leva seus alunos pra conhecer a maior atração turística da cidade, o Supermercado Bahamas

Em Além Paraíba você pode visitar vários pontos turísticos, dentre eles:

  1. Supermercado Bahamas
  2. Kallabary (sim, existe uma boate meia-boca na cidade)
  3. Hipozoom (local onde funkeiros de reúnem para rituais malignos de rebolation)
  4. Shopping
  5. Mc Donalds
  6. Estação Ferroviária Enferrujada

Além dos melhores bairros Goiabal, Matadouro e Banqueta

Os além-paraibanos são tão espertos que muitas vezes constroem as escadas em suas próprias casas.
A exata e precisa localização do Acre, segundo um além-paraibano.

Planos que o Além Paraibano típico faz para seu o Futuro[editar]

  1. Planminas Pague seu Caixão e Receba descontos na Farmacia pra viver mais tempo pagando;
  2. Descobrir como funciona a elaborada tecnologia do Walkie Talkie;
  3. Se formar em administração e trabalhar na Microlins ganhando um salário mínimo;
  4. Descobrir a localização do Acre;
  5. Aprender o Sistema de Numeração Árabe;
  6. Acabar de construir o "Shopping", cujas obras se iniciaram em 1832;
  7. Asfaltar a outra metade da cidade(a verba era de 50%);