Alípio Martins

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alipiomartinspsiu.png


Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!


Emblem-sound.svg.png Alípio Martins
Alipiomartins.jpg
Cquote1.png Tira a calcinha! Cquote2.png
Nome Alípio Martins
Origem Bandeira do Brasil Brasil
Sexo Hômi
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Voz forçada
Gênero Prega, Lambida
Influências O contrário, se influenciam nele
Nível de Habilidade Baixo, ruim, pobre... Péssimo
Aparência Pescador (a princípio), depois virou bregastar
Plásticas Ainda não haviam sido inventadas
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Viajar, compor e beber
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ele mesmo

Cquote1.png Lá vai ele... Com a cabeça enfeitada... Cquote2.png
Alípio Martins sobre corno
Cquote1.png É um peixe voraz... De São Francisco... Cquote2.png
Alípio Martins sobre piranha
Cquote1.png Não, perdão... Rio São Francisco... Cquote2.png
Alípio Martins sobre citação acima
Cquote1.png Não não, perdão... A-ma-zonas. Nosso grande rio... A-ma-zonas. Cquote2.png
Alípio Martins sobre citação acima

Alípio Martins (Jerusalém do Pará, 1900 e lá vai pedrada) foi um dos cantores e produtores musicais responsáveis pela disseminação das pragas do brega e da lambada Brasil afora, juntamente com nomes como Reginaldo Rossi, Beto Barbosa, Wando, Sidney Magal, José Augusto e tantos outros (menos o Belchior, é claro, porque este já "se encontrava desaparecido" desde aquela época).

Início[editar]

Nos primórdios, era muito estiloso quem tinha um 69 estampado na camisa.

Desde moleque, Alípio sempre quis ser um rockstar, tanto é que mais ou menos com uns quinze anos, escapou do cárcere privado. Alípio também era um fã do Pica-Pau: assim como ele, entrou de gaiato num navio... pro Hell de Janeiro. Só não esperava era ser descoberto pelo cozinheiro. Porém, todos ficaram comovidos com sua história (assim que a contou), e Alípio não andou na prancha.

O sonho[editar]

Não se sabe ao certo como ele conseguiu chegar lá, mas ainda assim, Alípio acreditava que era melhor produtor musical que cantor. É claro, porque vários outros "artistas" que gravaram com ele ainda se lembram do quão dolorosa aquela voz esdrúxula era para os tímpanos. Sem dúvida, todos gostavam mesmo era da zuação, das histórias e das músicas com alto teor de duplo sentido (ou com um sentido apenas).

Legado[editar]

Apesar de já ter morrido em 1997 devido a problemas no bucho, Alípio Martins serve de inspiração para muitos atualmente, seja num barzinho tomando umas, num cabaré qualquer ou tranquilo numa rede gozando a vida. Sem contar que boa parte de suas "belas músicas" está presente na trilha sonora dos Trapalhões.

Discografia[editar]

Alípio no pico da carreira, com seu olhar 43 seduzente.

Não é preciso ser muito esperto pra adivinhar: o cara era tão original (e foda) que grande parte dos álbuns herdava o próprio nome.


  • (1996) Breggae e Dance
  • (1995) Alípio Martins
  • (1994) No País Das Maravilhas
  • (1993) Alípio Martins
  • (1992) Alípio King Martins
  • (1991) Alípio Martins
  • (1991) Alípio Martins e Banda Cabeça Enfeitada - Carnaval do Chifre
  • (1990) Que delícia
  • (1989) Eu chego lá
  • (1988) Alípio Martins
  • (1987) Alípio Martins
  • (1986) Alípio Martins
  • (1984) Alípio Martins
  • (1983) Vem me amar
  • (1981) Águas passadas não movem moinho
  • (1979) Apartamento conjugado
  • (1976) O Rei Do Carimbó Vol. 4
  • (1975) O Rei Do Carimbó Vol. 3
  • (1974) O Rei Do Carimbó Vol. 2
  • (1973) O Rei Do Carimbó Vol. 1
  • (1971) Hoje é dia de seus carinhos
  • (1969) Alípio Martins
  • (Não vendeu) O Homem Pássaro

Ouvir é recordar[editar]

Piranha

Eu Quero Gozar

Tira a Calcinha

Músicas "de sucesso"[editar]

Como era de se esperar, os grandes hits:

  • Piranha
  • Decisão
  • Eu Quero Gozar
  • Garota
  • Lá Vai Ele
  • Onde Andará Você
  • Tira A Calcinha
  • Vem Me Amar
  • Quero Você
Loser 2.JPG Alípio Martins já morreu!

Mas quer voltar pra puxar teu pé!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno