Alagoano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Essi artigo é cabra macho!

Aqui si fala com sutaque nordestino, si toma cachaça, si come rapadura e se podi ti furar com pexêra si tu pensá em futucá ele, visse?

Note: não se avexe em por mais coisa nessa muléstia.

Nordeste do Brasil1.png
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Alguns acreditam que todos esses planos estejam sendo arquitetados em algum lugar secreto no alagoas, mas são projetados em São José dos Campos, no famoso ITA, porem pouca diferença se faz na pratica, visto que no ITA só tem cearense e alagoano.
O mais ilustre dos alagoanos.

Cquote1.png Você quis dizer: Pistoleiro Cquote2.png
Google sobre Alagoano
Cquote1.png Você quis dizer: Arretado Cquote2.png
Google sobre Alagoano
Cquote1.png Você quis dizer: Acreano Cquote2.png
Google sobre Alagoano
Cquote1.png Sempre contratamos alagoanos para fazer o "serviço manual e sujo" Cquote2.png
Madeireiras
Cquote1.png Se eu encontro algum cabra da peste dormindo com a minha mulher, eu faço o mais simples: Enfio nele a minha peixeira de 20cm, e só tiro depois dele ter gritado muito de dor Cquote2.png
Alagoano revelando os seus métodos para acabar com Ricardões da vida
Cquote1.png Com certeza, é um povo muito gentil... Sempre me dão de presente um cargo público Cquote2.png
Fernando Collor
Cquote1.png Não vou ler esse artigo, pois quero evitar a fadiga... Prefiro muito mais gastar as minha energias dançando Calypso no boteco da esquina Cquote2.png
Alagoano qualquer
Cquote1.png Alagoanos não lêem a Desciclopédia, afinal, eles não sabem ler Cquote2.png
Qualquer um
Cquote1.png Quem mora Nalagoas é sapo? Cquote2.png
Carla Perez

Ten dono viu, ladrão

Estima-se que o Ego dos acreanos devem-se as cabeças gigantes e salientes, mas dados antropologicos já comprovaram que isso deve-se a influencia baiana na sua personalidade.

Os alagoanos são pessoas tipicamente metidas, tanto que o fato que será narrado a seguir aconteceu em um condomínio no Centro do Rio de Janeiro: - Uma mãe chegava com sua filha ao condominio que residia após uma festa, como a festa acabou um pouco tarde, os travestis e prostitutas já tinham tomado conta da calçada. Ao entrar no edificio a menina perguntou para a mãe: - Mãe, porque aquelas mulheres estão fazendo na calçada com pouca roupa uma hora dessas? - Elas estão esperando os maridos minha filha. Respondeu rapidamente a mãe e já apertando o botão do elevador. Mas Joasson Filho, o Porteiro alagoano, não se fez de rogado e falou: - Diga a verdade a menina, que ali são putas e travestis atrás de dinheiro por sexo. - E elas não tem filhos mãe? perguntou a filha. - Claro que tem filha. Como você acha que nascem os alagoanos? Respondeu a mãe... (Típica piada Homossexual engraçada

  • "Ei fulerage, sai do mêi, que eu tô avexado pra pegar a topic." (3)
  • "Macho, pense num buneco doido que eu butei onte! Égua má! Arrochei uns três gato véi, umas quenga réa mó paia!" (4)
  • "Hai t'lascah!" (5)
  • "Pense! Esse b'she fei!" (6)
  • "Aí dento balde!" (7)
  • "Hai pá báxa da égua" (8)
  • "O povo falou uma ruma de marimba, ficam tisorano a Yurika!" (9)
  • "Beissaí má?! Porréssa?!" (10)
  • "Váála, que legal, mulé!" (11)
  • "Fulano se garante, é mó limpeza." (12)
  • "Táquipariu mermão!" (13)
  • "Rebola essa porra no mato!"(14)

Tradução:


3 - Ei seu merda, saia da frente, que eu estou com pressa para pegar a van do transporte alternativo.

4 - Cara, imagina aí como fiquei bêbado ontem! Putz, cara! Eu agarrei três minas totalmente putas e feias, cada uma mais lastimável que a outra.

5 - Vá se ferrar!

6 - Que cara feio!

7 - Dentro do seu reto, seu homossexual!

8 - Vá á merda.

9 - O pessoal está falando várias coisas sem nexo, falando mal da Yurika.

10 - Que diabos são isto, cara?! Que porra é esta?!

11 - Nossa, que interessante, amiga!

12 - Fulano é altamente capacitado, é gente boa.

13 - Puta que pariu cara!

14 - Joga essa porra fora!

Apesar disso, há pessoas sem sotaque em alagoas, mas em geral são ricos metidos a besta que querem fingir ser paulistas ou baianos.

Todo mundo sabe que os alagoanos estão por toda parte. Em geral, o alagoano é aquele sujeito cabeçudo que é o guardador de carro em São Paulo, o chefe de um restaurante da Madison em Nova York ou o designer que bolou o logo da Eurocopa em Portugal. O que pouca gente sabe é que na verdade isso é uma bem arquitetada jogada que visa plantar gente nossa em postos-chave da administração mundial. Quando estivermos prontos, será deflagrada a grande tomada de poder e meu conselho é que você fique imediatamente amigo ou amante de um alagoano, pois sabe como é: pros amigos tudo, para os inimigos, a lei! Tomaremos o poder a partir de uma senha pré estabelecida, que só um alagoano saberá o significado oculto. Aos berros de "Queima Raparigal!" as hostes de cabeças-chatas invadirão os parlamentos e palácios e todos os jornais e as redes de tv do mundo livre.

Larga disso e vai comer uma Paçoca de Amendoim


Índice: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z


A[editar]

Muitas opiçõessó em alagoas
  • Abirobado: atroiado, estabanado
  • Abufelar: se atracar com alguém
  • Acunhar: correr, fugir
  • Acochar: apertar
  • Acoloiado:juntos,coesos,unidos em algo...
  • Afolosado: arrebentado, arregaçado
  • Agora torou dentro: significa "a coisa tá feia"
  • Água de lavar priquito: Comida sem gosto, sem tempero (ver: caldo de Bila)
  • Alfenim: doce feito de mel de engenho
  • Algaroba: farsa, mentira (é de algaroba)
  • Alpendre: varanda
  • Aluá: suco feito da casca do abacaxi deixada em imersa em água por alguns dias
  • Aluir: despertar para alguma coisa, se alertar
  • Altiar: levantar
  • Alumiar: iluminar
  • Amofinar: ficar magro, triste e moribundo
  • Amolegar: apertar com as mãos
  • Amundiçado: deseducado, pessoa que não tem boas maneiras
  • Ânus: bóga, tóba, anel de couro, cagador, aro, furico, róiss croft, caneco, fiofó, carretel, fogareiro, balde, rosca, ruela, foquito, rosca, carnot, carlos antônio
  • Aperreio: sufoco
  • Apiar: prender as pernas de um bode, boi ou jumento com corda para limitar sua movimentação
  • Apocado: calado
  • Araca: putaria, confusão
  • Arapuá: tipo de abelha
  • Arapuca: armadilha para pegar pássaro
  • Arengar: pertubar
  • Ariar: polir a panela até ela ficar com brilho
  • Ariado: perdido, sem saber em que lugar está
  • Arigó: bobo, mané
  • Armador: peça parecida com um gancho fixada na parede para sustentar rede de dormir
  • Arreador: tipo de chicote para fazer o boi andar também usado para dar um corretivo em crianças travessas
  • Arregaçado: virado pelo avesso, afolosado
  • Arremedar: repetir o que outra pessoa diz
  • Arrombado:Ter o Ânus com dimensoes enormes
  • Arroxar o nó: apressar-se, fazer mais depressa
  • Assungar: correr em disparada
  • Atinhar: encher o saco, torrar o juízo, azucrinar
  • Atroiado: doido, tronxo
  • Avia aí: ande logo

B[editar]

Como ninguém entende continuarão fazendo
  • Babatando: lesando, patinando, sem sair do lugar
  • Babujo ou babuje: relva que nasce no solo sertanejo logo após as primeiras chuvas do inverno.
  • Bacurim: leitão, porco pequeno
  • Balacubaco do telecoteco
  • Balaio: cesta feita com ramos
  • Baldiar: enlamear a água de poço ou cacimba, misturar as cousas
  • Balseiro: monte de capim misturado com lenha, etc.
  • Bandido: alma sebosa
  • Baque: golpe (Ex.: ele sentiu o baque da perda da mulher)
  • Baquiado: cansado, de ressaca, exaurido
  • Barbatão: diz-se do boi criado solto, garrote selvagem
  • Barrão: porco não capado
  • Bascúi: um monte de lixo, cacarécos
  • Bater catolé: falhar
  • Batoré: mulher baixa,feia e homem deformado e baixo
  • Bêbado: travado, cu de cana, zerado, melado, zuado, cheio dos paus, malassombrado
  • Bebomóvel: carrinho de mão
  • Beijú: tipo de tapióca mais grossa, feita com farinha de mandioca
  • Beráda: borda
  • Berduégua: tipo de gramínea que nasce quando chove
  • Beruá: tolo, arigó
  • Bicicleta: camelo, biscleta
  • Bicorada: dar uma bicorada: beber um gole de cachaça
  • Beiço:Labio
  • Bigu: carona na traseira de veículos como trem e caminhão
  • Bila: o mesmo que bola de gude
  • Bimbóco: lugar longínguo, afastado. (Ex.: Naquele bimbóco de serra)
  • Biriteiro: cachaceiro,alcolatra.
  • Birósca: lugar depreciado, pobre
  • Boca: bebedor de lavagem
  • Boneco: botar boneco é fazer bagunça, ribuliço, chafurdo
  • Boró: cigarro de palha
  • Bôrra: resíduo da fabricação de manteiga (pode ser também o pó de café depois de usado)
  • Borrachudo: pernilongo
  • Breádo: cagado
  • Broa: tipo de panqueca feita com farinha de mandioca
  • Bróca: queimada para limpeza da terra
  • Brôco: pessoa ignorante, rude
  • Bruguelo: filhote de passarinho ainda no ninho
  • Bulinar: mexer, tirar do lugar, interferir onde não deve
  • Bufa de padre: cogumelo
  • Bunda: radiola, rabo,
  • Bunda canástica: cambalhota
  • Burrego: cordeiro recém-nascido

C[editar]

Até mongoloidades viu?!eta alagoanos retados
  • Cabaço: novo (0 km), virgem
  • Cabaré: Prostíbulo, casa da luz vermelha
  • Cabaré de Tersíla: Empresa Multinacional sediada no interior cearense.
  • Cabelouro: nuca (de boi, carneiro, etc.)
  • Cabueta:escarrao,dedo duru.
  • Cachaça: cana, fubuia, birita, zinebra, água que passarim não bebe
  • Cachaço: cabelouro
  • Cafuçu : pessoa que tem maus habitos na hora de se vestir
  • Cafundó do Judas: fim de mundo, lugar onde o vento faz a curva, onde o cão perdeu as esporas
  • Caganeira: diarréia
  • Cagar: fazer côcô, obrar, defecar; cagar o pau: fazer tudo errado. (Ex.: Zé Dirceu cagou o pau)
  • Caibá: o mesmo que caibro (de madeira)
  • Calangada:Porrada,cassete(murro)
  • Caldo de bila: Substância sem gosto definido, sem tempero (ver: água de lavar priquito)
  • Calibrado: bêbado, zoado
  • Cambito: perna fina
  • Cangalha: artefato usado nas mulas para carregar bagagem e outras cousas
  • Cangapé: golpe de capoeira
  • Cangati: tipo de peixe pequeno e feinho, mulher feinha
  • Cangote: pescoço
  • Caninana: tipo de cobra
  • Capar: cortar os testículos
  • Capar o gato: dar o fora, ir embora
  • Capenga: defeituoso, péba, ruim
  • Capiongo: cabisbaixo, triste
  • Capoeira: tipo de relevo em ladeira ou o lado de uma elevação geográfica (monte)
  • Capote: tipo de ave; capotar (dormir), guiné
  • Carlito: o mesmo que cedém
  • Carão: repreensão, ralhar
  • Carniça: pessoa ou coisa que não agrada alguém
  • Carrapicho: tipo de espinhos existente em mata baixa
  • Carrasquento: áspero (exemplo: quando uma parede está apenas chapiscada - fica carrasquenta)
  • Cascudo: croque, tipo de peixe
  • Cassaco: tipo de roedor (muitos chamam de gambá do sertão)
  • Catabim: solavanco ocasionado pôr um buraco na estrada
  • Catembada: pancada, bofete, chute, pauzada, martelada, cadeirada, etc.
  • Catita: rato, camundongo
  • Catiroba: mulher feia
  • Catota: meleca, catareca tirada do nariz
  • Catucar: mexer com o dedo ou vara (catutar onça com vara curta)
  • Caxingar: mancar, com dificuldade para andar
  • Cedém: o mesmo que virilha
  • Celular: garafinha de cachaça
  • Ceroto: muco que existe da região pubiana
  • Cezão: enxaqueca, depressão, estado febril
  • Chafurdar: bisbilhotar, mexer
  • Chamboque: pedaço (de reboco, de parede ou de carne)
  • Chapiscar: fazer o pré-reboco da parede com argamassa de cimento e cascalho
  • Chapuleta: chapa grande ou algo parecido
  • Chibanca: ferramenta de uso agrícola parecida com a enxada
  • Chibatado: diz-se de quem anda chutado, ou seja trafega em alta velocidade
  • Chibiu (ou Xibiu): tipo de amêndoa parecida com côco de catolé, usada em brincadeiras antigas de crianças. Virou denominação popular para Priquito. Já chupou xibiu?
  • Chokito: defunto
  • Chuncho: peça de metal usada para matar boi, enfiando-lhe na nuca
  • Chutado: lotado (em altíssima velocidade)
  • Cia: o mesmo que polia
  • Cibito: Tipo de pássaro encontrado no Sertão, cibito baleado (pessoa muito magra, raquítica)
  • Coivára: Tipo de tecnica de queimada que consiste em juntar as plantas cortadas do resultado de uma limpa em montes e tocar fogo. (Esse método e menos agressivo e menos perigoso que o tradicional)
  • Coloio: ajuntamento de pessoas
  • Combogós: peças de pré-moldados usados em paredes para melhorar a ventilação
  • Corisco: raio
  • Corredor: mocotó de boi
  • Corró: tipo de peixe, priquito
  • Cortar prego: contração involuntária do ânus quando o indivíduo tem uma grande sugesta (susto); o mesmo que cair de cu trancado
  • Cotoco: pitoco, dar o dedo médio
  • Coxo: manco
  • Croque: cascudo
  • Cucurûto: diz-se do lombo do boi ou de qualquer animal
  • Cuia (ou coité): recipiente feito divindo uma cabaça em duas bandas, usado para carregar água, tomar banho etc; Banho de cuia: o mesmo que chapéu (no futebol); Cuia dos infernos: lugar ermo que nem Deus sabe onde fica
  • Cumaru de cheiro: casca de árvore usada para espantar insetos
  • Currulepo: pesqueiro, tapa na cabeça/pescoço
  • Curuba: infecção na pele
  • Cururú: sapo
  • Cuscuz: comida feita com milho, depois de o mesmo ser passado em moínho e penerado,brincadeira de surra.
  • Cutucar: o mesmo que catucar
  • Cuviôco: morada pequena e apertada, casa de pombo, buraco

D[editar]

  • Dar a peloura: dar escândalo, passar mal, descontrolar-se
  • De vera: de verdade, valendo
  • De voga: o mesmo que de vera
  • Desabar: Ir, dar o fora (Ex.: Desaba daqui mulher!!!)
  • Desarnar: desenvolver, progredir
  • Desdobrar: fig. Envolver mulher com conversa
  • Desembestado: sem freios, em alta velocidade
  • Desfazer: diz quando uma pessoa começa a humilhar ou desprezar a outra
  • Desinchavido: sem graça
  • Dezonerar: apodrecer (Ex.: a qualhada dezonerou)
  • Despinguelado: quando um carro desce uma ladeira em alta velocidade
  • Destocar: limpar um terreno com chibanca ou enxada
  • Dindim: o mesmo que sacolé, ou picolé ensacado
  • De boi: o mesmo que menstruada
  • Cacunda: Costas

E[editar]

Escrição em frete da padaria alagoana
  • Embiocar (ou imbiocar): entrar lá pra dentro
  • Empeleita: empleitada
  • Empereirar: parar o crescimento
  • Encangado: unido, junto, apregado
  • Encarcar: o mesmo que arroxar (mulher)
  • Encruado: duro, que não amolece
  • Enfezado: com muita raiva
  • Engembrado: entortado ou amassado
  • Engilhado: diz-se do tecido que está todo cheio de dobras, ou pele ressecada
  • Entojada: mau humorada
  • Entramelado (ou Intramelado): diz-se de um dente que cresce em cima de outro
  • Entrevado: enferrujado
  • Enviezado: torto
  • Enxuí: tipo de colméia
  • Esbafarido: cansado
  • Escacavinhar: remexer, cavar remexendo
  • Escambichado: o mesmo que estrupiado
  • Escambal: e tudo mais o que tiver
  • Escangalhado: aberto
  • Escangotado: no limite do medidor (de velocidade, etc)
  • Escarrar: falar mau de alguém
  • Esculhambar: quebrar, pode ser o mesmo que escarrar
  • Esmurecido: doente, capiongo, moribundo
  • Espinho de cigano: tipo de erva daninha comum no sertão
  • Espojar: diz-se quando o animal (cachorro, jumento, etc) deita ou cisca no chão
  • Espritação: danação, mostrar muita atividade (Ex.: Essa menina agora se espritou)
  • Esquipar: fugir, esquivar-se
  • Estatelar: se esborrachar no chão
  • Estrebuchar: debater-se, tremelicar antes de morrer
  • Estrepar: se dar mau em alguma coisa
  • Estribado: Muito rico
  • Estrupiado: muito cansado, fatigado
  • Esturricado: seco, queimado
  • Esturro: grito do leão
  • Extruião: quem extrói muito
  • Extruir: desperdiçar, jogar comida fora,

F[editar]

De segunda à que dia?
  • Faceira: extrovertida, simpática
  • Facho: de lenha
  • Farnizim: perturbação no juízo
  • Fato: intestinos e estômago de animais como o boi, carneiro, etc.
  • Fel: vesícula biliar de gosto amargo
  • Filhóis: tipo de pão feito com farinha de mandioca, também chamado de péta
  • Firvião ou frivião: quando o menino está muito irrequieto diz-se que ele tem um frivião na bunda
  • Frescar - Tirar onda
  • Fubica: peba, fraco
  • Fuleragem
  • Funaré (ou funaréu): confusão dos diabos, grande agitação
  • Furdunço
  • Futricar: futucar, bulir, mexer
  • Fuzaca, fuzuê

G[editar]

Faiz Fiado?
  • Gagá: caduco
  • Gaiato: brincalhão
  • Gaiochada
  • Gaitada: gargalhada
  • Galalau: pessoa alta, vara de tirar coco
  • Galamarte
  • Gambiarra: algo mal feito provisoriamente
  • Garajal: proteção feita com grades para proteção de árvores em praças, jardins, etc.
  • Garrote
  • Garupa: parte de tras da bicicleta ou motocicleta feito para carregar objetos mas onde se carrega uma pessoa
  • Gasguito: pessoa que tem a voz muito desafinada
  • Gato: ligação clandestina de energia, quenga, puta.
  • Gay: baitôla, fresco, baitinga, féla da gaita
  • Gayzar: desmunhecar, dar uma de gay
  • Gazear: faltar à escola
  • Gazo: albino
  • Gerimum: abóbora
  • Gia: rã
  • Goipeba: tipo de cobra
  • Gozo: cachorro
  • Goéla: garganta (pronuncia-se Güela)
  • Gurejar: diz-se do animal que está sentido o cheiro da comida e fica com água na boca
  • Gurgúi: tipo de piolho que da em feijão depois de feijão de colhido.

I[editar]

Lili além do que?
  • Imbirar: morrer
  • Impalhá: atrasar (as vezes 'impaiá')
  • Impinjar: provocar, tirar a pagode, implicar com alguém
  • Impinjem: marcas vermelhas no corpo
  • Incandiar: ofuscar, iluminar
  • Incriquiado (ou incriquilhado): engilhado
  • Indiota: Idiota
  • Inferno da pedra: lugar mais longe que você possa imaginar
  • Ingú-iar: provocar o vômito, náusea
  • Inhaca: cheiro de cigarro ou outro fedor que impregna o ambiente
  • Intrançar: ficar transitando no meio das pessoas

J[editar]

  • Jabobêu: coisa enorme, absurdamente grande ou pesada
  • Jurema: planta típica do semi-árido que proporciona boa lenha
  • Juriti
  • L

L[editar]

Boteco alagoano.
  • Labacel
  • Lábia: habilidade de convencer pela fala
  • Lachar: lascar, quebrar por cisalhamento
  • Lambari
  • Lamparina
  • Lampião
  • Lapa
  • Lascado: pobre
  • Lasca-peito: cigarro de fumo brabo
  • Lombra: drogado
  • Lundún: de mau humor
  • Lundúnzento

M[editar]

  • Maçada: demora
  • Macambira
  • Macaúba
  • Macaxeira: mandioca
  • Macho:ver Mah
  • Mah:É praticamente um ponto final.Quase sempre é citado no final das frases.É uma forma mais curta de Macho.

Ex: Vamos ao jogo mah?

  • Mais alegre do que mosca na manga
  • Mais desmantelado que merda de baitola
  • Mais feliz do que pinto na merda
  • Mais perdido que cego em tiroteio
  • Malamanhado : desarrumado
  • Malino: buliçoso
  • Mancar: o mesmo que caxingar, andar arrastando uma perna
  • Manchão:remendo interno em pneus.
  • Mangar: rir de, achar graça
  • Maria-chiquinha: peça do vestuário feminino usada para prender os cabelos
  • Mariola: tipo de doce de banana.
  • Marrã: ovelha
  • Meter o aço: ir com tudo, fazer com determinação
  • Miguelito: queixar,paquerar
  • Miserável: aquele que não tem no cu o que um mosquito faça um lanche (lascado)
  • Môco: surdo
  • Mócó: tipo de roedor (hamster), pessoa boba
  • Mói: inicialmente era molho (coletivo de chaves) depois virou coletivo de qualquer coisa: mói de coentro, mói de cebola, mói de mulher
  • Mojada: grávida
  • Moleira: nuca, parte da cabeça que vai do pescoço ao meio do chifre
  • Mondrongo: caroço grande de carne (cisto muscular) ou algo parecido com isso
  • Morgar (morgação): não fazer absolutamente nada
  • Morrer: bater a cachuleta, fazer viagem de pé junto,
  • Môxo: diz-se do boi que tem os chifes atrofiados
  • Muciço (a): macio(a), carne muciça (carne macia)
  • Mucumbú
  • Mugunzá, mucunzá ou macunzá: comida típica da região feita com feijão, milho e carne de porco.
  • Mundiça: gente pobre e deseducada
  • Munganga: sestro, careta, cacuête
  • Muído: pop. confusão, lenga-lenga (Ex.: - Homi deixe de muído e arrume logo as cousas)
  • Muquifo: cabaré
  • Muriçoca: pernilongo, mosquito
  • Murraça: fedor de cachorro molhado ou pessoa imunda
  • Mutuca: tipo de muriçoca gigante
  • Muzenga: coisa imprestável(Ex.: Ô muzenga!!!)

N[editar]

Pelo menos está barato!
  • Na brinca
  • Nargadinha: dose (de leite, café, cachaça, etc)
  • Novilha :animal bovino ainda em fase de crescimento.

O[editar]

  • Obrar: cagar
  • Oitão: parte anterior da casa, alpendre
  • Oiticica: árvore oleaginosa muito comum a beira de rios
  • Opercata: sandália;
  • Óva: caviar do sertão; Óva (2): interjeição de negação (Ex.: Ele ganhou? uma óva que ganhou!!)

P[editar]

  • Pacoso: Gay, viado, balde, caneco, queima-rosca, tchola,etc.
  • Páia: ruim, sem qualidade.
  • Pantim: movimento brusco ou suspeito
  • Papôco: estouro, explosão
  • Parapeito: parede baixa
  • Pariceiro: camarada, parceiro
  • Pastorar: vigiar
  • Péba: tipo de tatu (tatu-péba), coisa que não presta ou é de má qualidade
  • Péa: pelanca da carne
  • Pêia: surra
  • Peitica: ave do nordeste, pode ser desejar o mal, fazer macumba
  • Peleja: o mesmo que lida, trabalho,
  • Piroca: pênis, pinta, pito,rola,pinto,tchola, cacete, mandioca.
  • Pereba: ferida na pele
  • Pezada: chute forte com o pé
  • Piau: tipo de peixe
  • Pindaíba: pobreza, falta de dinheiro
  • Pinguelo: clitóris
  • Pinóia: de forma alguma
  • Pinote: pulo
  • Piola: ponta de cigarro
  • Pirão: prato feito de farinha fervida no caldo de cozidos
  • Pirró: pirulito
  • Pirrototinha: pequena
  • Pitaco: palpite, conselho, opinião
  • Pitó: tipo de arrumação dos cabelos com prendedores de elástico ou maria-chiquinhas
  • Pitoco: cotoco
  • Pitomba: tipo de fruta
  • Pixilinga: o mesmo que piolho, espécie de pulga comum a vários tipos de aves
  • Pisa: surra, pêia, sova, corretivo
  • Policial: macaco, os "homi"
  • Potó: inseto muito comum que solta um odor desagrádavel
  • Prastada: monte de bosta
  • Preá: espécie de roedor muito comum na caatinga
  • Presepada: fazer coisa errada ser danado
  • Procotó:
  • Prostíbulo: pemba, brega,
  • Prostituta: sapirôca, quenga, quiba, rapariga, biskate, gato, esquemão
  • Priquito:Vagina, perseguida, xana, xavasca,rachada.
  • Puim: resíduo do beneficiamento do arroz ou do milho
  • Punheta: masturbação,siririca, torar uma, bronha, sola, sabiá,

Q[editar]

  • Queixar: Dá cantada

R[editar]

  • Rebolar ou rebolar no mato: jogar fora

S[editar]

Cavalo do diabo!
  • Saplicar: espalhar
  • Sarrabúi ou sarrabulho: comida típica a base de miúdos de porco
  • Se abrir: achar graça, gargalhar
  • Shiba: chibata
  • Soca-soca: tipo de espingarda
  • Sapecar: jogar longe, arremessar, ou queimar na brasa
  • Sugesta: medo repentino
  • Suspiro: doce feito com ovos e mel de engenho
  • Sustânça: é a substância que a comida tem

T[editar]

  • Taba do queixo : região compreendida entre o maxilar inferior e o pé da orelha
  • Taióca: tipo de formiga
  • Talagada : dose de cachaça
  • Tamburete: cadeira de pau e couro
  • Tampa de Crush : é um cara filé, de quem todos gostam
  • Tanajura: mulher da bunda grande (em referência às formigas da mesma espécie)
  • Tapióca : comida típica a base de goma de mandioca
  • Tareco : bolacha
  • Tarimbado : renomado ou que se garante num serviço
  • Tarisca : filete de madeira
  • Teretêitêi: conversa vai, conversa vem, bláblábla´
  • Tertulha : festa
  • Testa : quengo
  • Testículo : cunhão, saco, os zóvos,
  • Tetéu : pessoa que fica acordada durante a noite (em ref. à ave de mesmo nome)
  • Tibungar: mergulhar, pular dentro d'água
  • Tirinete : rojão doido, ritmo forte
  • Titela: costelas da galinha (mas pode ser de gente)
  • Tiú: também conhecido por téjo é um tipo de lagarto
  • Toréco: boi pequeno
  • Toró: chuva forte
  • Torreão: nuvem de chuva do tipo cúmulus
  • Touceira: mato, arbusto
  • Traíra: tipo de peixe, mas também significa pessoa que trai, covarde
  • Trancilim: brincadeira de rua em que se usam elásticos esticados pelas pernas das meninas
  • Trapiá: árvore nativa do semi-árido
  • Triscar: tocar de leve
  • Tronxo: torto
  • Tutano: medula óssea do boi ou da galinha

U[editar]

  • Unha-de-gato:tipo de vegetação rasteira nativa do nordeste do brasil.

V[editar]

  • Vagina : priquito, boca de capim, rêgo, patuá, pacote, corró, traíra, cofrinho de cabelo, enxuí, carne mijada, bicho da cara preta, chibiu, xereca, xana
  • Vaqueta: tipo de fita feita de couro de boi para ser usado entre o pneu e o aro da bicicleta para não furar com espinho
  • Varijeira: mosca grande
  • Venta: Naris
  • Viçar : diz-se do comportamento da fêmea quando está no cio
  • Vã nordestina: Van Clandestina

X[editar]

  • Xinim : vagina
  • Xilito: salgadinhos de milho(tipo fandangos...)
  • Xiringar: espirrar, derramar algum líquido

Z[editar]

  • Zabeleu
  • Zé Ruela:Panaca,tolo,viadim
  • Zinebra-gato
  • Zuruó : bêbado demais
  • Zurucucu : doido


v d e h
Seres que você encontra no Bandeira do Brasil Brasil

Geral: Branco - Caipira - Cigano - Extraterrestre - Negro - Nordestino - Paulista - Fluminense - Índio - Xavante - Nipobrasileiro

Regional: Acreano - Alagoano - Amapaense - Amazonense - Baiano - Brasiliense - Capixaba - Catarinense - Cearense - Fluminense - Gaúcho - Goiano - Maranhense - Mato-grossense - Mineiro - Paraense - Paraibano - Paranaense - Paulista - Pernambucano - Piauiense - Potiguar - Rondoniense - Roraimense - Sergipano - Sul-Mato-grossense - Tocantinense