Alcântaras

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Menina, tu ouviu falar que a fulana... Cquote2.png
Alcantarense sobre fazendo o que sabe fazer de melhor: falar da vida dos outros.
Cquote1.png Vão procurar o que fazer, bando de filho da puta! Cquote2.png
Forasteiro sobre passeando por Alcântaras.
Cquote1.png E é de ser?! Cquote2.png
Gíria alcantarense.

Alcântaras é uma cidade cearense esquecida no meio das montanhas, e adotou este nome para ver se por acaso é confundida com Alcântara no Maranhão, e quem sabe o governo constrói um foguete ali, ou alienígenas aparecem para fazer alguma farra.

História[editar]

Alcântaras é uma pequena (diga-se minúscula) cidade encravada num buraco no meio da isolada Serra da Meruoca. Seu descobrimento debanda do século XVIII, quando um grupo cabeça-chata vindo de algum lugar dos quinto-dos-inferno da Espanha decidiu se instalar no pior lugar existente possível, pois ainda não se sabe, por exemplo, porque eles não foram para beira-mar ou algum lugar melhor.

No final do século XIX, um Senhor chamado João Capistrano, em busca de algumas menininhas sapecas (pois nessa terra haviam e ainda há muitas), e assim veio parar neste fim de mundo e desenvolver a cidade aos poucos.

Chama-se de "alcantariano" a raça nascida naquele fim de mundo. Mas também pode ser chamado de alcantarense, serrano, abestado, fofoqueiro, e o escambau.

Geografia[editar]

Possível entrada para Alcântaras.

A entrada de Alcântaras é um lendário portal localizado no alto do Monte Everest. Conta-se que aquele que tem a honra de encontrar o portal que leva a Alcântaras torna-se um tedioso demente por morar naquela cidade. A primeira pessoa a encontrar o portal de entrada de Alcântaras foi Mumm-Rá, criando assim a CE-241, onde as pessoas da cidade se reúnem para ver os corpos mortos dos acidentados por ali.

Além disso, vê-se que a lenda de Alcântaras está presente no folclore popular, presente em alguns programas televisivos, tais como: A Caverna do Dragão, pois a Saída do mundo fica no portal de Alcântaras, ou Lost, pois vê-se a montanha de Alcântaras no topo da ilha do famoso seriado.

Deve-se destacar que o único açude que abastecia a cidade está seco há alguns anos. A única salvação dos moradores é a água vinda de um açude de outra cidade com a qual possui rivalidade histórica, Meruoca. Ô povo para sofrer, não tem água e ainda tem que se contentar com a água sovinada dos merouquenses.

Cultura[editar]

Alcântaras é um município recheado de lendas. Há o rumor, por exemplo, de que numa caverna próximo a um abismo depois de Alcântaras, existe um menino pelado do pau quase inexistente, e que toda noite ao final de mês ele corre pelado pelas ruas da cidade e dizem que seu pinto não passa de 0,00000001 cm de comprimento e há boatos de que a pessoa que escuta o menino gritando que quer dá a bunda fica com o pau do mesmo tamanho.