Aldo Rebelo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
MarioStalin.jpg Atenção, kamarada!

Este artigo é comunista, portanto, come criancinhas. Ele pode ser
marxista, leninista, stalinista, metido a Che Quer Vara ou oportunista.
Se vandalizar a marcha revolucionária, será mandado pra um Gulag.

BIBA LA REVOLUCIÓN!!!

Aldo explica para a imprensa a Lei da Mandioca. "Mandioca no rabo só doi no começo, que depois você se acostuma e começa a sentir os benefícios, é uma tradição indígena que quero resgatar".

Cquote1.png Você quis dizer: Madeireiro ? ! Cquote2.png
Google sobre Aldo Rebelo
Cquote1.png A partir de 2006 entra em vigor a lei da mandioca, de minha autoria, todo mundo vai levar uma mandiocada no rabo, pois os índios faziam isso e devemos valorizar nossa cultura Cquote2.png
Albo Rebelo sobre Lei da Mandioca
Cquote1.png E-mail? Mouse? Computador? Nada disso, agora iremos usar o camundongo para mandar um correio-E através do calculador electrônico, apertando o botão para usar o ligamento e mandar a mensagem Cquote2.png
Aldo Rebelo sobre proteção do português
Cquote1.png A Albânia é linda! Cquote2.png
Aldo Rebelo sobre Albânia
Cquote1.png Um espanhol deputado no Brasil? Eu também posso ser então Cquote2.png
Takis Tsoukalas sobre Aldo Rebelo sobre Albânia
Cquote1.png Há mais de vinte anos eu advirto a sociedade brasileira sobre esse plano da esquerda revolucionária, é a Nova Ordem Mundial, onde todos deverão adorar o Saci com uma mandioca enfiada na bunda, porra! Cquote2.png
Olavo de Carvalho

José Aldo Rebelo Figueiredo é o folklórico fabuloso deputado comunista, defensor do português, da língua portuguesa, da filosofia "Mandioca no rabo não dói" e do Saci-Pererê, sendo conhecido também como o "Borat Albanês". Foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, prova de que a Albânia já domina a Terra o Brasil.

Aposentado da UNE[editar]

De 1753 a 1987 cursou história na renomada Universidade de São Paulo. Reprovado por sucessivos séculos, por faltas, jão que não tinha crédito junto aos bedéis, que recusavam-se a assinar a lista de presença em seu nome. Morador do CRUSP (conjunto residencial da USP), alimentava-se diariamente no refeitório universitário (bandejão), o que acabou por afetar suas capacidades fisicointelectuais e resultou no seu bigode perene, que ostenta orgulhosamente como prova dos séculos em que comeu no bandejão. Foi Presidente da UNE - União Nacional dos Estudantes profissionais, sendo conhecido defensor da manuntenção do bandejão da USP ao preço de 0,005 conto de réis, depois 0,001 centavo de cruzeiro, 0,00076 centavos de cruzados, e de 0,00085 centavos de reais. Revoltou-se quando a reitoria pretendeu fixar o preço do bandejao em 0,0000035centavos de dólar, acusando o reitor de ser fantoche de Bill Clinton. Liderou manifestacao que culminou com a agressão a H. Kissinger, com ovos, na Universidade de Brasilia. Após todas essas façanhas e após séculos cursando história na USP, sem ter conseguido se formar, foi agraciado com a aposentadoria vitalícia como estudante, única alternativa encontrada pela reitoria para livrar-se do intelectual e despachá-lo para Brasília.

Lei de Proteção à Língua portugesa[editar]

Aldo é o campeão do lusitanismo, propondo abolir todos os estrangeirismos, anglófonos, do português. Sua meta é também abolir as reformas ortográficas dos anos 40, voltando ao português da farmácia e teatro com "PH" e "TH". Se possível substituir o português pelo Albanês, já que a Albânia é um país muito avançado, símbolo radiante do Socialismo e farol na construção de um mundo mais humano, socialista-comunista etc etc...

Eis algumas palavras que vão mudar quando a lei do Tovarish Camarada estiver em pleno vigor:

Lei da Mandioca[editar]

Aldo propôs a polêmica lei da mandioca, que demanda que todo o maior de 18 anos, tome bimestralmente, uma mandiocada no rabo, já que é provado cientificamente que mandioca no rabo faz bem à saúde e é uma tradição indígena. "Dói só no começo" costuma dizer ele na tribuna da Câmara; o único que deu seu apoio explícito foi o seu colega Clodovil Hernandez.

Mensalão[editar]

A opinião de Aldo é que o Mensalão é uma intriga da oposição e que eles devem falar um português correto e levar muita mandioca no rabo, para ficaram com saúde e pararem de fazer intriga.

v d e h
Ladra02.gif POLÍTICO$ DO BRA$IL

Aldo Rebelo tem jatinho particular

Outros políticos em que você já votou e se arrependeu:

Maluf tn.jpg