Alegre

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
BandeiraES.JPG Este artigo é CAPIXABA!

Ele só aparece na televisão quando acontece tragédia, tem o pulmão preto de tanto pó de minério, torce pra time carioca e passeia na Vitória-Minas. Apesar disso, é trabalhador gente-fina, ao contrário dos seus primos sulistas.

Moqueca é capixaba, o resto é peixada...

Cquote1.png Você quis dizer: CCA-UFES Cquote2.png
Google sobre Alegre

Cquote1.png Você quis dizer: EAFA Cquote2.png
Google sobre Alegre
Cquote1.png Você quis dizer: Canequinha Cquote2.png
Google sobre Alegre
Cquote1.png Você quis dizer: Federal (Bêbado lá da rodoviária) Cquote2.png
Google sobre Alegre
Cquote1.png Você quis dizer: Festival de Alegre Cquote2.png
Google sobre Alegre


Alegre é uma aldeia um município brasileiro do estado do Espírito Santo. A cidade abrange uma área de aproximadamente 778,6 km³. O clima é horrível, fortemente quente e chuvoso, no verão, e frio e seco, no inverno. Segundo dados do IBGE, a população do município é de 32.377 habitantes totais, mas possivelmente 19.000 são universitários de outras cidades, já que um pouco mais de 18.000 reside no Centro e o restante é divido entre os 7 distritos: Araraí, Café com leite, Reev, Celina, Santa Angélica, Anutiba (do tupi: Anu (duas) tiba (casas)) e São João do Norte.

Explicado o porque do nome da cidade

Destaques[editar]

O Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça foi criado com o nome original de Cachoeira da Neblina, mudando de nome a partir da época em que se descobriu que a fumaça da maconha utilizada por futuros agrônomos era a causadora da falta de visibilidade, então Governo do Estado, atendendo uma demanda dos moradores do município de Alegre,Divino de São Lourenço, Ibitirama, Guaçuí, Castelo e de outros estados da Federação, desapropriou uma área de 27 hectares, coberta basicamente de floresta nativa pastagem, mas que continha em seu interior a Cachoeira Braço Norte Direito ou Cachoeira da Neblina.

A cachoeira tem esse nome devido à neblina fumaça de maconha que se eleva acima da mesma.

Festival de Música de Alegre (Gay Festival HAHA )[editar]

O Festival de Alegre surgiu como uma festa universitária em 1980 com os objetivos de fumar maconha e fazer sexo divulgar a Música Popular e revelar novos nomes para o cenário nacional, tanto de compositores como de intérpretes. Na década de 90, o evento tomou outras proporções com o aumento significativo do uso de entorpecentes da divulgação, o que explica o sucesso de público a cada ano.

O evento acontece no Centro de Lazer Geraldo Santos, uma área que possui mais de 30.000 m² cobertos com esterco em decomposição dos bois colocados nas baias em outras épocas do ano. O local abriga uma completa infra-estrutura de palco (apenas para um guitarrista e cantor, um baixista, e um tecladista com sampler que imita bateria), sonorização (um microssystem no valor de 90 reais), iluminação (duas lampadas incandecentes de 40w), camarote (cadeira para prefeito), maconhódromo praça de alimentaço , leitos arquibancadas e muros banheiros químicos, além de glicose postos de atendimento médico e BOPE policial.

Centro de Ciências Agrarias[editar]

O Centro de Ciências Agrarias da UFES é o unico um dos motivos da entrada de pessoas na cidade. Apesar de ter 17 cursos de graduação em tudo que é área o campus ainda possui este nome tosco. Entre os cursos consta o de engenharia química (que ninguém faz ideia onde eles estagiam, talvez na mercearia chamada Cereais Pinheiro), engenharia industrial madeireira (onde o aluno aprende a mexer com pau) e o de balconista de farmácia. O engraçado é que em Alegre eles não sabem o nome correto de quem planejou e criou a faculdade de Agronomia (escrevem o nome errado no site), e que deu origem a sede da UFES na cidade (que é a mesma pessoa que planejou os jardins).

Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Alegre - FAFIA[editar]

Poderíamos chamar de consórcio de diplomas. Basta pagar as parcelas em dia, comparecer eventualmente nas atividades sociais (chamadas de aula nesta inst3 ituição) e pronto! Em 3 anos você tem um diploma bonitinho. Poderá sair daqui e dar aula de matemática ou ser pedagogo. Além de balconista de farmácia ou enfermeiro de posto de saúde especializado em aplicação de analgésicos via oral.

Rachid[editar]

O unico meio de comunicação em massa disponível em Alegre é o Rachid. Nascido pouco antes da invenção do rádio, Rachid fornece informações altamente úteis como: pessoas recém-falecidas na cidade, carteiras e chaves perdidos, leitura diária do jornal A Gazeta logo de manhã, serviço despertador (gravação tocada de madrugada as 9 da manhã por uma flauta de pã), além do horário "OLHA A HORA PESSOAL". Rachid também é conhecido por ser uma das poucas pessoas que Chuck Norris tem pena pois é ó unico homem macho da região, ele vaga pelas ruas na hora do chá (pois é a única hora que não tem viado na rua) e todos acham que ele vive triste nesse lugar onde tudo contraria ele mas na verdade vive feliz pois ele é o unico que pode aliviar as moças de algre, se é que me entende.