Alegrete

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alegrete Capital dos Estados Unidos
Itatiba bandeira.jpg
Bandeira
Mas bah, tchê!
Hino Canto Alegretense
Local link={{{3}}} Estados Unidos do Sul link={{{3}}} Rio Grande do Sul
Idioma Gauchês, Alegretês e Uruguayanês e outros idiomas de origem árabe.
Geografia
Clima Agradáveis 100 graus abixo de zero no inverno e 3.000 graus no verão.
Locais de Referencia Uruguaiana e Quaraí
Economia Gado, Chimarrão e Botas gaudérias
Produtos Exportados Uruguianenses Fresquinhos e Tortas de Gato
Política
Governo
Nuvola apps core.png
PP
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
José Rubens Pillar, Zumbi (PP)
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
José Rubens Pillar Filho
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Neto Fagundes, Nico Fagundes
Esporte Símbolo Bocha e Tênis de Mesa
Santo Local São Nico Fagundes

Cquote1.png Você quis dizer: Arábia Saudita Cquote2.png
Google sobre Alegrete
Cquote1.png Você quis dizer: Foz do Ibirapuitã Cquote2.png
Google sobre Alegrete
Cquote1.png Em Alegrete, quem não é fazendeiro é boi. Cquote2.png
Mario Quintana sobre Alegrete

Alegrete é uma cidade dos Estados Unidos do Sul, capital do Gauchismo e cidade Tradicionalista. Nesta cidade todos os moradores só plantam capim. A cidade é juntada com Uruguaiana e Quaraí, por que os alegretenses acham que podem serem maiores que Porto Alegre e serem a capital do Mundo.

A Cidade

Alegrete é uma cidade situada no oeste do Rio Grande do Sul. Também é conhecida, por seus moradores, como Baita Chão e Capital do Mundo. Não se sabe exatamente quando foi fundada criada, alguns cosmo-historiadores asseguram que foi entre o terceiro e o quarto dia. Por isso, Alegrete também tem sido chamada de Capital do Universo.


O clima da cidade é sub-tropical temperado, com temperaturas que variam entre amenos -10°C no inverno e agradáveis 50°C no verão. Sua vegetação é conhecida como gramíneo-lenhosa ou, simplesmente, mato e capim.

Alegrete também abriga o grande Deserto de São João, só perdendo em extensão para o deserto do Saara (no Chile) e do Atacama (na África). Ecologistas locais tem tentado controlar a expansão do deserto, mas como isso não foi possível, pelo menos estão tentando desviá-la para o lado de Uruguaiana.

História

Marquês de Alegrete, péssimo jogador de truco.

Nos tempos da coroa portuguesa seu território foi alvo dos perigosos Uruguaios. Tanto foi, que inúmeras guerras se sucederam. Historiadores sustentam que as guerras eram uma tentativa da coroa portuguesa de conquistar o Uruguay, mas o correto é que a coroa portuguesa queria, sim, defender o solo alegretense, mui rico e de grande valia como entreposto comercial.

Porém, com a falta de índios para serem sacrificados em seus pelotões, as duas partes se reuniram para decidir quem ficaria com Alegrete. Se reuniram então o Marquês de Alegrete e José Artigas que por 2 dias e 2 noites discutiram a situação em uma longa prosa, que acabou com uma partida de truco, para, enfim, decidir quem seria o dono daquele solo. Aconteceu que Artigas ganhou a última rodada com um 3 de copas, e assim, Alegrete seria de posse dos urguaios.

Foi então que o Marquês de Alegrete levantou, e disse:

-- Ganhou, ficarás com Alegrete, sim! Mas, sabes, terás que ficar com Uruguaiana também!

No que pôs-se de pé Artigas, que disse:

-- Entonces, no la quiero!

Assim, Alegrete passou a pertencer definitivamente ao Brasil.

Economia e comércio

Plantação de arroz de alta produtividade, base da economia local
Alegrete: modelo de distribuição de renda. (CLICK PARA AUMENTAR)


Tem sua economia baseada na Primeira Revolução Industrial, como a pecuária e a agricultura. Agricultura é o motor da pujante Alegrete e seu PIB estratosférico. Alegrete se destaca também no mercado de veículos automotores utilitários, sendo o principal pólo consumidor de picapes Ford da América Latina. Praticamente todo o lucro da lavoura é investido nesta extravagante mania dos produtores rurais locais.

A Fúria Verde é um grande acontecimento comercial comum na cidade de Alegrete, cidade militar e localização de 23 quartéis. Todo início de mês soldados invadem as lojas da cidade para exercer sua fúria consumista. Óculos Ray-Ban, camisetas de surfista e bonés são os principais alvos desses consumidores vorazes, que mensalmente salvam o comércio local da falência completa.

Outra parte do PIB alegretense vem da exportação de Bolachas do Nero, muito consumidas na Ásia e no Oriente Médio. As Bolachas do Nero originais e fresquinhas tem o Selo de Qualidade Nero. A fórmula da magnífica bolacha é tão bem guardada que até hoje a Seven Boys tenta descobri-la. Sem sucesso, continua vendendo bisnaguinhas.

Eventos

Efipan

Grande evento futebolístico mundial, o Encontro de Futebol Infantil Panamericano é famoso por lançar craques de alto nível. Pelo campeonato já passaram estrelas como: David Beckham, Platini, Falcão, Maradona e Pelé.

Garota verão

Grande evento, destinado aos velhos babões de todas as idades é um grande sucesso no Alegrete, onde meninas de todas as vilas e pólos desfilam semi-nuas.

Mateadas

Leito do Rio Ibirapuitã após mateada

As mateadas são grandes acontecimentos gauchescos de raiz gaúcha, onde uma vez por ano a bagualada se reúne para tomar um mate coletivo na Praça dos Patinhos (A Redenção o Central Park alegretense). A erva é distribuida de graça por meio de grandes caminhões de carga, e tudo é patrocinado por fornecedores de erva de todos os lugares, inclusive do Paraguai. Também é distribuída água quente de graça, caminhões pipa de todo Estado são mobilizados para o dia da grande mateada, mas a água é obrigatoriamente tirada do Rio Ibirapuitão, que banha a cidade. Já foi realizado mensalmente mas por isso o rio Ibirapuitã começou a secar. Os organizadores então decidiram tornar o evento anual para previnir o desaparecimento total do rio.

Acontecimentos Históricos

São muitos os acontecimentos históricos da cidade de Alegrete, aqui vamos relatar os mais importantes.

Desaparecido no Pampa: John Ford Jr. Jr., rico milionário, construiu império revendendo caminhonete F-1000 e acabou morto por dívida de jogo.

Drogas, Jogatina e o Cemitério do Pampa.

Poucos sabem, mas Alegrete já foi considerada a Las Vegas (Las Vegas, em português) brasileira, isso se deu nos anos 80, quando um grande empresário local reabriu o Clube Casino Alegretense. A noite tumultuada, a larga oferta de drogas da época e mais o clima árido davam o ar parecido ao da cidade americana. Nessa época senhores de sobrenome, reis do gado, médicos e abastados em geral apostavam sua vida em longas partidas de Black Jack e Truco Jack (versão americana do truco gaudério). Traficantes eram reis nessa época, o consumo de drogas era alto e mortes por dívidas de jogo eram muito comuns. John Ford Jr. Jr., milionário vendedor de picapes F-1000 da cidade, foi uma das vítimas. Conta-se que após uma semana inteira em uma rodada de Truco Jack perdeu tudo no jogo, tendo perdido até o que não tinha. Punido com morte, sem perdão, seu corpo nunca foi encontrado. Tudo indica que tenha sido enterrado no árido, frio e deserto pampa que circunda a cidade, assim como muitos outros que perderam a vida e escreveram esse capítulo da história alegretense. Muitas são as histórias de corpos enterrados no pampa deserto.

Punks X Agroboys, a grande batalha

Punks da Rampa antes da grande batalha"

Alegrete já não era mais uma pacata cidade do interior, brigas e vandalismo tomavam conta da cidade nos anos 90. O movimento punk chegou na cidade 20 anos atrassado, e chegou com toda a força. Um dos grandes líderes do movimento punk na cidade foi o Punk Buga, líder do movimento punk Punks da Rampa do EDC. Punk revoltado e inconformado, Buga queria acabar com o grupo rival, que dominava a cidade, os terríveis Agroboys do Casino. Os Punks da Rampa tinham muitas desavenças com Os Agrobóis, seu jeito de vestir mauricinho suas Pick Ups barulhentas eram uma afronta ao movimento punk libertário que ganhava força na cidade. Os Agroboys por suas vez não gostavam dos Punks, pois nunca tinham visto nada parecido com punks, e punks não eram bem-vindos para os Agroboys, até então donos da cidade. Foi numa noite fria de julho do ano de 1996 que então aconteceu a grande batalha, que seria um marco na história da cidade, a batalha que tornou Alegrete referência punk mundial, tida como modelo punk por historiadores do movimento punk, muito punk. Naquela noite Punk Buga chamou seus comparasas para a batalha contra os Agroboys. Nesse dia Buga e outros 3 amigos punks invadiram a escadaria do Clube Casino (a sede do movimento Agroboy) em batalha contra mais de 50 Agroboys que ali estavam ocupando seu tempo ocioso. Os punks não se deixaram temer pela superioridade numérica inimiga, vencendo a batalha em poucos segundos, libertando a cidade dos Agroboys. Porém, depois de alguns meses, o movimento Agroboy novamente tomou a cidade e parece não haver mais esperança.

Celebridades

Oswaldo Aranha: Você não acredita, mas ele foi importante.

Um grande nome da cidade, é conhecido como Calica. Porta-voz da comunidade gay, agrogay e simpatizantes. Foi grande ativista de causas sociais. Foi criador da primeira parada gay, grande sucesso, a ideia logo foi copiada nas grandes metrópoles.

Outra grande celebridade foi o Batata, morador de rua rico, um dia salvou uma garotinha do estupro e virou ídolo da cidade. Também, andou sobre a água no rio Ibirapuitã, transformou água em vinho, morreu e ressuscitou depois de três dias. Isso levou à reinterpretação da bíblia na cidade. Até hoje é lembrado com respeito por todos os moradores.

Não pode-se deixar de citar também o grande Oswaldo Aranha, inventor da Intifada Palestina. Não tendo pátria onde se enfiar os palestinos invadiram a cidade, tomando conta do comércio como forma de vingança.

Paulo César Pereio foi (é) ator, ator e...ator. Nunca fez nada de importante, até criar o MPICRISTO (Movimento Pela Implosão do Cristo Redentor). Como todo o alegretense, tem ideias brilhantes.

João Saldanha nasceu em Alegrete, jogador de futebol. Atuou no Botafogo do Rio de Janeiro. Logo após, foi treinador da seleção brasileira de futebol antigo e artistíco. Não contente com as críticas ao seu trabalho puxou um revólver para calar os críticos, além de não obedecer às ordens do ditador da época. Esses não foram os únicos feitos, ele foi o primeiro caso de jogador de bola que se tornou escritor, fato nunca antes registrado na história.

Lista de Prefeitos

Alegrete tem longa tradição política, aqui nasceram grandes diplomatas e políticos em geral. Porém, nenhum outro tem tanta tradição quanto O Padre Pillar. Tão grande é adoração deste grande político de nossa história, que Alegrete desenvolveu regras políticas próprias, baseada na sua doutrina, também conhecida como Clientelismo. Alegrete, Inventora do Clientelismo é a única cidade a abolir a chamada alternância do poder com tanta efetividade, mais um feito histórico desta cidade.

  • 1977 - Adão Ortiz Houayek
  • 1981 - José Rubens Pillar
  • 1985 - Adão Conceição Dornelles Faraco
  • 1989 - José Rubens Pillar
  • 1993 - Nilo Soares Gonçalves
  • 1997 - José Carlos de Moura Jardim Filho
  • 2001 - José Rubens Pillar
  • 2005 - (Por que não estou surpreso?) Pillar

Lista de feitios do Prefeito Pilar

Cquote1.png Isto non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre feitos do Prefeito Pillar

O que Alegrete Tem teve

Nada.

Ver também

Uruguaiana (nem isso)

Porto Alegre