Numeração romana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Algarismos romanos)
Ir para: navegação, pesquisa
Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg
NovoWikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Numeração romana.

A numeração romana consiste num sistema bastante simplório (e não por isso simples) de representar os números. Romanos eram muito inteligentes para dominar outros povos, mas para contar eram uma negação.

Algarismos[editar]

Fidel Castro jogando par ou impar romano. Os dois dedos podem significar II (2) quando juntos, ou L (50) quando separados. Ou significar que o adversário é um loser, o que provoca sua derrota automática.

O sistema de algarismos romanos é simples, a primeira vista, afinal não precisou ser inventado nenhum símbolo novo, usou-se o que tinham a mão: letras. Assim como criancinhas e presidiários usam palitinhos para contar, os romanos escolheram a letra i maiúscula ("I"), ou seja, um palito, para representar a unidade.

Com muitos palitos ficava difícil, quer ver?

Exemplo 1
Quantos palitos você vê aqui? III
Exemplo 2
E aqui? IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Por isso algum Fulanus Beltranus qualquer teve a brilhante ideia de usar outras letras. Assim:

Decimal Romana
1 I
5 V
10 X
50 L
100 C
500 D
1.000 M

Esta forma de representar os números dificultou um pouco a prática do par ou impar, esporte muito popular entre os mais humildes, uma vez que com dois dedos era possível representar o número 2 (II), que é par, ou o número 5 (V) que é impar. Os mais espertos jogadores costumavam rapidamente modificar o seu número para alterar os resultados, o que levou au declínio do esporte entre os romanos e, segundo alguns historiadores, também da queda de todo o Império.

Exceto por isso, estava tudo resolvido, era só somar os símbolos:

Decimal Romana
1 I
2 II
3 III
4 IIII
5 V
6 VI (5+1)
etc...

Fulanus Ciclanus, no entanto, acreditava que poderia simplificar ainda mais, e instituiu uma regra: Símbolos à direita são somados, e à esquerda são subtraídos, assim:

Romana Decimal Notas
I 1
II 0 ou 2 I à esquerda de I, ou I à direita de I
III 1 ou 3 I à esquerda de II, ou II à direita de I
IV -4, 4 ou 6 V à esquerda de I, ou I à esquerda de V, ou V à direita de I
V 5
... ...
XIXI 22 11 + 11
DIDI 1002 501 + 501
MIMIMI... 3003 1001 + 1001 + 1001

Numeração romana e a queda do Império[editar]

Como era de costume na Antiga Roma, em certos períodos de tempo se fazia o censo da população do Império e seus anexos. Exatamente na época do nasicmento de Jesus realizou-se um censo. De fato, sigla d.C. significava "depois do Censo", grafado com C maiúsculo dada a importância desse censo. Segundo consta, a queda do Império Romano deveu-se e esse censo.

O relatório do IBGE com o censo nunca pode ser somado, devido a dificuldade de fazê-lo com os algarismos romanos, até que em 476 d.C., enquanto ainda tentavam os matemáticos imperiais definir quantos eram os romanos e seus conquistados, Rômulo Augusto foi surpreendidos por uma legião de bárbaros, sendo deposto.

Ver também[editar]