Almirante Barroso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Somebody set up us the bomb!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Bombaatomica.gif
Exercito da desciclopedia.jpg
MulekeAK47.jpg
Atenção Soldado Anônimo!!!
Este artigo é militar, e possui muita garra para passar pelas adversidades e, principalmente, pelo nosso inimigo!
Atenção, ele é do Lado Verde Escuro da Força!

Não vandalize! Pois o Guile e o Capitão America estão de olho!
Naviobase.jpg Este artigo é da Marinha!

Não vandalize, senão Smoker vai apagar um charuto no seu rabo!

Clique aqui para saber de outros bravos marinheiros que só se fodem!

Cquote1.png Só ganha batalha na cagada! Cquote2.png
Solano Lopez sobre Almirante Barroso


Esquadra do Almirante Barroso, prestes a fazer merda

João Nepumoceno das Chagas, ou Almirante Barroso ou Almirante Merdoso, foi um gênio militar da Marinha brasileira, sendo assim, estava entre compatriotas, e se sentia bem mais a vontade na hora de comandar à batalha e fazer o parto da Sucuri.

Formação[editar]

Barroso, o nome já diz tudo
Estudou fora do país, na Academia Militar de Boston, com pós graduação em estratégia em Chicago. Foi um herói da Guerra do Paraguai, se notabilizando na Batalha de Riachuelo, e lutou nos conflitos na Batalha de C&A, Batalha das Lojas Renner, Questão das Pernambucanas e a famigerada Guerra da Marisa.

Apelido[editar]

Ganhou o apelido de Barroso quando em meio a batalha bateu em retirada com seu cruzador e foi dar um cagão (o banheiro estava quebrado, e ele tinha vergonha de cagar no mar). Os inimigos vendo que a nau capitânia do Almirante se retirava pensaram que ele ia buscar reforços, e se renderam. Desde então o Imperador D. Pedro II o condecorou com o título de Grão-Cavaleiro da Ordem do Barro