América

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Esse artigo fala do continente, para mais Américas, consulte América (desambiguação).


Yoda Um esboço, este artigo é.
Se aumentá-lo, ajudar a Desciclopédia você vai.
Cquote1.png Você quis dizer: EUA e o resto Cquote2.png
Google sobre América

Cquote1.png Você quis dizer: Estados Unidos Cquote2.png
Google sobre América
Cquote1.png Você quis dizer: EUA Cquote2.png
Google sobre América
Cquote1.png AQUI TEM UM BANDO DE LOUCOS, LOUCOS POR TI AMÉRICA! Cquote2.png
Corinthiano Veloso sobre América
Cquote1.png Oh, it's my country! Cquote2.png
Gordo burro sobre América


A América é o continente que detém o Brasil e a República das Bananas e é sub-dividido em América do Norte, América do Centrão e América do Sul. Esta imagem ao lado representa fielmente as relações americanas, exceto pelo detalhe de excluir a nossa república seguindo a cartilha de desinformação da Wikipédia.

Embora a América seja de posse majoritária de Sílvio Santos, em 2004, a Rede Globo tentou, sem sucesso, tomar os Estados Unidos, mas foi derrotada pelos Power Rangers.

Surgimento[editar]

Depois de Colombo inventar o barco o nosso amigo Colombo queria ir pra índias...Do jeito mais dificil que tem,cruzar todo o oceano atlântico e parar no oceano índico mesmo ninguém sabendo onde ficasse.A bússola criada por Sir Isaac Newton foi muito importante para a evolução que temos hoje.

Voltando,Colombo querendo chegar nas índias,ele foi com uma caravela (barco que ele criou) que tinha a bandeira do Vasco, que era a cruz malta, Colombo que era bobo nem nada pensou num caminho mais curto..Ele achando que não existia América. Ele pensou ir em linha reta da espanha até a índia, que na verdade parava na ilha dos caralhibas que hoje é no golfinho do méxico (ou não).

Quando o Colombo chegou em terra firme achou que tinha chegado nas índias porquê viu algumas pessoas que não estavam de calça jeans nem nada. E pensou:Cheguei nas índias!!. Mais com o tempo as coisas ficaram diferentes,e descubriu que não era Índia e sim uma ilha no meio do nada,sendo assim descoberto novas terras...E chamou o nome de América por seu amigo muito importante chamado Américo Vespútocio.

Países[editar]

Portugal, Espanha, Inglaterra, França e Holanda estavam num jogo de cartas apostando terras que eles pensavam em ser,Grandes terras incrivéis bem geladinhas com neve e tudo mais,então eles criaram o trato de Tordesilhas (ou não),sendo assim quem ia ficar com o quê.

Inglaterra tirou as terras do norte já que eles são acostumados na sua temperatura ambiente,sendo assim Portugal ter ficado com um pedaço das terras do sul e a espanha ficou com a américa que fica no meio (docu). Os Holandeses ganharam umas ilhinhas e a França roubou umas terras na trapaça que perteciam a Inglaterra

Os portugueses mandavam seus prisioneiros e fazendeiros para o pedaço da terra do sul até D.Pedro Alvares Cabral chega na"Ilha de vera cruz e tanto outros nomes...

Americachaves0qv.jpg

A América é um país ou um continente?[editar]

Existe uma controvérsia frequente entre estadunidenses e latino-americanos (principalmente hispânicos, já que a maioria dos brasileiros tá cagando pra isso e querem mais que os EUA tatuem "America" no cu) sobre o termo América ser o nome de um continente ou o nome das terras do Tio Sam. Defensores da América país alegam que os EUA podem chamar a si mesmos assim em analogia com nomes de outros países, como Estados Unidos Mexicanos, Estados Unidos do Brasil, Estados Unidos da Colombia e Estados Unidos do Meupauessuabunda. Já os defensores da América continente, além de mandarem os primeiros irem chupar as bolas dos yanques, alegam que todos esses países já eram chamados com seus nomes antes de terem "estados unidos" acrescentados a eles.

Para esclarecer essa questão de uma vez por todas, devemos fazer uma viagem ao mágico mundo da História (essa coisa machista do caralho, his=dele, story=estória, mas foda-se):

Lá no começo do século 16, os europeus fuderam com a Europa até a exaustão e saíram pelos mares a procura de outras terras e povos para foder. Acabaram encontrando essas terras que ocupam a maior parte do hemisfério ocidental e as chamaram coletivamente de América (em homenagem a Amerigo Vespúcio, em vez de Colombo ou Cabral, sim eles eram estúpidos), apesar de fazer muito mais sentido considerar as terras do norte e do sul como continentes separados, mas a Europa e a Ásia deviam ser consideradas o mesmo continente, então foda-se (vai ter muito disso nesse texto).

Eventualmente os britânicos resolveram dar sua contribuição para a fudeção do Novo Mundo e fundaram 13 colonias nas terras do norte. Quando os colonos perceberam que estavam sendo fodidos quase tanto quanto eles fodiam os índios (na verdade não chegava nem perto, mas eles queriam se ver como mocinhos) declararam a independência e seus líderes chamaram o novo país de "United States of America", ou seja, eram estados que estavam unidos e localizados no continente chamado América.

Mas, como os estadunidenses são tão retardados quanto os brasileiros (só que mais ricos), o povão pensou que América fosse o nome do país e passaram a chamar ele assim e a si mesmos de "Americans" em vez de "US Americans", que é o que qualquer pessoa razoável faria. Esse hábito continuou até que virou padrão, eles passaram inclusive a considerar América do Norte e América do Sul como continentes distintos, usam o termo "Americas" para o conjunto e dizem que não existe um continente chamado América. Sim, isso mesmo, pra eles existe o norte e o sul da América, mas ela mesma não existe ("como você é burro, cara!").

Essa questão de suma importância que afeta a vida de todos nós, que é como chamamos a porra dessa porção emersa de magma resfriado no extremo ocidente, é uma fonte de ofensa para todos os povos da América (o continente, sua anta). Os estadunidenses ficam ofendidos porque não querem ser confundidos com os países subdesenvolvidos do sul (com o México principalmente). Já os canadenses ficam ofendidos por que não querem ser chamados de americanos. E, por fim, os latino-americanos ficam ofendidos porque os americanos (os estadunidenses, seu analfabeto funcional) tão cagando e andando para o que o resto da América (que pra eles não existe) pensa.

Conclusões:

    • A América é um continente, não devia ser, mas é.
    • A América é um pais também, não devia ser, mas os filhos da puta que moram lá podem chamar aquele caralho do que quiserem, seria inclusive mais adequado "United States of Motherfukers".
    • Mas, porque bucetas (onibus pequeno na Venezuela, seu arrombado) os latino-americanos não inventam um outro nome para o continente é matéria para enfiar no seu orifício anal.