Amarelinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Disfarçada sob a aparência de uma brincadeira infantil inocente, há milênios a amarelinha tem auxiliado os Judeus na manutenção de seu monopólio sobre a Humanidade.

Arena do Mundialito ParaPanamericano da SuperLiga Kumon de Amarelinha

Tabela de conteúdo

[editar] História

A amarelinha é uma arte marcial criado pelos escravos judeus para poderem continuar praticando a Cabala livremente nas senzalas nazistas sul-americanas e poderem continuar seus planos de dominação mundial sem serem perturbados pelos feitores da casa grande.

Nada disso teria acontecido se a Igreja Católica aceitasse dividir o mundo com os Judeus, mas não! Ela fez questão de proibir a prática da Cabala, perseguindo seus praticantes sob a alegação de serem bruxos e cheiradores de gatinhos, vendendo para o Inferno deportando para o Brasil apenas os otários que aceitassem se converter a Cristãos Novos.

O nome aMar-El-in-Ha equivale a um dos infinitos nomes de Deus utilizados pelos Judeus quando desejam blasfemar sem serem importunados por outros povos.

Assim como o Tai-Chi Chuan, a amarelinha foi desenvolvida de modo a permitir que mesmo as pessoas retardadas e/ou aleijadas pudessem praticá-la sem dificuldade. Na verdade a amarelinha é a única arte marcial esportiva paraolímpica que aceita a participação de pessoas normais.

Os atletas praticantes dessa modalidade paraolímpica se chamam amarelistas.

[editar] Como se joga

Qualquer cabalista iniciante, aleijado ou não, é capaz de praticar a amarelinha com o pé nas costas.

[editar] Ingredientes/Arsenal

  • uma pedra que escreve (giz?)
  • um chão com força gravitacional
Professor Girafales e Chaves praticando amarelinha com uma bola de futebol americano

O giz é a principal arma de mão dessa arte marcial, devido à sua versatilidade, podendo ser utilizada inclusive no truque de desaparecimento que os ninjas sabiamente registraram em cartório antes de assinada a Lei Áurea, que liberava os Judeus a serem novamente donos de todo o ouro do mundo.

O arranhar a lousa é outro golpe baixo de giz bastante conhecido em penitenciárias de segurança mínima (aka. colégios ou escolas) e utilizado pelos carcereiros para conterem rebeliões adolinquentes durante as sessões de assepsia encefálica chamadas carinhosamente de aulas.

As técnicas judaicas que utilizam o chão como arma incluem:

  • As pedras nos sapatos, que servem tanto para distrair os inimigos antisemitas como para rastreá-los em emboscadas;
  • Usar o chão para dar rasteiras a qualquer distância do inimigo nazista, técnica mais conhecida como tropeção.

Os amarelistas mais graduados são imunes a todas essas técnicas, exceto quando aplicadas por Chuck Norris.

É fácil, basta riscar os Sephiroths!

[editar] Modo de Preparo

Use a pedra que escreve para desenhar a figura à direita no chão gravitacionalmente atraente --->

É deveras importante que os números sigam a devida sequência do relâmpago de cima para baixo, sob pena dos amarelistas amadores invocarem o Demo para uma partidinha apostada. Por isso, se de repente um menino estranho se apresentar para jogar, desconfie logo da verossimilhança do desenho confeccionado no chão (imprima uma cópia desta página e confira o desenho só para garantir).

Caso não consiga se lembrar direito como se traça as 21 linhas (aka. Arkanos Maiores) entre os números, risque apenas os quadrados unidos entre si. Essa modalidade mais tosca de Amarelinha é conhecida como amarelinha e sua prática remonta à Pré-História, quando Dercy Gonçalves ensinou os primeiros judeus, Adão e Eva (antepassados diretos da entidade andrógina Sandy & Júnior), a usarem os pés para pararem de contar nos dedos das mãos. As linhas foram traçadas posteriormente quando os ciganos adaptaram o truco à amarelinha como uma forma de passar sinais e enganar os otários.

Amarelista olímpico usa a lendária técnica sem os pés para pisar no Céu de com força.

alusão ao Grande Nada), mesmo se for um só. Caso não haja nenhum jogador, o restante ganha por W.O.

[editar] Modo de Uso

Cada jogador tem a sua vez de tentar chegar ao En Sof Aur (também conhecido como "Luz Ilimitada", numa ==

O atleta paraolímpico aleijado deve lançar a pedra usada no desenho do diagrama da árvore da vida (aka. Yggdrasil) em cada Sephiroth (aka. número), saltando com sua única perna boa sobre os todos restantes uma a um de cada vez até chegar ao último Qlipoth (também conhecido como Inferno), o qual deve ser saltado fora.

Caso obtenha êxito na primeira etapa do processo de dominação mundial, o amarelista cotó deve retornar saltando sobre quase todos os números dos quatro Reinos, parando antes daquele no qual se encontra a pedra para resgatar o escolhido e terminar a segunda etapa do processo de dominação mundial com o direito de saltar dentro do Paraíso (também conhecido como Motel da Playboy ou Big Brother Brasil).

Os jogadores bípedes devem manter um de seus pés apoiado no chão para que o outro (pé) seja devidamente mantido próximo ao cu.

Não há registro de amarelistas trípedes ou quadrúpedes famosos.

Algumas submodalidades revolucionárias permitem que se arremesse uma pedra não utilizada no desenho da árvore da vida, porém esta modalidade só é praticada por punks estrangeiros nas penitenciárias de detenção infantil (também conhecidos como "jardins de infância").

Outro escolhido tentando caminhar sobre as águas.

[editar] Significadologia inerente à prática da amarelinha

Cada amarelista equivale à imagem e semelhança de Deus tentando dominar o mundo.

A pedra equivale ao escolhido, o ser humano mané que, como o feijão, é responsável pela disseminação da palavra.

Cada número equivale a uma etapa do plano de dominação mundial dos Judeus.

Quando a pedra cai fora do diagrama, significa que o escolhido se fu**

Quando o amarelista pisa fora do diagrama, significa que Deus se fu** Quando o amarelista pisa no número onde está a pedra, quer dizer que Deus fodeu com seu escolhido.

Quando o amarelista consegue percorrer todos os números até o último círculo infernal demoníaco e retornar por todos um a um de cada vez até a última esfera celestial, quer dizer que Deus dominou o mundo, seu escolhido se fodeu no caminho e que tudo continua como está.

Os escravos judeus praticavam secretamente a amarelinha nos canaviais.

[editar] Grandes Amarelistas da História da Humanidade

Zequinha Barbosa, o maior amarelista brasileiro de todos os tempos.

CONCLUSÃO : Só uma pessoa bem imbecil para participar de um jogo onde você se mata para sair do céu e chegar ao inferno.

[editar] Ver também


v d e h
Brincadeiras úteis
Nuvola apps core.png
Nuvola apps package development.png
Se você não conhece Amarelinha, você não teve infância!

A Amarelinha - Autorama
B Balancé - Bambolê - Barra-bandeira - Batalha naval - Bicicleta - Bilboquê - Blocos lógicos - Bola - Bola de meia - Bola de Gude - Brincadeira de roda
C Cabra-cega - Cai-não-cai - Cama de gato - Carrinho de brinquedo - Carrinho de rolimã - Casa de bonecas - Cavalinho-de-pau - Chicote-queimado - Cerol
D Detetive - Diabolo - Dominó
E Esconde-esconde - Esconder a penha - Escorregador - Estátua - Estilingue
F Ferrorama - Frisbee - Furby - Fusca Azul - Futebol de botão
G Garrafão
H Hot Wheels
I Ioiô
J Jan-Ken-Po - Jogo de memória - Jogo de palitinhos - Jogos de cartas
L Lego
M Mímica
P Patinete - Par ou impar - Pebolim - Pedalinho - Pega-Pega - Pega varetas - Peteca - Pipa - Pião - Playmobil - Pogobol Pula-pirata
Q Quebra-cabeça - Queimada
V Verdade ou consequência - Vivo-Morto
W War

Seu Madruga jogando Rugby
Esportes que NÃO são futebol
v d e h


Amarelinha | Arco e Flecha | Arremesso de aviões em edifícios | Arremesso de Bebês | Atletismo | Badminton | Balonismo | Basquete | Beisebol | Bobsled | Bocha | Boliche | Boxe | Briga de Galo | Campeonato Mundial de Macheza | Campeonato Mundial de Par-ou-Ímpar | Campeonato Mundial de Poker | Canoagem | Carnaval | Ciclismo | Combinado nórdico | Corrida em Cadeira de Rodas | Cricket | Curling | Cuspe à Distância | Cyber atletismo | Dança no gelo | Decatlo Moderno Sobre-Humano | Death Rally | Dominó | Esgrima | Espancamento de mesas | Esqui | Explosão de caixa eletrônico | Frescobol | Fofoca | Fórmula 1 | Fórmula Indy | Futebol | Futebol americano | Futebol australiano | Futebol de botão | Futebol de salão | Futebol de botão de areia | Futebol de várzea | Futebol gaélico | Futebol marcial | Ginástica | Golfe | Halterocopismo | Halterofilismo | Handebol | Hipismo | Hot Wheels | Hóquei | Hóquei no gelo | Jogo do Pau | Jo-Ken-Po | Judô | Labareda | Lançamento de calcinha | Ludopédio | Luta Greco-Romana | Luta Livre | Maratona | Maratona Aquática | Natação | NASCAR | Novo Basquete Brasil | Pain Olympics | Patinação de velocidade | Pega-varetas | Pentatlo | Ping Pong | Pogobol | Pólo Aquático | Punheta | Rally | Remo | Roleta russa | Rugby | Salto com vara | Salto na vara | Shaolin Soccer | Siririca | Snowboard | Softbol | Stock Car | Sumô | Sumô artístico | Surfe | Surf de pobre | Tênis | Torneio Internacional dos Péla-saco | Tae Kwon Do | Tiro ao alvo | Triatlo | Truco | Truco valido o toba | Vela | Vôlei | Xadrez |

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas