Amazonino Mendes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ladra06.gif Amazonino Mendes é mais um dos
POLÍTICO$ DO BRA$IL

E se aposenta em 4 anos ou menos.

PROCURADO

Amazonino Mendes 1.jpg

Amazonino Mendes é procurado(a) por crimes contra
a sociedade e é extremamente perigoso(a).

Procurado vivo(a) ou morto(a) (de preferência morto(a)).
Recompensa: A mansão no Tarumã para curtir as viadagens de lá


Amazonino Mendes
Amazonino Mendes com aoréola.jpg
São Amazonino, canonizado pela Igreja Mendeista Amazônica e pelo Portal do Holanda.
Desempregado
Desgovernador do desgovernado Amazonas
Partido PDT
Nível de honestidade Icon 00 percent.png Honestidade é uma medida variável.
Perfil
Nascimento
Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} Amazonas
Partido PDT
Profissional
Profissão Bicha Velha
Escândalo Não sabe ler nem escrever
Dados Pessoais
Sexo Desconhecido
Nível de Inteligência Baixíssimo
Plástica(s) Vinte e duas reconstruções anais.
Vícios Cocaína, Heroína, Crack, LSD, queimar o caneco e o que mais inventarem.
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Eu sou a lenda
Música Emblem-sound.svg.png Traficante do amor, Wanderley Andrade
Prato Presunto
Filme O Poderoso Chefão
Time Princesa dos Solimões
Eu Vendi a COSAMA, mas apenas eu sei onde tá essa grana

Cquote1.png Você quis dizer: Pai da corrupção no Amazonas Cquote2.png
Google sobre Amazonino Mendes

Cquote1.png Você quis dizer: João Plenário + Paulo Maluf + Celso Pitta + Antônio Carlos Magalhães + José Sarney Cquote2.png
Google sobre Amazonino Mendes

Cquote1.png Amazonino tá roubando de voltando pra você Cquote2.png
rap da campanha de 2004 o qual ele perdeu

Cquote1.png Então MO-MORRA-MORRA!!! Cquote2.png
Mazoca, com seu poder da morte

Cquote1.png Você é do Pará, então tá explicado Cquote2.png
Amazonino Mendes expressando todo o seu carinho pelos amazonenses

Cquote1.png Ele criou a UEA Cquote2.png
Uma lenda urbana que os trouxas criaram sobre Amazonino

Cquote1.png Vinte anos pra fazer e ainda não fizeram Cquote2.png
Serafim Correa sobre o Amazonino e seus aliados

Cquote1.png Ele vendeu a COSAMA Cquote2.png
Qualquer um sobre o Governo do Amazonino

Cquote1.png Ele rouba, mas faz ! Cquote2.png
Sua criação de burros sobre Amazonino Mendes

Cquote1.png Manaus de volta ao Caralho! Cquote2.png
Qualquer um que não vota nele

Cquote1.png Pior de tudo que pelo lado negro da força, convencer pessoas ele consegue Cquote2.png
Yoda sobre Amazonino

Cquote1.png Eu vô morrêêêêeeee!!!!!!!! Cquote2.png
Tiririca querendo morrer

Cquote1.png Então morra, morra!!! Cquote2.png
Amazonino para o Tiririca

Amazonino Mendes, O Negão[editar]

Amazonino Armando golpe Mendes, vulgo Mazoca, percorreu um longo caminho de Eirunepé ao governo do maior Estado da República Federativa das Bananas do Brasil, sua fortuna já foi avaliada em 200 milhões. Negão é cria política do ex-senador Gilberto Monstrinho e com ele aprendeu o caminho das pedras, a não dar ponto sem nó, a roubar sem dar bandeira (como no caso o PT vacilou, tem que aprender com ele).

Quem é[editar]

Atual ex-prefeito de Manaus e, nas noites de Festa no clube A2, conhecido como Xica, A Negona.

O Político[editar]

Foi prefeito duas vezes, governador outras duas vezes e senador uma vez. Tornou-se um ser quase folclórico, que figura ao lado de criaturas mitológicas como o Mapinguari, Matinta, Curupira, o boto, cobra grande e outros, tamanho é número de historias, boatos e lendas sobre sua pessoa.

As Lendas[editar]

Amazonino criou sua própria escola ( CREAM ) para poder se formar.

O Pequeno Empresário[editar]

A fantastica mansão do Negão ( EU QUERIA UMA DESSAS ! )

Reza a lenda que o homem começou passando a perna num pedreiro que ganhou na loteria e convidou o Negão para ser seu sócio. Deste "pequeno" golpe Negão construiu seu império que já incluiu até um castelo na França.

Alguns anos depois contratou um assessor (cabo Pereira) apenas para descascar tucumã pra ele e até participou ativamente como o homem da mala, no esquema da compra de deputados para aprovação da emenda da reeleição, que permitiu ao negão passar a perna em Alfredo Buchada que já se via no cargo de governador e amaldiçoou o Brasil com oito anos de FHC, depois mais oito anos de Lula e mais tarde com mais oito anos de desgoverno da Dilmanta até ser interrompido com o golpe de mordida do Satânico Doutor Temer.

O Democrata[editar]

Dizem que no inicio do seu último mandado de governador, Mazoca teve um arranca rabo com o presidente do boi Caprichoso, e jurou que enquanto ele fosse governador o Caprichoso (que já não era o seu favorito) não ganharia um festival folclórico, verdade seja dita o Caprichoso pegou 08 anos de peia e só voltou a ganhar quando "Dudu" (que também é azulão) entrou no governo.

Amor por Manaus[editar]

Após ganhar sua última eleição para governador do estado Mazoca foi comemorar em Manacapuru. O motivo foi sua derrota de lavada na capital do estado. Na época teria dito: "Vou tapar o buraco de todos na cidade". Em 2008 adotou a frase como lema de campanha. Que teve grande apreciação entre a playboyzada que quer asfalto na rua para fazer pegas e que a saúde e a educação do povão se foda. Agora quem quiser o buraco tapado é só ficar de rabo pra cima e chamar o Negão.

As festas[editar]

Representação de festa na casa do Mazola

Na época das vacas gordas quando mandava e desmandava, Mazola gostava de ser chamado pela alcunha de 'Cardeal', sabe-se lá por quê? Dizem as más línguas que nas festas que rolavam em sua mansão no Tarumã eram regadas a muito uísque, putaria, pederastia e cocaína. Ninguém era de ninguém, e quando o homem enchia a cara se transformava e vestia um babydoll rosa e atendia pelo nome de Vera Verão do norte. Há fortes indicios de que o vídeo 2girls1cup foi gravado durante uma destas festinhas.

O verdadeiro Negão[editar]

Esse viado aí é o verdadeiro Negão.

Mas o Negão era na realidade o cara que o agradava (se é que você me entende). O verdadeiro negão era Joel Oliveira, puxa-saco do homem e espião dentro do PDT, que lhe fazia o serviço de encher o cone retal com linguiça.

Atualmente Joel tenta garantir uma boquinha na prefeitura. Para isso se cadastrou em todos os fóruns, blogs e comunidades sobre política e fica tentando o impossível, justificar as decisões de Mazola na prefeitura de Manaus.

Roubando Direito[editar]

Quem foi que faturou com essa obra aqui?

Amazonino inovou na história da corrupção brasileira. Não se contentando com uma simples comissão, retirou os intermediários e empreiteiros das concorrências fraudulentas e passou a fazer obras públicas em benefício próprio.

Mazola se favorecia de um bem planejado esquema de laranjas para seus empreendimentos, como o caso da empreiteira Econcel que faturou milhões com obras públicas no Amazonas e no Acre. Outra empresa famosa do Negão foi a Cosmos, que teve que fechar após o afastamento do sócio principal, Samek Rosenski.

O esquema de Mazola era altamente lucrativo e variado, criava-se uma empresa, colocavam no nome de alguém e sonegam impostos até pedir a falência, depois criavam outra, com outro testa-de-ferro. Empresas patrocinadas pelo esquema do Negão:

Empreiteiras:

  • Econcel
  • Capa
  • Exata

Fábrica de relógio:

  • Cosmos
Samek Rosenski, da Cosmos após discussão com o sócio.

Redes de lojas:

  • Esplanada
  • Ransons

Faculdades particulares:

Supermercado:

Jornais:

Entre outras pequenas empresas destacam-se as Organizações Tabajara que, junto com Seu Creyson, o "Negão" desviava verbas e incentivos do governo ara benefícios próprios.

Enfim se eu fosse contar todas as historias do negão a campanha eleitoral já teria terminado e eu não estaria desovado em um varadouro.

A Queda[editar]

Base de apoio de Amazonino Mendes.

Esse esquema, que por anos enriqueceu o Mazoca, também foi seu carma, depois de perder prestigio e duas eleições seguidas, muitos testas-de-ferro resolveram dar o pino no negão e não repassaram mais a parte que cabia ao sócio oculto e ele teve de aguentar o prejuízo calado, alguns até auxiliaram secretamente na campanha de Serafim, hoje tremem de medo com a volta do homem e sua vingança maligna. Nada disso foi confirmado, mas era o que se falava nos corredores do palácio do governo e da prefeitura.

Mazoca foi humilhado politicamente, primeiro por Sarafa que com auxílio de espiões na prefeitura expôs os podres do negão como os 05 anos sem pagar o IPTU, depois por Braga que o esculachou e venceu de forma esmagador, depois disso Mazoca se recolheu em sua humilde casa no Tarumã onde passou os dias jogando domino e observando seus adversários meterem os pés pelas mãos.

A Volta[editar]

Carreata comemorando a volta do Negão.

Eleição 2008[editar]

A espera uma nova oportunidade de voltar ao poder valeu a pena. Na eleição para prefeito em 2008 nenhum dos adversários foi páreo para o Negão.

A compra de votos descarada no segundo turno quase o fudeu e ele acabou cassado. Mas graças a uma liminar da justiça, que custou os olhos da cara, acabou sendo empossado. Agora com a chaves do cofre na mão prepara-se para dois anos de roubalheira. Afinal precisa repor os recursos gastos com a compra dos votos e dos desembargadores que lhe garantiram a liminar. Bastou vencer que já está faltando água e luz. E ainda nem esta em posse do poder.

De flato (fato) Amazonino voltou pra você, como foi profetizado na versão censurada da música de campanha dele de 2004, interpretada por Sabino Castelo Branco, seu filho Gayzo, sua esposa e saco-de-pancada dentre outros seres:

" Amazonino está roubando de você

Amazonino está roubando para nós

Agente explora quando a coisa tá ruim

Nos arredores e no centro de Manaus..."

A prefeitura[editar]

Mau assumiu (no bom sentido) e Mazoca já mostrou a que veio:

Empossou a irmã e a filha como secretarias de governo.

Reduziu a quantidade do vale transporte estudantil.

Demitiu todos os funcionários técnicos das secretarias.

Então tá explicado!!!

Está usando a estrutura de marketing da prefeitura para denegrir a imagem do antigo prefeito. O site da prefeitura agora virou o blog do Negão, nas rádios não passa 5 minutos sem que apareça uma propaganda da prefeitura, mas o seu maior triunfo para a população de Manaus ainda estava por vir, como se não bastasse cancelar o pagamento da meia passagem direto na catraca gerando inúmeras filas de estudantes nos terminais, limitar a compra de passe estudantil, Mazoca resolveu dar sua cartada final. Acabou com a "domingueira" que era um benefício criado pelo seu antecessor Sarafa onde o puto usuário pagava apenas a metade da passagem aos domingos, não satisfeito ele resolveu aumentar a passagem do ônibus em apenas 20%, foi como enfiar sem nem ao menos passar uma vazelinazinha no fiofó nos manauaras.

Tá explicado!!![editar]

No episódio em que ele ficou toda estressada (ui!), ele ficou puto com a declaração de que uma moradora de uma zona de uma área de risco e soltou: "Então mo-morra-morra!!!". Ele perguntou de onde ela veio e ela disse que ela é do Pará. "Então tá explicado!". Foi aí que a mulher o chamou de BICHA. Isso desencadeou a erupção de raiva do Negão, que disse "Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeppaaaa!!! Biiicha nããããão!!! Eu sou uma quase Vera-Verão!!!" Todo esse papelão levou ele a virar destaque nacional. Isso enfureceu até o governador do Pará que se Juntou com o Governador do Acre e chamaram a Liga da Justiça para ajuda-los. Agora os vereadores de Manaus tão decidindo de que lado ficam: ou apoiam ou são contra o prefeito. Tem uns que querem "impítima". Enquanto isso a população sofre com deslizamentos, dengue e febre aftosa.

O Filme[editar]

Para quem não conhece, o Negão também tem seu lado sensível e artístico. Acaba de estrear nos cinemas de Manaus o mais novo filme do Negão.

Eu Roubo II - A Vingança de Mazoca.

Obs.:

Se você procurou o nome do Mazoca na tabela acima mas não conseguiu é porque o próprio pagou uma comissão para limpar a imagem.

Veja também[editar]

Precedido por
Gilberto Mestrinho
Bandeira do Amazonas.png
Pastor das ovelhas do Amazonas

15 de março de 19872 de abril de 1990
Sucedido por
Vivaldo Frota
Precedido por
Gilberto Mestrinho
Serralheiro no Amazonas
1 de janeiro de 19951 de janeiro de 2003
Sucedido por
Eduardo Braga
Precedido por
David Almeida
Criador do gado amazonense
4 de outubro de 201731 de dezembro de 2018
Sucedido por
TV A crítica
Precedido por
João de Mendonça Furtado
Pau-mandado Gilbertinho em Manaus
19831986
Sucedido por
Manoel Henriques Ribeiro
Precedido por
Rei Arthur Vigilia
Odorico Paraguaçu de Manaus
1 de janeiro de 19932 de abril de 1994
Sucedido por
Eduardo Braga
Precedido por
Serafim Corrêa
Odorico Returns em Manaus
1 de janeiro de 20091 de janeiro de 2013
Sucedido por
Artur Virgílio


Latino.png Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.