America sem acento no E

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Coritiba, o Atlético Paranaense ou a Portuguesa. Seja engraçado e não apenas idiota.


America Football Club
Escudo do América do Rio.png
Brasão
Hino Hei de sofrer, sofrer, sofrer...
Nome Oficial America Football Club
Origem Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro - Nova Iguaçu
Apelidos Mequinha (Literalmente)
Torcedores {{{torcedores}}}
Torcidas {{{torcidas}}}
Fatos Inúteis
Mascote Satã Negão
Torcedor Ilustre João do América
Estádio Shopping Iguatemi
Capacidade 200 pitboys, 155 patys e 185 mauricinhos
Sede Inferno
Presidente Sérgio Noronha
Coisas do Time
Treinador Cristovão Colombo
Pior Jogador Nuvola apps core.png ...estamos pesquisando ainda...
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png ?
Patrocinador Morro do Canta-Galo
Time
Material Esportivo Feirinha de Itaipava
Liga De borracha
Divisão Segunda do carioca
Títulos Campeonatos de 13, 16 e 22 D.C.(Depois da Chuva)
Ranking Nacional Não
Uniformes



Cquote1.png OW FILHO DA PUTA, VAI TOMAR UM TIRO NESSE CU FILHO DA PUTA Cquote2.png
João do América sobre os jogadores atuais
Cquote1.png Vou encerrar minha carreira no America. Cquote2.png
Romário sobre o fim da sua carreira na comemoração do centenário do tetra-campeonato mundial da seleção canarinho
Cquote1.png Vou encerrar a minha carreira. Cquote2.png
America sobre a possível transferência de Romário para o clube carioca
Cquote1.png Meu segundo time. Cquote2.png
Torcedor Carioca sobre o America
Cquote1.png Meu segundo time. Cquote2.png
Torcedor do America sobre sobre o America
Cquote1.png Oh Justo filho duma puta, vai levar um tiro nesse cu... oh filho da puta! Cquote2.png
Torcedor do America sobre sobre o America
Cquote1.png tamo ai memo pra dar força.... oh filho da puta, vai tomar no cu, filho da puta! Cquote2.png
Torcedor do America sobre sobre o America
Cquote1.png oh filho da puta, vai embora do America, oh filho duma puta! Cquote2.png
Torcedor do America sobre sobre o America
Cquote1.png Meu segundo time. Cquote2.png
Australoptecus sobre sobre o America
Cquote1.png A felicidade está em se propor causas impossíveis, como ser trotskysta, ler a veja achar que é esperto ou torcer para o America. Cquote2.png
Jacques Lacan sobre sobre o America

America Football Club é um ex-clube de futebol ainda em atividade, situado dizem as lendas na cidade do Rio de Janeiro, disputando algum torneio incrivelmente inferior, supostamente já foi bom em alguma época muito muito muito antiga, quando ainda sequer existiam registros escritos e muito menos televisivos, é atualmente a vigésima sétima força do futebol estado do Rio de Janeiro.

História[editar]

O America do Rio foi descoberto em 1492 por Cristovão Colombo, e como ele era estrangeiro, batizou o clube sem acentuar a letra "E", erro ortográfico que perdura até hoje.

Seu nome foi dado em homenagem ao supervisor da Seleção Brasileira na época, Américo Faria, que de dia era Américo, mas à noite virava America.

Conhecido como o clube mais inovador de seu tempo, o Mequinha (no diminutivo mesmo) foi conhecido como o primeiro time de índios pré-colombianos a aceitar o ingresso de um índio pré-cabralino, o primeiro clube a ter um troféu roubado por Furico Semanda (presidente do Vasco da Grana) e por ser o primeiro time a ser rebaixado à divisão-limbo do internacionalmente conhecido Campeonato da Rua Campos Sales, além de ter sido rebaixado também no Campeonato Tijucano de Jo-Ken-Po Feminino Categoria Master.

Famoso por ser dono de um dos mais macabros hinos do futebol brasileiro, assim denominado pelo mau agouro imortalizado no verso "hei de sofrer até morrer", o America é um clube simpático. Nunca machucou ninguém, sempre abriu as pernas para Framengu, Putfire, Vasco da Grana e o não menos simpático Pó-de-arroz e aceitou ser rebaixado da primeira para a terceira divisão do campeonato brasileiro como um time de pobre de maneira bem comportada e jamais planejou viradas de mesas ou compras de títulos, sempre fui humilde em se contentar em perder sempre.

Passado[editar]

No passado o America Carioca foi um grande time de futebol. chegando a ganhar títulos no ano de 13, 16 e 22 d.C. (depois de Chuck) e contava com grandes craques da época como Edu (irmão do Zico) e do trio Luisinho, Huguinho e Zezinho Lemos.

Com um passado glorioso de extensos títulos como os campeonatos de 13, 16, 22 e..... deixa eu puxar pela memória..... ehhhh...... 16 .... não esse eu já falei! Pois bem! Com uma galeria repleta de vitórias vistas por meia dúzia de veteranos da Guerra de Canudos e da Guerra do Paraguai. Trata-se de um grande time, que além de ter revelado para o futebol os sobrinhos do Pato Donald e o irmão do Zico também revelou o primo em segundo grau de Carla Perez, o notório meio-irmão do afilhado do tio do enteado do presidente americano Barack Obama.

Trajetória pela história do futebol brasileiro[editar]

Atualmente o time vive das glórias de seu time de futebol de mesa (Mais conhecido como Futebol de Botão). Além disso a diretoria tenta manter uma equipe de bocha para competições internacionais composta por Geraldo, Wando, Edivaldo, José Cley e Cláudio (este o mais jovem do grupo com 51 anos de idade). A maior dificuldade porém tem sido pagar um bom plano de saúde para seus atletas que são internados pelo menos duas vezes na semana. O clube é uma potência nos campeonatos de petecas. Já tem 9 brasileiros, 4 Libertadores da Peteca. A equipe é formada por:

Campeonato Carioca de 2011[editar]

Sob a brilhante gestão de Rebaixaldo Mamataias o mequinha chegou a seu apogeu. A segunda divisão o Campeonato Carioca. Em uma campanha de dar inveja aos torcedores dos maiores clubes do mundo como Opoerário-MT, Lagartense, Moto-Clube e o Benjamin Constant Clube de Futebol e Sueca-em-Braile, o America conseguiu a única façanha que faltava a sua história.

Agora a diretoria, para levar uns trocados, limpar a piscina suja desde 1904 e promover um show do Caubi Peixoto em sua sede social negocia seus preciosos talentos como Apolônio de Carvalho, Ozzy Osbourne, Dercy Gonçalves e Velháuber com grandes clubes do circuito Europeu.

Entre as famosas alcunhas (ou esculachos), estão:

"Coração de americano não bate, apanha!!!"

"O America não tem torcida. Tem testemunhas!!!"

Sumiço[editar]

Amargando 4 anos consecutivos na Série B do Carioca (2012, 2013, 2014, 2015), onde mais de 8000 times peladeiros caem na porrada por míseras duas vagas para a primeira divisão do Cariocão, o America não vê a menor chance de subir, e se contenta em ser saco de pancadas até nessa divisão inferior.

Hino[editar]

João do América resume a atual situação do time.

Hei de sofrer, sofrer, sofrer
Hei de sofrer até morrer, morrer, morrer
Pois a torcida americana é toda assim!
A começar por ti!
A segunda divisão, é sua moradia meu irmão

Com esse pequeno problemão
Podem já preparar até o seu caixão
há-há-há-há-há-há
há-há-há-há-há-há
há-há-há-há há-há

Campeões de um tempo que era sem televisão
há-há-há
Já teve muitas glórias
agora cadê o depois
ká-ká-ká
Campeões nem com uma bota nos pés
Fabricantes, de um monte de restos és!
Será que vocês querem ainda algo mais?
A segundona agora tu terás!

Torcedores Famosos[editar]

O Mequinha chegou a ter uma torcida (de pessoas vivas) em algum momento entre os séculos IV ou V A.C., quando, segundo afirmam alguns arqueólogos, paleontólogos e antropólogos, chegou a ser maior que a torcida do Putfire. Porém a existência dessa torcida e sua magnitude são mais amplamente aceitas na categoria de lenda urbana ou de colóquios flácidos para acalentar bovinos.

  • Papai Noel, o velhinho que tenta convencer crianças a torcer pro America em troca de presentes
  • Gato Pingado, torcedor-símbolo sempre presente nos clássicos como America x Bangu, America x Cardoso Moreira, America x America e America x W.O. (mesmo o America não tendo jamais ganho em sua história nenhum desses clássicos)
  • Joseph Climber, "SOU EU!"
  • Romário
  • Tim Maia
  • Power Ranger Vermelho
  • Satanás