Amor de Alma

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Amor De Alma)
Ir para: navegação, pesquisa
Mamonasalb.jpg Este artigo se trata de um álbum

E deve ter só duas músicas que prestem.
Cquote1.png Porra!..não se essa bosta é sertanejo, folk, ou rock... Cquote2.png
Qualquer um ao ouvir Amor De Alma

Cquote1.png Achei interessante sua complexa ou não capacidade de me fazer dormir. Cquote2.png
Crítico musical sobre o Disco


Amor De Alma é mais um disco da dupla sertaneja que mais queima rosca atualmente: Victor e Leo. Ficou conhecido por ter uma pá de gêneros musicais, menos sertanejo.

História[editar]

Depois de de lançar o disco Boa Sorte Pra Você e um monte compliações e discos ao vivo, e já intrigar os críticos e os fãs para onde estavam indo com sua música, eles resolveram deixar o disco deles mais doido do que nunca, com músicas que variam de Folk, Rock, Vanerão e romântico. Houve o maior quebra pau na gravadora, achando que essa droga que o álbum era pouco comercial, pelo menos, para os padrões brasileiros, onde estão acostumados com Sertanejo Universitário e outras merdas que lançam por aí. Depois de um monte de brigas com os chefões da gravadora, conseguiram vencer a briga, mas com sobre-aviso, que se o álbum não vendesse, eles estariam em menos de uma semana procurando emprego em outra gravadora. Pra sorte deles e azar nosso, as vendas passaram as 150 mil cópias, deixando eles um pouco mais ricos do que já eram, com um ajudinha da Paula Fernandes, que fez participação em uma faixa e ajudou a levantar as vendas do CD.

Faixas[editar]

Boteco de Esquina

Lembrando os tempos das vacas magras, eles relembram o tempo que tocavam em barzinhos de segunda, e tudo que acontece com os cantores que cantam nessas pocilgas. É um forró asertanejado, a canção conta de tudo que tinha no boteco, como o garçom, os sanduíches, as gostosas que davam em cima deles, as Mais de 8 mil vezes que cantavam parabéns pra você por noite e os Filhos da Puta dos bêbados que pedem Fio de Cabelo às 6 da manhã, quando o show já acabou.

Amor De Alma

Um Sertanejo Romântico de botar pra dormir qualquer um. É tão chata que a letra e tão pequena quanto pinto de japonês e com um refrão repetitivo pra caramba. Conta a história de que o tal Amor de Alma resolve tudo e todos os clichês que sempre tem nessas canções.

Venha Ver o Mar

Outra canção que tenta ser animada mas falha miseravelmente. Ela mistura um vanerão com uma letra tão simples, mas tão simples, que até uma menininha de 5 anos faria melhor.

Mal Resolvido

Essa novamente frustrou a tentativa de deixar o álbum animado. Conta a história de um casal que fez muita merda e querem voltar de novo, naquele drama de sempre...

Lu

Mais um vanerão Gaúcho, contando uma história de um cara que largou uma tal de Lu, e que na verdade ele descobriu que ela é que tinha fugido dele (WTF?), e agora ele está caçando a mulher por tudo que é lugar, simplesmente porque ela fugiu, não ele largou dele.

Lágrimas

Bela canção Tristinha. Fala do cara que está Cagando e andando pro que está acontecendo com a relação dos dois e que como a vida deles já estava fudida mesmo...Claro que se trata de uma baita filhodaputagem,.

Sexy Yemanjá

Música tema da novela Mulheres de Areia. Regravada, perdeu a versão Pop para mais uma asertanejada. Ela tem uma letra semi filosófica, onde há uma espécie de mulher comparada a uma sereia, e um homem se preparando para encontrá-la, onde no refrão descobrimos que a mulher, pois se trata de Yemanjá, a Deus dos mares. Termina com um ataque do Capitão óbvio, onde a canção diz:Depois da Lua Vem o Sol (Orly?).

Fuscão Preto/Doutor e a Empregada/O Fuscão e a Empregada

Essa já um caso interessante. São duas regravações, e a terceira canção é inédita, baseada nas duas anteriores. A primeira conta as mágoas de um corno sobre um fuscão preto, onde algum ricardão comia a mulher dele. Já a segunda, fala de um mané rico que se apaixona pela empregada gostosa, onde ele tem contar pra mamãe dele a cagada que fez. Já a terceira, ele junta as duas histórias, dizendo que casou com empregada e comia ela no fuscão preto...ou seja, o corno da primeira música era chifrado pelo mané rico, e a mulher comida no fuscão era a empregada..OMFG..

Passe Livre/ Se Eu Não Puder te Esquecer

Octanogésima regravação do disco. Uma é um sucesso de 1990 e lá vai cacetada, de um homem está dando desculpa para deixar a mulher. Já a segunda é tão ruim que nem merece um comentário.

Sonhos e Ilusões em Mim com part. da gostosa da Paula Fernandes.

Sonhos acabam logo, então, cuidado pra não fazer burrices ao realizá-los!.

Longe

Baladinha de Merda, onde se tenta cantar com suavidade as tristes histórias de amor que nos cercam.

Se Não For Amor

Finalmente encerrando esse lixo de disco, é praticamente um plágio da faixa anterior...eita criatividade, que só Victor e Leo nos proporciona!

Opiniões da Crítica[editar]

O disco não foi considerado tão ruim assim, a ponto de críticos querer avaliá-lo, o que é raro para um disco sertanejo. Observe algumas frases de críticos:

Cquote1.png Boa Sorte Pra Você foi bem melhor! Cquote2.png

Cquote1.png Foi uma bosta. Maior perda de tempo da minha vida. Cquote2.png

Cquote1.png Podia ter ido ao puteiro em vez de ter comprado esse lixo. Cquote2.png

Cquote1.png Não sabem fazer sertanejo, muito menos música gaúcha e tema de novela. Cquote2.png

Cquote1.png Se o Pelé tivesse feito outro filme, eu teria ido ver. Cquote2.png