Amor com Amor se Paga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Datena imagens.png ME DÁ AS IBAGENS! Eu quero ibagens!!!
Este artigo possui poucas ou nenhuma ibagem o ilustrando. Por favor considere adicionar novas ibagens para impedir que o Datena tente te processar!

Cquote1.png Você quis dizer: A novela do Nonô Correia? Cquote2.png
Google sobre Amor com Amor se Paga
Cquote1.png Você quis dizer: Amor Com Sexo se Paga? Cquote2.png
Google sobre Amor com Amor se Paga
Cquote1.png Pão-duro, se eu tivesse um machado abriria o seu coração... Cquote2.png
Rodrigo Santos sobre Nonô Correia

Amor Com Amor se Paga foi mais uma novela das 18 horas da noite escrita por Ivani Ribeiro, exibida em 1984. Falava sobre a avareza e a adoção e ficou famosa por ser a novela do Nonô Correia.

Enredo[editar]

Na cidade de Monte Santo, uma Tangamandápio qualquer da vida, vive Nonô Correia (Ary Fontoura), um homem neurastênico, irritadiço e misterioso, beirando o tragicômico. É um completo pão-duro; tranca a geladeira com cadeados, desliga a luz algumas vezes por semana (até mesmo a da geladeira) e despeja, até mesmo nos filhos, sua avareza compulsiva: é proibido repetir pratos às refeições. Sua maior preocupação é fazer economia. Nonô vive com os filhos, Tomaz Turbando (Edson Telefone Celulari) e Elisa (Bia Nunnes), e a empregada, Frosina (Berta Loran), que há vinte e quatro anos suporta suas mesquinharias. Porém, o velho sovina está longe de ser pobre: tem diversos imóveis alugados e esconde em casa um tesouro que ninguém sabe onde está. O único que partilha seu segredo é o amigo Anselmo (Carlos Krœber), que nutre um amor platônico por Elisa.

O avesso de Nonô Correia é Tio Romão (Fernando Torres), que chega à cidade sem revelar seu passado. Fala doce e distribui chazinhos como pretexto para conversar com os moradores e lhes dar um pouco de calor humano, numa época onde não havia tanta pedofilia e violência como hoje. As pessoas se assustam com suas palavras certeiras. Alguns o consideram um santo, outros, um feiticeiro; já eu o considero o oposto de Nonô mesmo. Tomaz Turbando, filho de Nonô, é brincalhão e está sempre tentando descobrir o tesouro do pai. Sua irmã, Elisa, é tímida e insegura e está apaixonada por Gustavo (Caíque Ferreira), que se aproxima dela pensando no golpe do baú. Ele mora na casa de Judite (Chica Xavier), inquilina de Nonô, que fornece salgadinhos para o restaurante de Tito (Flávio Galvão) e Santusa (Wanda Stefânia), um casal com a relação em crise por causa do ciúme doentio dela.

A sobrinha de Nonô, Maria da DesGraça Meneghel (Yoná Magalhães), é uma americanófila que prefere ser chamada de Grace. Viúva, dona de uma loja de artigos importados, ela é mãe do bebê de Rose Rosemary (Mayara Magra Magri), noiva de Johnny João Paulo & Daniel (Matheus Carrieri), filho do conservador e machista Bruno (Carlos Eduardo Dolabella, pai do Dado). Os dois sogros têm gostos totalmente opostos, mas o mesmo temperamento difícil. O jovem casal se ama e se come, mas tem que contornar os problemas causados pela difícil relação de seus respectivos pais. Vinícius (Adriano Reys) é um médico humanista e nem sempre cobra as consultas, para a reprovação da mulher Helena (Beatriz Lyra), que vive reclamando do orçamento apertado. O casal tem três filhos: a bela Mariana (Cláudia Ohana), namorada de Tomaz; Bel (Narjara Turetta), que inveja a irmã, e Renato (Miguel Falabella), de caráter duvidoso, que está de volta à cidade.

Barreto (Milton Morais) é o prefeito demagogo que, ao ficar viúvo, envolve-se com Silvia (Arlete Salles), amiga de Grace. A futura primeira-dama terá que enfrentar Camilinha (Giovanna Pieck), a caçula do prefeito, uma pestinha que passa a atormentar a sua vida. Contudo, o conflito maior da trama se dá quando Nonô Correia resolve cortejar a namorada do filho, Mariana, que se vê obrigada a aceitar a proposta em troca do perdão da dívida de seus pais. Porém, o rude avarento vai se tornando mais doce e sensível quando adota o órfão Zezinho (Oberdan Júnior, que já tinha 14 anos em 1984), um menino encantador que, aos poucos, amolece o seu coração. Para apaziguar os conflitos, o chá de camomila e bem-me-quer do Tio Romão é sempre servido em doses certas, afinal, amor com amor se paga!

Elenco[editar]

  • Ary Fontoura – Nonô Correia
  • Oberdan Júnior – Zezinho

Participações[editar]

  • Yoná Magalhães – Grace (Maria da Graça)
  • Carlos Eduardo Dolabella – Bruno
  • Edson Celulari – Tomaz
  • Cláudia Ohana – Mariana
  • Fernando Torres – Tio Romão
  • Berta Loran – Frosina
  • Bia Nunnes – Elisa
  • Caíque Ferreira – Gustavo
  • Flávio Galvão – Tito
  • Wanda Stefânia – Santusa
  • Milton Morais – Barreto
  • Arlete Salles – Sílvia
  • Matheus Carrieri – Johnny (João Paulo)
  • Mayara Magri – Rose (Rosemary)
  • Adriano Reys – Vinícius
  • Beatriz Lyra – Helena
  • Narjara Turetta – Bel
  • Miguel Falabella – Renato
  • Carlos Krœber – Anselmo
  • Chica Xavier – Judite
  • Giovanna Pieck – Camilinha
    • E outros sem importância ou figurantes.

Trilha sonora[editar]

Nacional[editar]

  1. Água e Luz – Amelinha
  2. Por Que Não Eu? – Kid Abelha & Os Abóboras Selvagens
  3. Você em Minha Vida – Fafá de Belém
  4. Bichinho Colorido – Nova Embalagem
  5. Tenho MedoRenato Teixeira
  6. Fim de Semana Sem GranaChantilly
  7. Levantar o Astral – Santa Cruz (abertura)
  8. Deusa do Amor – Pepeu Gomes (tema de Nonô Correia e da novela Boogie Oogie)
  9. Quando Te Vi (Till There Was You) – Beto Guedes
  10. Emaranhado – Dudu França
  11. Adivinhão – Magazine Cquote1.png vá dando o fora, playboy, caso contrário eu lhe meto a mão... Cquote2.png
  12. Vem Nessa – Ruban
  13. Perto de Você – Elias Maluco
  14. Vem Comigo – Dedé

Internacional[editar]

  1. Over You – Lane Brody
  2. Somebody Else’s Guy – Jocelyn Brown
  3. Moments of Love – After All
  4. Somebody to Love – Café Society
  5. Oh Sherrie! – Steve Perry
  6. We All Need Love – Double You Ebony
  7. Tanta Tristeza – Los Moros
  8. Heart Don’t Lie – Latoya Jackson
  9. Time After Time – Cyndi Lauper
  10. Believe in Me – Dan Fogelberg
  11. Dancing in the Dark – Bruce Springsteen
  12. Dancin’ Shoes – Pancho Ballet
  13. Happy Children – P. Lion
  14. C’Est Bon Pour le Moral – La Compagnie Créole (que na mesma época virou É Bom Para O Moral, cantada pela Rita Cadillac)

Letra do tema de abertura[editar]

  • Levantar o Astral/SANTA CRUZ

Abra o coração
Venha e se solte
Vou levar você
Pra outra dimensão
É só concentrar
Nosso pensamento
Vamos nos amar
Levantar o astral

Eu quero você
Me envolvendo inteiro
Te fazer feliz
Viver de amor
Somos dois em um
Sentimento livre
Vamos nos curtir
Cantar e se amar

Vamos para a festa
Vem comigo, vem dançar!
Juntos nessa dança
Pra se libertar!

Curiosidade[editar]

  • Graças a essa novela, Ary Fontoura é apontado até hoje nas ruas como Nonô Correia, o maior sovina que já existiu na TV;
  • Um puta sucesso com 40 pontos de média geral (a meta era 35).

Ver também[editar]



Êta Mundo BomBoogie OogieJoia RaraFlor do CaribeLado a LadoA Vida da GenteCordel EncantadoCama de GatoParaísoNegócio da ChinaO ProfetaAlma GêmeaCaboclaChocolate com PimentaCoração de EstudanteA PadroeiraEstrela-guiaO Cravo e a RosaMulheres de AreiaFelicidadeFera RadicalBambolêA Gata ComeuAmor com Amor se PagaParaísoMarinaCaboclaDona XepaEscrava IsauraVejo a Lua no CéuA MoreninhaHelena