Amsterdamsche Football Club Ajax

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Amsterdamsche Football Club Ajax
Escudo do Ajax.png
Brasão
Hino Limpeza eficiente e brilho para sua casa
Nome Oficial Ajax Limpeza
Origem Amsterdã
Apelidos Godenzonen
Torcedores Ajaxenses
Torcidas Torcida do Ajax
Fatos Inúteis
Mascote Ajax
Torcedor Ilustre Ajax, o caçador de Marte
Estádio Amsterdam Arena
Capacidade Mais de 8.000
Sede Amsterdã
Presidente Ajax, o caçador de Marte
Coisas do Time
Treinador Cruyff
Pior Jogador Nuvola apps core.png Sei lá
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Cruyff
Patrocinador Amstel
Time
Material Esportivo Adidas
Liga Liga Holandesa
Divisão Primeira Divisão
Títulos Dois Mundiais (Um desses em cima do Grêmio)
Ranking Nacional 24°
Uniformes Ajax-07-08-1.jpg



Cquote1.png Aaaiiaxxx!!! Cquote2.png
Narrador do Winning Eleven sobre Ajax
Cquote1.png Sei, é aquele produto de limpeza! Cquote2.png
Carla Perez sobre Ajax
Cquote1.png No meu tempo ele era o maior time do mundo! Cquote2.png
Teu Pai
Cquote1.png Perdedores. Cquote2.png
Jogadores do Ajax sobre Gremistas

Amsterdamsche Football Club Ajax é um clube de futebol dos Países Baixos, considerado por muitos comentaristas e palpiteiros como o maior de seu país [carece de fontes]. Famoso pelas vitórias do passado, o time do Ajax já foi grande, com jogadores como Johan Cruyff, Marco van Basten e Clarence Seedorf. Mas, da mesma forma como aconteceu com Peñarol e Independiente, hoje ninguém sabe o nome de sequer um de seus jogadores, ou você conhece Nicolás Lodeiro, Aras Özbiliz ou Lorenzo Ebecilio? Atualmente, tem a fama de vice na Holanda, perdendo sempre o campeonato neerlandês para seu maior rival, o PSV Eindhoven.

História[editar]

Fundação[editar]

Não é desse Ajax que estamos falando...
Nem desse.

Fundado em 1899 por um bando de jovens maconheiros que jogavam peladas aos domingos, depois da siesta. Como o futebol holandês ainda era (e segue sendo) subdesenvolvido, o clube rapidamente ganhou visibilidade. Como o primeiro nome, Union, era meio comum, resolveram trocar para Ajax, em homenagem ao Deus da Mitologia Grega produto de limpeza mais usado no país.

Quando o clube se inscreveu para participar do Campeonato Holandês de Futebol, demonstrou o quão grande seria, ao ser obrigado a mudar as cores do uniforme, porque eram iguais aos do poderoso Sparta Rotterdam. A camisa que utiliza até hoje, branca com uma listra vermelha na vertical, na verdade foi copiada inspirada na camiseta do Arsenal Football Club (o clube inglês achou que aquele modelito já estava demodê, mas em Amsterdã segue sendo tendência).

Primeiro título e começo[editar]

A partir de 1900 quando este time foi criado, o Ajax foi 18 vezes vice-campeão holandês consecutivamente. Só em 1918 veio a ganhar seu primeiro campeonato holandês. Até um time chamado HIV já havia ganhado campeonatos holandeses. Após ganhar seus primeiros títulos o Ajax se firmou como um clube grande dos Países Baixos graças ao fato de não existir outro time grande em seu país. Mesmo apesar da quantidade massiva de vice-campeonatos, ganhar de vez em quando era sempre inevitável.

Década de 70 de ouro[editar]

Ao longo dos anos 70, o Ajax colecionaria uma série de derrotas para o PSV títulos, sendo, ao lado da Juventus FC e do Bayern München, um dos poucos clubes que conquistaram a Liga dos Campeões, a Liga Europa, a Recopa da Europa, o Miss Universo e o Torneio Mundial de Chopp de Metro, na Oktoberfest de Blumenau.

Tornou-se tri-campeão europeu ao vencer as edições da Champions de 1970–71 , 1971–72 e 1972–73 ao adotar um estilo de jogo agressivo e envolvente, o conhecido "futebol total", baseado numa indisciplina tática absoluta onde cada jogador é livre para fazer o que quiser em campo desde que esteja dopado. O time do Ajax era praticamente a base da Seleção Neerlandesa de Futebol que viria a amarelar na Copa do Mundo de 1974, afinal o sucesso do Ajax incomodou muito os holandeses que são totalmente desacostumados com sucesso e preferem sofrer pelos seus times, então desde então o Ajax tem evitado ao máximo ganhar o que for.

Decadência[editar]

A partir de 1975 e ao longo da década de 80 o Ajax entrou em franca descendência, ao ponto de ser eliminado até para times como FK Austria Wien em Liga Europa de sei lá que ano.

Anos 1990[editar]

O clube passou a ter um grande contingente de fãs no Rio Grande do Sul, especialmente após 1995, quando o Ajax venceu o PSV CC Grêmio num torneiozinho de uma conhecida montadora de automóveis. Naquela equipe, apenas para constar, jogavam nomes como Edwin Van Der Sar, Edgar Davids e Clarence Seedorf.

Anos 2000[editar]

O Ajax já foi o maior clube da Holanda e um dos maiores da Europa. É um time bastante elétrico e também que joga limpo. Já foi o maior campeão holandês, mas no século XXI só foi vice todo ano.

O Ajax teve sua última boa campanha em algo relevante que não seja o Campeonato de Clubes Maconheiros de Futebol, comente no ano de 2014 quando o filha da mãe do Poulsen meteu uma bola na trave no fim do primeiro tempo em um gol perdido pra caramba contra o Milan de Milão. Depois disso o clube demitiu o maconheiro do Frank de Boer que com seu joguinho filha da putagem que não ganhava porra nenhuma, a esperança dos drogados do Ajax é que os seus jogadores parem de transar no meio da rua com outros homens e joguem sem frescura.

Títulos[editar]

  • Amistoso no Japão: 2 vezes (1972, 1995)
  • Liga dos Campeões da UEFA: 4 vezes (1970–71 , 1971–72, 1972–73, 1994–95)
  • Campeonato Neerlandês: 34 vezes (1917–18, 1918–19Cscr-featured.png, 1930–31, 1931–32, 1933–34, 1936–37, 1938–39, 1946–47, 1956–57, 1959–60, 1965–66, 1966–67, 1967–68, 1969–70, 1971–72, 1972–73, 1976–77, 1978–79, 1979–80, 1981–82, 1982–83, 1984–85, 1989–90, 1993–94, 1994–95, 1995–96, 1997–98, 2001–02, 2003–04,2010/11,2011/12,2012/13,2013/14 e 2018/19)
  • Vice-Campeonato Neerlandês: 22 vezes