Anápolis Futebol Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Anápolis Futebol Clube
Anapolisfc.gif
Brasão
Hino Desconhecido
Nome Oficial Anápolis Futebol Clube Amador
Origem link={{{3}}} Goiás- Anápolis
Apelidos Manchester de Goiás, Time dos Carroceiros
Torcedores Cachaceiros
Torcidas Carroceiros Fiéis
Fatos Inúteis
Mascote Carroceiro; Mendigo
Torcedor Ilustre Velho que comeu e não pagou
Estádio Jonas Duarte (Lixão)
Capacidade 18.000[carece de fontes]
Sede Plantação de soja, Anápolis
Presidente Mendigo
Coisas do Time
Treinador Velho que comeu e não pagou
Pior Jogador Nuvola apps core.png Perneta
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Maneta
Patrocinador Prefeitura de Anápolis
Time
Material Esportivo Não há
Liga Campeonato Goiano
Divisão 1° divisão
Títulos Campeonato Goiano de 1900 e guaraná com rolha
Ranking Nacional 111°
Uniformes Uniforme-flamengo.gif
Uniforme sao paulo.jpg



Anápolis Futebol Clube é o time que representa (muito mal) a cidade de Anápolis, os seus escassos torcedores podem chorar o quanto for, mas existe um pior ainda na cidade, que foi salvo pelo Anápolis que é a Anapolina o time que melhor nunca conseguiu ganhar nada, mas que pelo menos nunca entregou jogo para o Itumbiara.

História[editar]

Os corajosos cachaceiros torcedores indo ao Jonas Duarte apreciar mais uma derrota do Anápolis.

Fundado em 1º de maio de 1946, após uma revolta comunista na longínqua cidade de Anápolis, ainda com o nome Operário Futebol Clube, a ideia dos stalinistas era a de criar um time do povão, para combater a Anapolina, considerado time de viados e da "elite". Evidentemente, esse plano foi frustrado.

Depois da revolução comunista, ocorreu então a invasão dos imigrantes turcos, árabes e sírios-libaneses, que compraram o time porque ele tinha o nome da cidade, e obrigaram os torcedores a se submeterem a um "batismo de fogo": durante os jogos, a torcida tinha que ficar comendo kibe cru e gritando o nome de Alá. Diante dessa tragédia, em que milhares de torcedores morreram com diarréia, o povão assustado passou a torcer pela Anapolina.

Se o Atlético Goianiense é uma cópia de uniformes de Flamengo e escudo do São Paulo, o Anápolis é uma cópia do Atlético Goianiense com o escudo copiado do Santos.

O Anápolis detêm records podres e forçados em sua história, como os fatos de que o Anápolis foi o primeiro time do interior goiano a conquistar um campeonato goiano não reconhecido pela Federação Goiana de Futebol ou o primeiro time começado com a letra A de Goiás a ganhar do Vila Nova em um estádio neutro em Itumbiara.

Na época que nem existia civilização no interior do Brasil, o Anápolis e seu time formado por caipiras, venceu uma final sobre o Vila Nova, o eterno time humilhado de Goiás, e ostenta com uma estrela enorme em seu uniforme esse título podre carecido de registros.

Disputou a Taça Brasil, o campeonato brasileiro da época que o Pelé jogava e a bola era feita de bucho de boi, foi eliminado na primeira fase...

A decadência é tamanha, que o Anápolis conseguiu a incrível façanha de ser rebaixado no campeonato goiano...

Títulos[editar]

Os raros e doidos torcedores do Anápolis não tem vergonha de se gabar dessas porcarias de títulos: