Anão Chumbinho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E tinha que usar ficha no orelhão.

Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Anão Chumbinho.

Cquote1.png É como se diz, o que não se tem de altura, se tem de tamanho bem dentro do meu calção. Cquote2.png
Anão Chumbinho sobre ele mesmo
Anão Chumbinho, codinome de Carlos Nascimento, também vulgarmente chamado no exterior de Fuk Fuk the Brazilian Midget, foi o precursor de todos os anões que fazem filmes pornô aqui no Brasil.

História verídica[editar]

Sua carreira começou nos anos 50 na chamada Boca do Lixo em São Paulo, onde ele, com uma câmera escondida, filmava enquanto fazia sexo com as prostitutas da região e vendia as fitas aos camelôs por um cruzeiro (esse era o dinheiro da época, que atualmente vale 0,00000000...01% do Real). Com isso, muitos assistidores de pornô bizarro curtiram o anãozinho, levando-o para concorrer ao AVN Award de 1984, mas por causa de sua pequenez, na hora de entregar a ele o prêmio não o enxergaram e entregaram à Mônica Mattos, que tinha acabado de nascer no ano anterior (1983) e nem sequer era homem, e sim mulher (todos nós que assistimos os filmes dela sabemos disso com certeza ABSOLUTA!).

Chumbinho atualmente.

Com isso, o Anão Chumbinho ficou revoltado e abandonou a carreira de ator pornô, virando um dos assistentes do Ratinho e depois foi trabalhar na Praça é Nossa, onde ele indicou um outro anão para trabalhar no lugar dele, um certo imitador de Tevez...

Filmografia[editar]

Um dos melhores filmes feito pelo Anão Chumbinho
  • 1991 - Safados e Chifrudos (Fala sério!)
  • 1991 - Se a Galinha é Boa, o Pinto não Falha (Ele quis dizer que não tem pinto)
  • 1990 - A Menina e o Porquinho (O porquinho... seria o Babe?)
  • 1988 - Pau na Máquina (Que pau?)
  • 1988 - Rodeio da Sacanagem (Sem vaqueiro...)
  • 1988 - Visões Eróticas de Belinda (Somente visões...)
  • 1987 - As Taras de Um Mini-Vampiro (MWAHAHAHAHAHA! mini-vampiro, boa, muito boa!)
  • 1987 - A Tara do Touro (Do boi, você quis dizer)
  • 1987 - Turbilhão dos Prazeres (Deve se referir a atriz...)
  • 1987 - Arrepios (Ou cócegas)
  • 1987 - Carnaval 87, Só deu Bumbum (E o anão não tinha pinto, aí só tinha bumbum...)
  • 1986 - Cambalacho Sexual (Sei nem o que é isso)
  • 1986 - Vem que Tem (Tem o que, meu filho?)
  • 1986 - Um Pistoleiro Chamado Papaco (Da pistolinha pequena...)
  • 1986 - Fuk Fuk à Brasileira (Hein?)
  • 1986 - Rabo I (...)
  • 1986 - O Garanhão Erótico (Você quis dizer: pônei)
  • 1986 - Venha Brincar Comigo (Nenenzinho...)
  • 1985 - Ilusões Eróticas (Ah, eu achava que tinha um pintinho em mim...)
  • 1985 - Miss Close (Roberta Close?)
  • 1985 - Ninfetas do Sexo Ardente (E sem ator...)
  • 1985 - Praia da Sacanagem (Sacanagem, cadê o ator?)
  • 1985 - Tentações (Onde? Não tou vendo?)
  • 1985 - Edifício Treme-Treme (Hahaha!)
  • 1984 - O Analista de Taras Deliciosas (Cadê o doutor?)
  • 1984 - Tudo Dentro (Tão pequeno que entrou ele inteiro)
  • 1984 - Bobeou... Entrou (Podes crer... deve ser o Pimpolho daquela banda de pagode, Art Popular)

Veja também[editar]