Anéis de Júpiter

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Anéis de Júpiter são um sistema de tênue anéis compostos principalmente de lixo que Io cospe, poeira cósmica e sucata de espaçonaves que se perdem no sistema solar, e que circundam o planeta Júpiter no sentido anti-horário da perspectiva de quem estiver no Polo Sul do sistema solar.

Como os anéis são bem vagabundos, foram descobertos só em 2000 pela sonda Cassini-Huygens, antes disso haviam apenas imagens forjadas feitas no Paint creditadas à Voyager 2 e a Pioneer 11, mas sabemos hoje em dia que ambas essas sondas não possuíam resolução o bastante para captar os anéis de Júpiter

Anel halo[editar]

Anel interior, é na verdade apenas aquela poeira que escapa peidada por Júpiter, não é exatamente um anel, mas uma nuvem de flatulência que permeia a atmosfera de Júpiter que não tem exatamente uma fronteira de onde termina. O anel halo funciona como um escudo de mau cheiro que protegem os habitantes de Júpiter contra invasão de terráqueos, reconhecidos como a raça mais violenta do sistema solar e por isso isolado de todos.

Anel principal[editar]

única foto do suposto anel de Júpiter, tirado pela Voyager 2, um rastro de nada muito desinteressante.

O Anel Principal de Júpiter não tão elegante quanto os charmosos e metrossexuais anéis de seu irmão gay Saturno, mas existe. Na verdade, nem mesmo é visível a olho nu de alguém que pouse em Ganímedes, mas, sim, ele existe. E como não é interessante, nem precisamos nos aprofundar muito em suas características.

Apesar de muito fino é o mais brilhante, por ser composto de pedaços maiores de fuselagem de naves espaciais que falharam em invadir Júpiter, esses pedaços dizem que reluzem numa coloração avermelhada, apesar da Voyager 2, única sonda que já fotografou esse anel, só ter resolução em preto-e-branco.

Anel gossamer Amalteia[editar]

Anel que existe a partir de Amalteia, este anel mais afastado é composto por pedaços de sorvete, que obviamente não são comestíveis, e alem disso não merece que nos aprofundemos mais em sua composição e características.

Anel gossamer Tebe[editar]

Anel que compete sobre qual é o anel mais inútil de Júpiter com o outro grossamer. Este existe em torno de Tebe, é essencial para defender Júpiter das violentas tempestades solares que querem destruir todo o universo. A sua composição é feita principalmente de pedaços de cometas errantes.

v d e h
Sistema solar
Estrela: Sol
Planetas: Mercúrio | Vênus | Terra | Marte | Júpiter | Saturno | Urano | Netuno
Planetas anões: Ceres | Plutão | Haumea | Makemake | Éris
Asteroides: Vesta | Palas | Hígia
Satélites naturais: Terrestre | Marcianos | Jovianos | Saturninos | Uranianos | Netunianos | Plutonianos | Haumeanos | Eridiano
Anéis planetários: Jovianos | Saturninos | Uranianos | Netunianos
Cinturões: Near-Earth object | Cinturão de asteroides | Cinturão de Kuiper | Disco disperso | Nuvem de Oort
Transnetunianos: 90482 Orco | 38628 Huya | 28978 Íxion | 20000 Varuna | 50000 Quaoar | 2002 AW197 | 2002 TC302 | Sedna
Objetos do sistema solar por ordem de tamanho
Objetos espaciais que podem porrar com a Terra