Ana Amélia Lemos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
D opressaoromana.jpg Este artigo é relacionado à história.

Ele conta o que aconteceu desde a pré-história até os tempos quase atuais.

Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre a CPMF, o imposto de renda ou a PQP. Seja engraçado e não apenas idiota.
Crystal Clear action bookmark.svg.png Ana Amélia Lemos Crystal Clear action bookmark.svg.png
Hebesemmaquiagem.jpg
Ana Amélia Lemos irritada por ser encoxada durante uma cobertura de reportagem, Porto Alegre, 1915.
Origem - Bandeira do Brasil Brasil - link={{{3}}} Rio Grande do Sul - Lagoa Vermelha
Sexo Tântrico, aos domingos
Ocupação Repórter (séc V a.C),
âncora do Jornal do Rango (séc II ao séc XIX),
correspondente em Brasília - DF (séc XIX - atualidade)
Profissional
Profissão Anterior Jornalista, colunista, comentarista de economia
Conchavo Esposa de Átila
Maior Escândalo Cobriu a Revolução Francesa em primeira mão
Perfil
Nível de Inteligência Médio-cre Médio-alto
Plásticas Implante de cabelo
Vícios Chimarrão, porteiro da RBS
Emissora Atual RBS (em operação),
TV Manchete, Tv Tupi e Tv Pangea (extintas)
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Bíbila Sagrada - manuscritos originais
Música Emblem-sound.svg.png Os Salmos (vol.1)
Prato Dodô empanado
Filme Tempos Modernos (1923)
Cquote1.png Você quis dizer: Ruth Lemos? Cquote2.png
Google sobre Ana Amélia Lemos

Cquote1.png Experimente também: Hebe Camargo Cquote2.png
Sugestão do Google para Ana Amélia Lemos
Cquote1.png Bem, aqui em Brasília... Cquote2.png
Ana Amélia Lemos sobre a situação do país
Cquote1.png Gostosa!!!! Cquote2.png
Lasier Martins sobre Ana Amélia Lemos
Cquote1.png Uma das fundadoras da RBS TV!!!! Cquote2.png
Nelson Sirotsky Sobrinho sobre Ana Amélia Lemos

Ana falando sobre o descobrimento da América.

Ana A velha Amélia Lemos (Lagoa Vermelha - 15 de Agosto de 1187 a.C) é a decana da RBS TV, a maior (ou não) aglomeração de empresas de TV dos Estados Unidos do Sul. É conhecida por ter instruído o método televisivo que conhecemos hoje, juntamente com Jô Soares, Dercy Gonçalves, Sílvio Santos e Hebe Camargo.

Vida e trabalho[editar]

Nasceu em Lagoa Vermelha (à época chamada de Lago Vermelho), em 15 de Agosto de 1187 a.C, quando esta região estava sob domínio dos dinossauros. Com muita dificuldade, formou-se em jornalismo pela Universidade Federal da Pangea e iniciou sua carreira como repórter para o Bedrock Journal. Com a falência do mesmo, em 585 a.C, Ana trabalhou em Roma, conseguindo entrevistas exclusivas com vários imperadores romanos, entre eles Calígula, Júlio César e Adriano. Com a invasão bárbara, Ana acabou por casar-se com Átila (Rei dos Hunos) e viajou para o norte a fim de conhecer a cultura Viking. Após passar 700 anos vagando pela Europa, ver inúmeras guerras, cobrir em primeria mão a Revolução Francesa e ser amante de Napoleão Bonaparte durante o cerco de Moscou, ela decide voltar à terra natal.

Ana Amelia após várias cirugias para a vitória da campanha.

Fundação da RBS TV[editar]

Ana Amélia dando uma palestra aos n00bs que estão começando na RBS TV.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: RBS TV

Após o reestabelecimento em Lagoa Vermelha, Ana tratou de trazer modernidade à região. Através de sua influência no meio telejornalístico, conseguiu financiar várias empresas independentes de comunicação, que acabaram se fudendo fundindo na RBS TV. Após alguns séculos de negociações, a Rede Glóbulo acabou por absorver comprar a RBS, criando uma superaglomeração no sul do país. Essa aglomeração tornou-se uma potência regional em poucas décadas, atingindo desde o Uruguai a Cisplatina até o Paraná.

Vida na RBS[editar]

Tornando-se uma funcionária assalariada e, perdendo a sua influência para as grandes redes de televisão que surgiam (CNN, Reuters, ONU) Ana Amélia decidiu pernanecer no Rio Grande do Sul. Atuou durante muito tempo (muito tempo mesmo) como âncora de navio do Jornal do Rango e, ao receber uma promoção de aposentadoria, decidiu ir morar em Brasília e tornar-se correspondente das burradas do presidente para a RBS. Como o trabalho de correspondente jornalístico não ocupa muito o tempo, Ana Amélia também assina uma coluna de economia no Zero Hora e uma coluna de Política no Daily Globe.

Vida política[editar]

Ana Amélia, a senadora que o Rio Grande não precisa!

Vida política. Que vida política? Essa: em 15 de março de 2010, anunciou o afastamento do Grupo RBS para ingresso na vida política, onde Carolina Bahia tomou seu lugar como correspondente da Pizzaria Federal. Foi candidata a senadora pelo PP. E prometeu que, se fosse eleita vai dar uma mãozinha pros Sirotskys em Brasília sempre que for preciso, sendo que também apoia Yeda Crusius, e ainda flerta com Tarso Genro, ou seja uma PU-TA-RIA!!! Acabou por vencer o pleito para o Senado, na frente ao lado de Paulo Paim, colocando no bolso e no chinelo, respectivamente, Germano Rigotto e Abigail Pereira.

Ver também[editar]