Ana Malhoa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Avisoazeite.jpg
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Morena a toa.jpg


Ana Malhoa
Anamalhoasensual.jpg
"LA MAKINA sexual"
Nascimento 6 de Agosto de 1979
Bandeira de Portugal Portugal
Ocupação Cantora e modelo porno
A Bomba Latina portuguesa.

Cquote1.png Para que todos saibam, eu tenho contracto com a Playboy, tá? E recebo muito bem Cquote2.png
Ana Malhoa
Cquote1.png Ela é bem gostosa! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Ana Malhoa é reconhecida pelas suas capacidades vocais. Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Amo-a! A Ana Malhoa é perfeita! É a mulher dos meus sonhos! Cquote2.png
Mitra sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Que orgulho! É o orgulho de qualquer pai! Cquote2.png
José Malhoa sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Eu já a venci como mulher mais sexy de Portugal! Cquote2.png
Luciana Abreu, invejosa sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Córrore, a Ana Malhoa é uma bimba! Cquote2.png
Braze sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Ó Ana, deixa-me malhar aí! Cquote2.png
Seu Tio Engraçadão sobre Ana Malhoa
Cquote1.png A Ana Malhoa faz-me suar só de pensar nela! Cquote2.png
Português sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Já a tentei comer. Não consegui. Cquote2.png
Cristiano Ronaldo sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Já comi. Cquote2.png
99,9% dos cantores de Música Pimba portugueses (o 0,1% é o Michael Carreira, que é Gay) sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Ana Malhoa é para os portugueses o que Salma Hayek é para os mexicanos. Cquote2.png
Filósofo sobre Ana Malhoa
Cquote1.png Ou não. Cquote2.png
Ou não sobre citação acima


Ana Malhoa é uma pseudocantora portuguesa de Música Pimba que fez de apresentadora de televisão nos tempos livres.

Mas é mais conhecida por posar completamente nua do que pelas suas músicas patéticas, "tropicais urbanos" com um gajo qualquer a cantar em Portunhol no fundo. Também não importa a ninguém que ela seja uma das piores cantoras de Portugal, desde que seja gostosa.

Infância[editar]

Ana Malhoa nos seus tempos de Pita retardada, quando era apresentadora do Bueréré.

Ana Malhoa nasceu em 1979 em Lisboa, capital de Portugal, filha de José Malhoa, um cantor de Música Pimba (que se caracteriza por letras obscenas e ritmos mexidos, que servem de banda sonora para os típicos e saloios "bailaricos das aldeias" portuguesas, que mostra a pacovice portuguesa em todo o seu esplendor), com uma anónima, que faleceu quando Ana tinha 4 anos. Há quem defenda a tese que o seu falecimento prematuro deriva do facto da senhora ser vidente e de ter visionado o que o futuro reservava para o seu pequeno rebento. Qualquer mãe teria um ataque cardíaco.

Foi, precisamente, aos 4 anos que Ana Malhoa relevou a sua inclinação para a pimbalhada e putaria, quando subiu ao palco com o seu pai, onde dançou (não da sua forma característica, porque isso seria punível por lei) e cantou, a acompanhar o seu pai a cantar "Toda a malta gritou, até o padre ajudou: aperta, aperta com ela!" Na verdade, toda a sua educação girou em torno das letras obscenas das músicas parolas que o seu pai cantava e que eram um furor entre o povo ignorante português. Claro que só os pobres é que deliravam com este tipo de música, já que a elite portuguesa, essa, ia assistir aos concertos de Carlos do Carmo.

Ana, cresceu, assim, como uma típica criança portuguesa: a ir a bailaricos populares das aldeias, a ouvir Música Pimba, a ter uma inclinação natural para a putaria, a não fazer a depilação, a ir a Fátima e a usar roupas com estampados de leopardo. Era uma criança inocente. Ou não.

Carreira[editar]

Pouco tempo depois de actuar em conjunto com o seu pai pelos palcos desse Portugal fora, José Malhoa subornou uma gravadora e conseguiu um contrato para a sua pequena filha de 8 anos, que já se mostrava digna de ser uma cantora pimba de sucesso: cantava mal, pseudo-dançava a abanar as ancas e o rabo e era parola. Lançou então, a pequena, o seu primeiro CD, intitulado de Pai Amigo, um agradecimento ao suborno que seu pai fez.

José Malhoa ainda conseguiu com que o seu rebento fosse "convidado" para apresentar uma programa de televisão, igualmente lamentável, o chamado "O Grande Pagode", que era dedicado às criancinhas. Apesar de Ana Malho ser ainda uma Pita retardada (ao contrário de Luciana Abreu quando fez o seu programa "infantil"), o programa teve grande êxito na altura claro que o seu pai andou a comprar as audiências. Aos 15 anos, foi "escolhida" para apresentar o Super Buéréré, um programa infanto-juvenil, que envolvia atos de zoofilia com crocodilos e outros animais e danças sensuais por parte de modelos sem talento que se limitavam a posar no palco em biquini e a rodar as ancas. Enquanto se pavoneava em frente ao mini-ecrã, revelando-se já uma ninfeta para os papás das crianças que assistiam o programa em casa, gravou mais 4 álbuns para arruinar a música portuguesa. Quando voltou à televisão, a alpinista social, que apenas subiu na vida graças ao seu pai, veio apresentar um programa de suposto "apoio" à música nacional, chamado Domingo Fantástico.

Mas só ao completar 18 anos, é que Ana Malhoa se revelou (literalmente) ao Mundo e começou a actuar e a pseudo-cantar do seu modo característico: fez tatuagens, piercings, colocou silicone, as suas roupas ajustaram e o comprimento diminuiu (às vezes, até entrava em palco sem elas). E foi então que descobriu, fez-se luz na sua cabecinha minúscula, que ganharia muito mais dinheiro se mostrasse a passarinha e foi posar para a Playboy e para a FHM.

Mas Ana Malhoa é uma Cantora ou uma Atriz Pornô?[editar]

Ana Malhoa é uma mulher do mato. Literalmente.
Cquote1.png Ajudas-me a mudar o pneu do carro, gatão? Cquote2.png
Yes.png

É uma cantora

Nao.png

É uma actriz pornô

Bat sinal 1.jpg

Talvez

Aparece a cantar com o pai frequentemente?

Yes.png

Fez um filme pornográfico?

Nao.png

Posou para a Playboy e outras revistas masculinas de putaria?

Nao.png

Foi sondada para representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção?

Yes.png

Sua página oficial parece a de uma actriz pôrno?

Nao.png

Escreve APENAS COM LETRAS MAIÚSCULAS em seu Twitter "oficial"?

Bat sinal 1.jpg

Encheu seu Facebook de fotos nuas?

Nao.png

Já todos viram os seus peitos e região púbica?

Nao.png

Costuma usar saltos com 20 centímetros, micro-saias, decote gigante e muita maquilhagem?

Nao.png

Aqui na Desciclopédia só tem fotos desnudadas?

Nao.png

Total

7 em 10 : Inclinação para a carreira pornográfica


Discografia[editar]

Ana Malhoa nos seus tempos em que se "sente latina".
  • 2000 - Ana Malhoa - Sempre original (Ou não), o álbum que introduziu Ana Malhoa à música Pimba tem o seu nome próprio, preparando-se de imediato para ser um sucesso e um nome de referência. Nome de referência de putaria é. De música, não.
  • 2001 - Por Amor - Por Amor de Deus cala-te! devia ser a legenda de toda a carreira musical de Ana Malhoa - pura poluição sonora.
  • 2003 - Eu - Ora Eu, de extrema originalidade. Ela apresenta-se usando o pronome pessoal "Eu".
  • 2004 - Eu Sou Latina - Ela é portuguesa, e o país vizinho de Portugal é Espanha, e os espanhóis são considerados latinos, logo, Ana Malhoa deduziu que também ela, sendo portuguesa, e logo que Portugal fica ao lado de Espanha, é latina. Brilhante! (Ou não)
  • 2005 - Bué da Fixe - Ana Malhoa nem dá tempo ao indivíduo de pensar ou de avaliar, o seu novo álbum é simplesmente Bué da Fixe.
  • 2005 - Hot Reggaeton - Durante a febre, que se assemelhava à Gripe A, do Reggaeton, esse maldito género musical, Ana Malhoa teve de seguir a tendência.
  • 2006 - Êxitos - Ana Malhoa achou que teve hits durante a sua carreira, portanto lançou um Best Of.
  • 2007 - Nada me Pára - Infelizmente, Ana, infelizmente.
  • 2008 - Exótica - Além de ser latina, Ana Malhoa também se refere a si própria como sendo "exótica".
  • 2009 - Sexy - Além de latina, exótica, Ana Malhoa ainda diz ser sexy.

Ver também[editar]