Anicuns

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Anicuns (Any Cums, em inglês) é uma cidade pequena desconhecida isolada no meio de Goiás com aquele típico nome idiota de cidade de interior do Brasil e lotada de roceiros banguelos.

História[editar]

O imenso bezerro de ouro construído no centro da cidade, para homenagear os alicerces hereges que deram origem à cidade.

Nos primórdios Anicuns era uma tribo indígena dos anus-cus, nome simpático dado pelos portugueses a esses índios pau-nos-cus que faziam nada além de caçar um pássaro até a extinção. Posteriormente o nome foi adaptado para o inglês como "Any Cums" (que significa "qualquer porra") e depois finalmente adaptado como Anicuns. Com a chegada dos portugueses começou a merda de vez, estupros, bandidagens, corrupção, escravidão e campeonatos de subida no pau de sebo contribuíram para a formação de Anicuns como centro econômico e cultural dentre todas as fazendas do centro goiano.

É citado na história apenas como ponto de parada do exército para comer algumas putas, que levava o ouro do interior do Brasil para o litoral.

Com a transferência da capital goiana para Goiânia, relativamente perto, Anicuns tornou-se referência entre as cidades bostas dos arredores devido à sua estrutura hoteleira (moteleira), restaurantes, pizzarias, bares, bordeis, puteiros, cassinos e quintais de rinhas de galos.

Economia[editar]

A forte economia de Anicuns é muito influenciada pela Usina de Álcool Anicuns S/A e a Açúcar Ecoçúcar que empregam a cidade inteira na produção de cerveja e pinga respectivamente, produtos que aliás são o combustível de qualquer anicuense normal.

Destaque para a Cachaça Piroquinha, difundida mundialmente por Amauri Dumbo, tem uma forte filial em Anicuns, a Cachaça Atitude, a fortíssima concorrente da Corote, isso porque a Atitude vem com o seu agradável sabor intragável de gasolina misturada com querosene.

Política[editar]

Anicuns é a única cidade do Brasil cujo sistema de governo é regido por uma filosofia chamada "palhaçada". Nesta cidade é comum que até quatro candidatos a prefeito estejam inelegíveis por falcatruas em geral.

População[editar]

Anicuns tem 18.110 habitantes (goianês: caipiras) (IBGE/Datafoda-se-2008) e uma população flutuante de cerca de 3 mil habitantes, ou seja, por ano 3 mil pessoas inteligentes decidem ir embora de Anicuns para alguma cidade melhor, mas sempre nascem mais 3 mil pequenos caipiras para cobrir esse déficit.

Educação[editar]

A cidade também se orgulha por abrigar a Faculdade de Educação e Ciências Humanas de Anicuns, a pior faculdade da cidade (porque é a única), reúne caipiras de 44 municípios que saem de suas respectivas cidades bosta para pseudo-estudar em Anicuns a arte de ser vagabundo.

Turismo[editar]

Francamente, que turista que vai visitar essa porra? Mas enfim, de opção mesmo só o Lago do Sol, um tradicional ponto de encontro de todo mundo da cidade, seja para jogar dominó, vagabundar, nadar, comer uma pipoca, comer uma puta ou participar do fantástico carnaval conhecido também como Festa Junina fora de época.