Anna Faris

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Melhor.gif ATENÇÃO: ESTE ARTIGO É SOBRE UMA FALSA GOSTOSA!

Anna Faris usa e abusa de Photoshop, maquiagem e propaganda, faz lipo
com frequência, pode ter silicone na bunda e botox na cara.

Mesmo assim, você ainda acha que ela é gostosa!

Loituma.gif Este artigo é sobre algo ou alguém muito irritante e inferniza os outros por diversão. Se você vandalizar, ele será seu tormento pro resto da vida!


Anna Faris
Anna Faris
Foto trabalhada até à exaustão no Photoshop para que Anna Faris se pareça com Britney Spears.
Nascimento 29 de novembro de 1976
Baltimore Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação Atriz de Hollywood
Sem produção.

Cquote1.png Você quis dizer: Britney Spears Cquote2.png
Google sobre Anna Faris
Cquote1.png Ela levou a expressão "loira burra" a outro nível. Cquote2.png
Filósofo sobre Anna Faris
Cquote1.png Meu casamento é perfeito e o Chris é maravilhoso! Ele nunca me iria trair! VOCÊ ANDA METIDO COM AQUELA PEITUDA DE 20 E TAL ANOS, CHRIS!? EU VOU DESCOBRIR E VOU ACABAR COM A RAÇA DELA!!! Cquote2.png
Anna Faris e sua mania enche o saco de se gabar do seu casamento com Chris Pratt
Cquote1.png LOL Cquote2.png
Chris Pratt sobre citação acima
Cquote1.png Invejosa. Cquote2.png
Bryce Dallas Howard sobre Anna Faris
Cquote1.png Eu peguei seu marido, sim! Cquote2.png
Jennifer Lawrence sobre Anna Faris
Cquote1.png Toxic é a minha música favorita dela! Cquote2.png
Carla Perez sobre Anna Faris


Anna Faris (também conhecida como "Ana Farias") é uma atriz estadunidense, e, de acordo com os idiotas da Wikipedia também é cantora, o que faz dela uma cantriz.

Supostamente, a maioria dos filmes em que atua são de comédia, mas não têm graça nenhuma, já que interpreta sempre o estereótipo de loira mais do que burra.

Infância[editar]

Quando trabalhava na indústria de filmes para adultos.
Feliz pelo seu sucesso enquanto estrela de filmes para adultos.

Nasceu numa família de gente inteligente: sua mãe era professora, seu pai era sociólogo e professor na Universidade de Washington e seu irmão veio a tornar-se professor na Universidade da Califórnia. Contudo, Anna era a "ovelha negra" da família porque era burra que nem uma porta, um estereótipo andante de loira que fracassava em todas as matérias escolares.

Sendo a desonra familiar no meio de acadêmicos, a única solução de sucesso para a filha era lançá-la em Hollywood, onde podia ser burra à vontade. Mas como o talento era pouco, os papás contrataram os melhores professores de Teatro para ensinar a guria, que tinha dificuldades de aprendizagem, devido à sua burrice crónica, e por essa razão não podia frequentar a Academia de Teatro, afinal tinha reprovado nas provas, mesmo.

Antes de se lançar enquanto atriz de comédia, trabalhou durante 1 ano na indústria porno, mas mesmo assim era demasiado burra para compreender as indicações dos realizadores, pelo que acabou sendo expulsa. Uns anos mais tarde adaptaria essa estória da sua vida ao filme A Casa das Coelhinhas.

Carreira[editar]

Anna Faris: uma atriz de talento. Ou não.

Nos anos 90 teve uns papéis irrelevantes em quatro filmes, mas a fama mundial só lhe chegou em 2000, quando encarna Cindy Campbell (seu papel mais famoso e provavelmente o único que você conhece), a protagonista da franquia Todo Mundo em Pânico, mas sua atuação era sempre ofuscada por Carmen Electra, que em cada filme interpretava alguma figurante peituda aleatória.

A fim de provar que é uma atriz séria e versátil, Anna atuou em alguns dramas, participou de seriados e dublou desenhos animados, mas ninguém deu a mínima para esses trabalhos, então ela decidiu voltar para o humor. Em 2008, depois de anos sem sucesso, o filme que deveria ser responsável por reerguer sua carreira (que na verdade nunca esteve em alta) foi A Casa das Coelhinhas, uma pornochanchada onde interpretou uma Coelhinha da Playboy de forma tão convincente que acabou realmente virando uma, saindo na capa da Revista Playboy da Terra do Tio Sam.

Outro filme onde recebeu muitos elogios da crítica foi em O Ditador, interpretando uma tomboy feminista. Sua entrega para o papel foi tamanha que durante todas filmagens ela não tomou um banho sequer e ficou 2 anos sem raspar as axilas, para parecer uma autêntica ativista dos direitos dos vegetais.

Filmografia[editar]

Faris evolui para Kristen Wiig (outra loira burra comediante cuja única diferença é ser uns anos mais velha).
  • 2000: Todo Mundo em Pânico - Interpreta Cindy Campbell, uma loira mais do que burra
  • 2001: Todo Mundo em Pânico 2 - Regressa no papel que lhe deu fama mundial, para encher mais um bocado o seu saco
  • 2002: May - Obsessão Assassina - Loira burra do filme
  • 2002: Um Corpo Perfeito - Interpreta a loira burra, melhor amiga de Rachel McAdams
  • 2002: Encontros e Desencontros - Enquanto Scarlett Johansson é a loira inteligente, Faris faz, de novo, a loira burra do filme
  • 2003: Todo Mundo em Pânico 3 - Não bastaram dois, teve de vir o terceiro
  • 2005: A Hora do Rango - Loira burra e puta paga de Ryan Reynolds
  • 2005: O Segredo de Brokeback Mountain - A loira burra do filme que não sabe que os protagonistas são cowboys gays
  • 2005: Apenas Amigos - Numa premonição de seu segundo casamento, isso fala da história de um cara gordo que depois vira bombado da Academia e come esta loira burra
  • 2006: Todo o Mundo em Pânico 4 - Você já só se quer jogar pela janela se houver mais um filme dessa franquia
  • 2006: Minha Super Ex-Namorada - Papel de loira burra do filme
  • 2007: Smiley Face - Louca de Dar Nó - Papel de loira burra maconheira
  • 2008: A Casa das Coelhinhas - Filme autobiográfico de Faris, que conta a estória de quando foi expulsa da Mansão da Playboy
  • 2011: Uma Noite Mais que Louca - Papel de loira burra viciada em Cocaína
  • 2012: O Ditador - Interpreta uma feminazi
  • 2012: Para Maiores - Filme tão mau que ganhou a Framboesa de Ouro para Pior Filme em 2013

Prêmios[editar]

Fazendo macumba para as atrizes que fazem papel romântico com Chris Pratt.
  • 2007: Prêmio Drogada do Ano da Stony Awards por Smiley Face - Louca de Dar Nó;
  • 2012: Prêmio Engorda Maridos por seu casamento com Chris Pratt, onde fez com que seu marido engordasse 50 quilos;
  • 2012: Prêmio Melhor Feminazi do Ano por O Ditador

Vida Pessoal[editar]

Anna Faris espiando no set de Passengers, para ver se seu marido anda mesmo pegado com Jennifer Lawrence.

Entre 1999 começou a ser comida pelo ator Ben Indra, com que casou em 2004, mas acabou em Divórcio, em 2007, por "diferenças irreconciliáveis": quer isto dizer, que Faris foi chifrada. Indra, um ator quase anônimo, conseguiu extorquir 900 mil dólares a Faris, que, como é loira burra, aceitou.

Em 2007 conhece Chris Pratt, na altura ainda gordo, que começou a comer a magrela loira, e casaram-se em 2009, e Faris pariu o primeiro filho do casal em 2012, enquanto ia engordando Pratt com a sua comida, para que nenhuma outra mulher o quisesse roubar e não voltar a ser corna. Tudo ia muito bem para o casal, até 2014: quando Pratt perde toda a sua gordura corporal, fica bombado e vira galã, fazendo com que milhares de mulheres por esse globo fora começassem a babar-se pelo ator. Desde então, Faris tem montado o barraco por causa das co-atrizes com que seu marido trabalha: Zoe Saldana, Bryce Dallas Howard, mas especialmente Jennifer Lawrence, devido aos rumores de que Pratt e J-Law andam envolvidos, já que essa loira é mais peituda.

Ela é casada com Chris Pratt. Já referimos que ela é casada com Chris Pratt? É que um dos hobbys favoritos desta loira burra é gabar-se de seu casamento com o galã, ficar enchendo o saco sobre quanto felizes são, tudo para ocultar o fato de ser chifruda.

Ver também[editar]