Anonymous

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se procura por outros anônimos, consulte Anonymous (desambiguação).
Inquisicaoespanhola.jpg

A INQUISIÇÃO ESPANHOLA MONITORA ESTE ARTIGO!!!

Significa que o Grande Irmão e os Santos Inquisidores estão monitorando constantemente este artigo para evitar qualquer tentativa de Humor Privado, Politicagem, Patrulhamento Ideológico, Censura ou Apologia com saudável paranóia para manter o espírito desta Desciclopédia que zoa os desiguais igualmente!!! Se quiser evitar problemas... siga as regras

Capeta-2.jpg

Anonymous fez pacto com o CAPETA!
Então é melhor nem se meter com esse artigo, senão o capeta vai atrás de VOCÊ!!!

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Anonymous.

Cquote1.png Você quis dizer: IURD NERD Cquote2.png
Google sobre Anonymous
Cquote1.png Experimente também: KKK Cquote2.png
Sugestão do Google para Anonymous
Cquote1.png Um bando de losers que servem de inocentes úteis no jogo sujo dos headers da corporocracia. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Anonymous
Cquote1.png É do Alcoolicos Anônimos? Cquote2.png
Bebum sobre Anonymous
Cquote1.png Mesmo que o meu trabalho hoje em dia se resuma ao serviço secreto no estado do Acre, ainda assim consigo o feito de ser bem mais profissional que eles. Cquote2.png
007 sobre as diferenças entre ele e a turma do Anonymous
Cquote1.png Tu não é caveira! Tu é moleque... Moleque BIRRENTO! 09, traz o saco! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre o que faria caso um agente do Anonymous fosse descoberto no BOPE
Cquote1.png Na Holanda, o Servidor da Desciclopédia se derruba sozinho, não precisa de VOCÊ! Cquote2.png
Reversão Holandesa sobre um eventual ataque do Anonymous ao servidor da Desciclopédia
Cquote1.png Deep Web V1DA L0K4 Cquote2.png
Tipico anonymous

Anonymous é o nome de uma organização (sic) de natureza religiosa sediada com seus servidores nos Estados Unidos que é fortemente conhecida por se utilizar do ativismo hacker na tentativa de construir um séquito de seguidores alienados e descerebrados para quem sabe assim conseguir fazer pressão contra os lobbys feitos por parte de grandes corporações e de malandros em geral que porventura venham a cruzar o seu caminho (ou não).

Tais ativistas são conhecidos por fazer enorme estardalhaço com seu chororô copioso pela rede, completamente típico de filhinhos de papai regados a leite com pêra e fortemente beneficiados pela maldita inclusão digital.

A despeito de todos estes intentos, tal organização consegue o feito de ser tão amadora a ponto de permitir que qualquer idiota possa entrar, o que acaba por si só sendo um grande pesadelo para a grande pseudoorganização, que sofre de carência de mão-de-obra qualificada e suficientemente inteligente para ataques que não sejam na base do chilique.

Organização[editar]

Anonymous em sua pregação religiosa na tentativa de conseguir mais fiéis para a causa. (clique na imagem para ampliar)

A organização do Anonymous é completamente fodida, sendo conhecida por ter mais buracos que um queijo suíço (ou que o SO do Windows, o que dá no mesmo), permitindo que qualquer Zé Roela (como você por exemplo) possa entrar, se achando o todo especial.

O fato é que a mira da organização é a mesma das trocentas igrejas evangélicas que se espalham pelas cidades do mundo a fora, com a simples diferença de não professar a fé em Jesus ou em algo que o valha, o que acaba sendo bem conveniente para conseguir atrair os conhecidos ateus-de-fim-de-semana, conhecidos por levar os escritos pseudocientíficos do Richard Dawkins a sério, para dentro de suas hostes.

Como se pode ver, neste espaço se reune a tralha da tralha do pensamento contemporâneo, sendo que a mão-de-obra propriamente qualificada está mais ocupada em cuidar da fabricação de seu moderno celular xing ling com mão-de-obra escrava lá pelas bandas da China por exemplo.

O início dos ataques[editar]

A história foi começar quando o bando de chiliquentos se juntou a outros losers, incluidos neste rol os infames furries no conhecido 4chan, portal conhecido por aglomerar a escória do lixo do lixo da falta de noção da rede (ainda que tenha sido a origem dos quadrinhos do fu que você tanto gosta).

Como era de se esperar, logo os Anonymous, pouco ambientados com as bizarrices do universo otaku e furry, começaram a dar chilique, formando ai o seu próprio grupo bizarro, que ganharia adeptos justamente em cima de não curtir as loucuras do universo otaku presente em tais ambientes do underground.

Depois disso, a turma de pseudohackers passou a agir no intento de atacar em outros lugares também conhecidos por sua falta de noção, tais como o Habbo por exemplo, que era um jogo viral típico de idiotas sem vida social, cuja utilidade para as pessoas é completamente discutível (ou não).

O fato é que a reputação do grupo ficou tão queimada quanto a rosca do Gianecchini, a ponto de a partir daí os mesmos partirem para atacar meios mais "sérios", na tentativa de assim recuperar a respeitabilidade perdida e chamar atenção. Atualmente, essa merda vem invadindo sites e dados dá vida de Dilmeia Rueuosef, e também manifestações, então cuidado, você pode amanhecer com a alma hackeada.

Atacando a seita da cientologia[editar]

A verdade por detrás dos mascarados (em inglês, abaixo da máscara).

Quando tudo já parecia quase perdido para este bando de estigmatizados do 4chan, surge uma esperança de virar o jogo, justamente no momento em que atorzinho meia-boca de nome Tom Cruise aparece num vídeo completamente idiota falando sobre a seita da cientologia, baseada em escritos maquiavélicos de ficção cientifica feitos por um malandro esperto que lucrou horrores com a credulidade alheia.

A merda dita foi tanta que a seita tentou a todo custo (ou não) banir a merda do vídeo, visto como um risco a reputação e a imagem da organização focada em tirar mais e mais dinheiro dos fiéis, no entanto, o vídeo acabou continuando na rede por conta dos constantes chiliques do pessoal do Anonymous, que viram na existência do vídeo uma causa para lutar e para se posar como defensores da liberdade na rede, atraindo para sua própria seita um novo sequito de adeptos.

Parceria com o Wikileaks[editar]

Depois disso, o pessoal começou a andar com parcerias duvidosas, junto a um site de fofocas envolvendo vazamentos de material supostamente confidencial que na realidade não tinha nada de tão revelador assim, mas que por ser material secreto, despertaria em cheio a paranoia americana, constantemente acossada pelas conhecidas teorias da conspiração, tais como Zeitgeist por exemplo.

Assim foi até que o capo dos vazamentos, conhecido por Julian Assange foi preso por um suposto abuso sexual feito na Suécia e arredondado em coroa acima para estrupo no esquema do Arredondamento Sueco.

Com isso, mais uma vez o grupelho de pseudohackers ativistas ganharam mais um ponto de reputação, o que viria a ajudar aos mesmos a serem grandemente reconhecidos na mídia de massa, tornando a máscara um grande sucesso a nível mundial.

Atividade recente[editar]

Mas como tudo, há limites para o avanço, sendo que por conta dos grandes lobbys por parte de grandes corporações detentoras de direitos autorais e de patentes, foram propostas os projetos de lei conhecidos pelos codinomes de sopa e de pipa, bem como o acordo internacional conhecido pelo codinome acta, que teriam como grande alvo justamente o enfrentamento a hackers e a pseudohackers que porventura viessem a ser um entrave aos lucrativos negócios baseados em cima dos direitos de copyright.

Por conta disso, os ativistas do grupelho, junto a um bando de sites do underground da internet (e algumas corporações cujos interesses contrários aos projetos no congresso americano são irmãos dos da Rede Globo contra uma nova lei de imprensa por exemplo) a fazerem um protesto contra uma suposta censura na internet que viria por conta da aprovação de tais leis, que viriam apenas para reforçar o controle já existente sobre o meio digital.

Após isso, o MegaUpload, repositório conhecido por propagar material protegido por direito autoral sem pagar os devidos dividendos a Igreja Universal é fechado por agentes do FBI, provocando um novo ataque de chilique por parte do grupelho, que dessa vez atira no pé mostrando dados de um senador do partido de Obama fortemente relacionado com os grupos relacionados ao conglomerado da mídia "músical", maior afetada pela "pirataria" digital.

No entanto, tal atitude pode ser vista como um verdadeiro tiro no pé, uma vez que a alternância de poder entre democratas (melhor relacionados com a "esquerda", mas fortemente relacionados com os interesses da mídia de massa) e repúblicanos (um pouco menos relacionados com a mídia de massa, mas mais a direita e menos tolerantes com desvios legais) tende a colocar a posição do grupo em xeque já nos próximos anos (ou não).

Participação nos protestos de 2013[editar]

O Burronynous Anonymous teve uma grande importância nas manifestações pelo Brasil, através de seus vídeos, conseguiram faturar milhões vendendo máscaras do Guy PUTOS por todo o país, também invadiram vários sites da nasa, dando ainda mais trabalho para os estagiários de TI do serviço público.

Também ficaram famosos por usarem a voz do Google levantarem as 5 causas dos protestos, ou seja, tiraram o foco dos protestos, tudo o que os políticos desejam para chamar os protestos de badernas. Depois o PSDB comprou os copyrights do Anonymous e passou a fazer vídeos miguxos.

Conclusão[editar]

O Anonymous é uma verdadeira canoa furada, sendo recomendado aos Desciclopes que porventura estejam envolvidos com tal igreja organização, que corram pra caralho, para não virarem comida de mafagafo ou cairem numa cilada como o Bino do Carga Pesada. é por isso que o serve da deciclopédia esta caido.

Ver também[editar]


Illuminati.jpg
Th heyleyroy.jpg