Antônio Prado de Minas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Prefeitura/casa/parteira/pastelaria/borracharia/hotel/restaurante/churrascaria/bordel da cidade de Antônio Prado de Minas.
A cidade usa a mesma tática de Alto Rio Doce para pegar otários, apesar de que ninguém seria tão otário a esse ponto.

Antônio Prado de Minas deve ser a menor cidade de Minas Gerais. A cidade é tão desconhecida e tão pequena que é um teste para pessoas míopes, consiste em perguntar onde está a mancha vermelha que é Antônio Prado de Minas, há uma outra Antônio Padro no Rio Grande do Sul e ambas cidades parecem irmãs separadas pelo nascimento.

História[editar]

Certa vez um trem acaba saindo dos trilhos, nos vagões estavam contidos vários loucos que estavam indo para um hospício de melhor qualidade em São Paulo. Os loucos acabaram conseguindo fugir dos vagões com esse descarrilhamento, andaram por alguns quilometros e se jogaram dentro de um buraco.

Lá dentro eles começaram a se reproduzirem e aumentarem a população para 1 mil habitantes, após sairem de lá dentro montaram cabanas que hoje os "nativos" de Antônio Prado de Minas chamam de casas e criaram uma cidade onde não fariam porra nenhuma. Assim nascia Antônio Prado de Minas que era considerada mato até descobrirem que havia vários loucos soltos por lá.

A cidade se emancipou em 1900 e guaraná com rolha achando que poderiam sustentar um município com uma casinha escrita "Antônio Prado de Minas" e dizer que aquilo era um ponto turístico.

Hoje, aquilo é uma pastelaria/prefeitura/ponto turístico/hotel/mecânica da cidade.

Cidade[editar]

Não se sabe se ela foi para outra dimensão ou se a cidade na verdade é uma tribo que fica dentro do Mato. O que se sabe que seus habitantes são caipiras desempregados e desocupados que ficam enxergando a grama crescer o dia todo. Interessante é que todas as casas de Antônio Prado de Minas são iguais mesmo sem querer.

Por dentro, por fora talvez não mas por dentro a mesma coisa.

A cidade não tem playboys, é pequena demais para eles, também nunca existiram playboys por lá, os que foram encarar esse duro emprego fora de sua cidade acabaram perdendo para os playboys daquela. Talvez nem tenha carro e Antônio Prado de Minas. Assim como turismo ou vontade de alguém ir.

Como Chegar[editar]

Ótima pergunta, na verdade se você começar a andar por uma estrada de chão batido você vai acabar achando um "fura-pneus" da polícia local, eles usam isso geralmente para não falirem e venderem pneus para você. É um bom truque que o rei da cidade ensinou aos nativos (rei da cidade pois o prefeito nunca muda, e ninguém queria ser prefeito também).