Apodiformes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Porraformes
Rara ocasião em que um apodiforme decide coçar o ânus num pedaço mais abrasivo de caule
Rara ocasião em que um apodiforme decide coçar o ânus num pedaço mais abrasivo de caule
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Classe: Voadores
Ordem: iPodiformes

Apodiformes são uma ordem de passarinhos bicudos, conhecidos por serem ligeiramente estúpidos (o que os diferencia dos pica-paus e tucanos) e um tanto quanto viados (não o animal mamífero, mas homossexuais mesmo) porque vivem atrás de florzinhas, batendo asas com o maior charme e desmunhecando quando ninguém está vendo.

Embora a maioria dos passarinhos dessa ordem sejam os beija-flores, o andorinhão também foi incluído na ordem, mais por falta de lugar para localizá-los na taxonomia, visto que as diferenças são visíveis e gritantes entre beija-flores (pequenos, gays, bicudos e amantes de néctar) e andorinhões (parece apenas um pombo preto).

Anatomia[editar]

É tarefa difícil definir o que seria um apodiforme, porque para isso é necessário buscar características comuns entre beija-flores e andorinhões. Com esta condição, concluiu-se que os apodiformes são pássaros que voam e possuem penas, penas tanto nas asas como no corpo como na cauda. Também possuem bicos e suas asas servem para ajudá-los a voar. Segundo essa tese, acredita-se que os beija-flores não sabem levitar, como diz a crença popular, mas sim que suas asas batem tão rápido que distorcem o tecido do espaço-tempo e abrem um portal para outra dimensão onde estão as p-branas, o que gera o efeito da invisibilidade de suas asas enquanto voam, e portanto não levitam.

Aliás, esses pássaros se orgulham em ser o que se auto-denominam de "pássaro-raiz", porque ao contrário de pombos estúpidos, os apodiformes não possuem patas e portanto nunca pousam, estão sempre voando, porque pássaro é pra isso, pra ficar voando. Claro que por isso sua vida dura no máximo uns 40 dias antes de morrerem de fadiga, por isso, pela flata de tempo para acasalar, os machos destes animais precisam injetar seu sêmen em flores, para que as fêmeas os colha e assim perpetuar a espécie.

Costumes[editar]

Louva-deus atacando um apodiforme, sua presa favorita, animal que considera bem inútil.

São animais cheios de energia pra gastar, e como não possuem patas (exceto os pombos negros da família Hemiprocnidae), assim que nascem já aprendem a voar e nunca mais pousam, por isso nunca verá um beija-flor ou andorinhão pousado, sendo as fotos de tais eventos apenas montagens com versões empalhadas destes animais já mortos.

Embora alguns afirmem que estes animais são frescos e aboiolados, fato é que são muito o oposto disso, afinal dedicam a exclusividade de suas vidas a ficarem perambulando pela natureza vandalizando qualquer florzinha que avistarem.

Famílias[editar]