Araguaia (novela)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ffffffffuuuuuuu.jpg Artigo sem Imagens! FFFFFUUUUU!
Este artigo possui poucas ou nenhuma imagem o ilustrando. Adicione adicionar novas imagens se não FFFFFUUUUU...
Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.

Cquote1.svg Você quis dizer: Girassol? Cquote2.svg
Google sobre Araguaia (novela)

De autoria de Walther Negrão especialista em fracassos na TV, Araguaia foi ao ar entre 27 de setembro de 2010 a 9 de abril de 2011, pela Globo. Entrou no lugar de Escrito nas Estrelas e foi substituída por Bordel Encantado.

Sinopse[editar]

mais de 8 mil anos, paira uma terrível maldição sobre o rio Araguaia, no Tocantins. Uma velha está com o pé na sepultura, até que vêm seu filho, o filho dele a mulher dele e a bisavó. O filho da velha morre assim que chega perto do rio, igual quem ousa chegar perto do pé de elefante de Chernobyl, e a velha empacota logo em seguida, mas o filho insiste em ficar lá, mesmo sabendo que pode ir para o cemitério a qualquer momento.

O cara decide construir um lugar melhor para todos na cidade de Girassol, onde a bagaça se passa, e tem que lidar com Max Mautinez, o Kim Jong-un da novela, um ancião que manda e desmanda em todos... e ai de quem não o obedecer.

Cquote1.svg Eu tenho medo! Cquote2.svg
Regina Pum do Palhaço Duarte sobre Max Mautinez.

Personagens[editar]

  • Antoninha - Regina Pum do Palhaço Duarte: é a veia que tá na beiça do corvo (ela morre logo no início da trama). Tem uma fazenda às margens do Araguaia e se dói por nunca ter tido um filho na novela, ao contrário da vida real, quando pariu Gabriela Duarte em 1974. É a paixão de Max Mautinez, mas ela o repudia.
  • Solano Rego - Murilo Rosa: o mocinho bonzinho da novela, que sabe montar e domar cavalos e vai enfrentar Max Mautinez; ao mesmo tempo, apaixonar-se-á pela filha dele, Estrela Karuê. Está na capa do CD sertanojo da novela;
  • Estrela Karuê - Cléo - a índia boazinha da novela, filha de Max Mautinez, e justamente por quem Solano cai de amores. É a responsável pela maldição que mata quem chegar perto do Araguaia, mas Solano não se dá conta disso logo de cara. Está na capa do CD internacional da novela;
  • Ferdinando - Edson Smartphone: o papi de Estrela, morre também no começo, assim que chega perto do pé de elefante rio Araguaia;
  • Max Mautinez - Lima Duarte: o malvadão da novela, que toca o terror a torto e a direito em geral. É apaixonado por Antoninha, mas como ele é mauzão, ela o menospreza. Se tornará, naturalmente, o inimigo nº 1 de Solano, já que eles têm divergência de ideais;
  • Mariquita - Laura Cardoso: fazendo aqui, pela enegésima vez, o papel da velha (que é) rabugenta e implicante. Aqui ela vai implicar com Estrela Karuê;
  • Amélia - Júlia Lemmertz: esposa postiça de Max Mautinez e mulher de verdade. Justamente por estar com ele, é outra rabugenta que temos que aturar;
  • Manuela - Milena Tosca-no: veterinária que trabalha em um frigorífico e se envolve com Solano, mesmo Max Mautinez sendo contra (para variar);
  • Marcela - Ísis Valverde: vive em Belo Horizonte e mente para o namorado sobre uma falsa gravidez, tipo a Grávida de Taubaté;
  • Fred - Raphael Viana: o outro filho de Mautinez, gosta de praticar rafting no Araguaia. Vive tretando com o pai;
  • Emílio - Otávio Augusto: o típico padre que toda novela ambientada no interior tem que ter, só que esse abusa de criancinhas;
  • Janaína - Suzana Pires: tem um bar na região. Fred é apaixonado por ela;
  • Vítor - Thiago Fragoso: noivo de Manuela no começo da novela;
  • Nancy - Mariana Rios: trabalha no bar de Janaína, mas prefere Pimpinela;
  • Pimpinela - Nando Dunha: o palhaço do circo de Girassol e parceiro amoroso de Nancy... claro, o artigo tinha de mencionar esses dois, pois todo mundo gostou deles e tal.

E outros personagens sem nenhuma importância para a novela.

Trilha sonora[editar]

A segunda novela das 6 a ter três trilhas sonoras lançadas, após Paraíso realizar tal feito.

Nacional[editar]

  1. Rios de Amor - Victor e Léo
  2. Mentes Tão Bem (Mientes Tan Bien) - Zezé di Camargo e Luciano
  3. Companheiro - Maria Eugênia (abertura dessa merda)
  4. Disparada - Daniel
  5. Tocando em Frente - Paula Fernandes e Leonardo
  6. O Amanhã é Distante (Tomorrow is a Long Time) - Zé Ramalho
  7. Mais Que a Mim - Ana Carolina e Maria Gadu
  8. Fotos na Estante - Skank
  9. Jardins da Babilônia - Kid Abelha
  10. O Tempo - Móveis Coloniais de Acaju
  11. Puro Êxtase - Barão Vermelho
  12. Simples - Manno Góes
  13. Por Enquanto (acústico MTV) - Cássia Eller
  14. Felicidade - Antônio Villeroy

Sertanojo[editar]

AVISO: nem todas as faixas abaixo são lixosas.

  1. Adrenalina (ao vivo) - Luan Santana (credo...)
  2. Pode Chorar (ao vivo) - Jorge & Mateus
  3. Baladeira (ao vivo) - Jeann & Júlio
  4. Tô Vendendo Beijo (ao vivo) - Humberto & Ronaldo
  5. Xique Bacanizado (ao vivo) - João Carreiro e Capataz
  6. Futebol, Cervejada e Viola (ao vivo) - Luiz Mazza e Luciano
  7. No Ponteio da Viola (ao vivo) - Mayck & Lyan
  8. Labirinto (ao vivo, a última) - César Menotti & Fabiano
  9. Amanheceu, Peguei a Viola - Renato Teixeira e Sérgio Reis
  10. Forrépeando - Roberta Miranda e MV Bill
  11. Louvação - Forró Agarradinho
  12. Catirandê - Taís Guerino

Internacional[editar]

  1. Run to You - Lady Antebellum
  2. I Never Told You - Colbie Caillat
  3. Marry Me - Train
  4. Steal my Kisses - Ben Harper and The Innocent Criminals
  5. Cooler Than Me - Mike Posner
  6. Tonight - Alex Band
  7. My Baby Left Me - Alexxa
  8. Valentino - Diane Birch
  9. Love me Tender - Elton John feat. Dea Norberg
  10. Rollerblades - Eliza Doolittle
  11. Happy - Marina Elali
  12. Pray for You - Jaron and The Long Road to Love
  13. This is Me, This is You - Marit Larsen
  14. Blowin' in the Wind - Fiuk
  15. Babies in Your Dreams - Youth Group

Tema de abertura[editar]

Vai amigo
Não há perigo que hoje possa assustar
Não se iluda
Que nada muda se você não mudar

Ponha alguma coisa na sacola
Não esqueça a viola
Mas esqueça o que puder
E curte pra não morrer

Rasgue as coisas velhas da lembrança
Seja um pouco de criança
Faça tudo o que quiser
E cante que é bom viver

Ver também:[editar]