Arapongas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mazzaropi02.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Cquote1.png Você quis dizer: Araponga Cquote2.png
Google sobre Arapongas

Cquote1.png Você quis dizer Arapongas (ave) Cquote2.png
Wikipédia, sobre Arapongas
Cquote1.png Você quis dizer Rancho Cquote2.png
Wikipédia, sobre Arapongas
Cquote1.png Na união soviética Arapongas mora em você!!! Cquote2.png
Reversa Russa, sobre Arapongas
Cquote1.png Pokebola vai!! Cquote2.png
Ash Ketchum, sobre Arapongas
Cquote1.png Boa noite Londrinaaah!! Cquote2.png
Luan Santana, sobre Arapongas

Aeroporto cheio de aviões de Arapongas.

Arapongas é uma ave uma cidade minúscula em que as aves pessoas jamais viram o Sol, pois horas do dia a cidade fica encoberta pelos prédios de Londrina, e a outra parte do dia fica encoberta pelos prédios de Maringá. Estima-se que a população seja superior a 100 mil habitantes, sendo mais de 99% arapongas e outro 1% pessoas. Qualquer espécie voadora é bem vinda à cidade, desde moscas, Garças, pombas (ratos que avoam), Neil Armstrong, sininho e polegarzinha, porém devem respeitar as ordens dos governantes da cidade, as arapongas.

História

Arapongas (também conhecida como araponga, arapuca ou Araparola) e uma vila, rancho, favela cidade no interior do interior do seu cu Paraná. Foi fundada pela Comitiva de Terras e do Anel a mando do Lord Voldemort, quando William Frodo Bolseiro Davids fugiu para o Brasil, pois pensava que aqui era uma terra livre da homofobia, onde judeus skinheads tinham liberdade de expressão e casamento gay entre padres e também entre padres e meninos de 11 anos foram aceitos pela sociedade. Chegando aqui nossos amigos britânicos se deparavam com a dura pica realidade de uma terra cheia de aborígenes e quilombolas guerreando entre si pela disputa de trabalho escravo, William Frodo inspirou-se no conflito para criar a história do primeiro crossover já inventado. "Negros versus Aborígenes" rendeu o Nobel da Paz para seu criador, fez muito nativo analfabeto chorar de emoção ao lê-lo, sendo copiado por roteiros de Hollywood, HQ's e vídeo games até hoje. Na região onde atualmente se situa a famosa praça dos manos da igreja matriz os nossos heróis se depararam com um ótimo lugar para fundar uma (centro de pedofilia) igreja católica, apesar de serem todos protestantes heterossexuais (leia-se crente$ do pau/cu quente). Lá se deparavam com um exército de pombas sniper rebeldes, ao chamar o intérprete indígena para poder identificar o animal "Arapongas” foi o nome ouvido, que é o termo africano para "defeco na sua cabeça", "rato de asa", "cu nervoso", "frango de pobre". Emocionados pela beleza exótica do nome William Frodo batiza a cidade de Arapongas o maior pólo moveleiro do norte do Paraná. Os primeiros lotes foram comprados pelo francês René Lancellot e sua filha, amante nas horas vagas, Vagenainne Lancellot, um fato pouco divulgado, porém de vital importância é que eles introduziram o "ménage à trois" na cultura araponguense, graças a eles hoje em dia essa é uma prática muito comum na cidade. Para você ter ideia do nível dessa porra de cidade a socialite, Valdirene do Frango Marchiori nasceu aqui, ou seja, numa escala que vai de 0 a Val Big Frango de chatice Arapongas é quase Valdirene

Etnias

A população de Arapongas é formada basicamente por diversos povos e raças todos convivendo em perfeita harmonia simbiótica que impera no Brasil, por exemplo, temos os:

Ricos

São representados por 1 família que começa com P. E termiNNA CCom I. Já os outros na maioria das vezes brancos descendentes de europeus pobres e burros (que continuam iguais até hoje, e andam de carros---- Fusion, Hilux, Civic, Corola e não podemos esquecer-nos do ----AUDI A3 97 a 2005 que se acham os inteligentes e honestos e quem não passam de um bando de idiotas analfabetos PSDEBISTAS que não entendem o real significado da vida e nem sabem o que estão fazendo no mundo apenas pensam em ganhar dinheiro para comer na churrascaria Herança e Galpão Nelore em Londrina porque sabem que tudo lá é melhor que o comércio de Merda de Araparola que alias é formado pela mesma parcela da população os Pseudo-Ricos Araparolenses) que não tinham nem onde cair mortos no país de origem, racistas xenofóbicos fascistas que tiveram a sorte de comprar terras a preço de banana que hoje em dia valem milhões no comércio babuíno local.

Escravos

São a maioria na cidade. É composta basicamente de trabalhadores assalariados que vivem nos conhecidos Conjuntos. A composição dos povos que vivem nas favelas periferias araponguenses é muito variada, indo de manos pardos a manos pretos, de vez em quando se podem achar manos vietnamitas e até "pasmem" manos brancos. A principal forma de cultura na periferia é o "manismo" ou o "emismo". A periferia sofre com as guerras de gangues principalmente entre os Emos e os Travestis que se enfrentam nas BR's pela supremacia da viadagem e poder PULITICO (alias noticiado diariarolamente na televisão.

Classe média

É composta por estudantes dos colégios MDA, OLIMPUS e PRISMA em sua maioridade cor branca e quando meninas de cabelo loiro ou cores acastanhadas (Um bando de Biscates que vão para londrina com o dinheiro dos pais e rotineiramente praticam sodomia (sexo anal)), No total são lesados e sem perspectiva financeira saudável, adoram comprar na Balulak e Di Mazzo e recentemente Sedutor não são dotados de nenhuma inteligência já que são filhos de analfabetos burocratas como pastores de vila transôes gananciosos, donos de boteco e mini-mercados, micro-empresarios, Mecanicos (Vale salientar que os classe média Araparolenses só curtem Sertanejo e duplas de sertanojo universiotário. E não tem partido político que represente seus interesses de bosta.

Classe Baixa

Escreveu esse artigo.

Cultura

Típico campo de várzea da cidade

Arapongas é um polo cultural conhecido mundialmente por exportar ninfetas e importar bandidos de outras cidades e estados para trabalhar como escravos. O araponguense é conhecido no mundo inteiro por sua vasta cultura e diversificado gosto musical resumido a Sertanejo Universitário, Música Eletrônica e Rap, uma minoria escuta FM, que praticamente toca esses estilos. Haviam pessoas que gostavam de outro tipo de música, como a música clássica, mas esse problema já foi resolvido pela inquisição cultural realizada, onde pessoas profanas aos olhos "santíssima mesmice" já foram crucificadas. Aqui é o lugar das moças santinhas pra casar, você nunca saberá quão puta uma menina é de verdade, pois na época do cio elas peregrinam para as cidades vizinhas, principalmente Londrina. Outro fator importante para sua vida amorosa funcionar bem por aqui é o fato de você possuir um automóvel, isso abrira as pernas portas para sua felicidade no amor. Apesar de serem usadas e jogadas fora as gurias araponguenses sentem uma atração irresistível pelo cheiro de gasolina o que faz com que seus cérebros derretam de tanta futilidade. Um fenômeno que está sendo estudado em Harvard que acontece somente em Arapongas e tem deixado muitos cientistas sociais perplexos é o do passeio na avenida principal no sábado da semana do pagamento, usado principalmente pelos jovens para atrair uma parceira no cio, é o dia de maior atividade sexual na cidade.

Emprego

Os empregos da cidade se resumem a uma função, escravo em produção de fabrica de móveis. Tem preferencia para trabalhar aqui, nordestinos, emos, manos vietnamitas, sertanejos universitários, crentes e alienados. Como alienados, por fazer um trabalho alienante, compreendem 99,99999999999% da população, ser diferente gera revolta na população contra o indivíduo que tentar ser culto, não se engane, isso não passa de um plano elaborado pelos governo Aliens alienantes gaygrey para controlar Arapongas.

Bandeira

A bandeira de Arapongas é o verdadeiro carnaval. Suas cores são Amarelo Xixi e Azul Desbotado. Além disso dentro do Azul Desbotado têm umas Arapongas (ave). Está em estudo no sanatório a implantação do Lobisomem na bandeira da cidade.

Curiosidades

A bandeira da cidade de Arapongas possui um erro, mas como o herói da cidade, Lobisomem é orgulhoso no mal sentido, e não aceita que interfiram nos seus atos, ele decidiu manter a bandeira com 3 arapongas, quando o correto eram duas (como mostra a história). Para piorar, o próprio Lobisomem quer se colocar na bandeira, o que está causando um alto índice de rejeitação das arapongas pessoas. Todas as ruas têm nomes de aves mitológicas, por exemplo: Rua frango preto de macumba. Avenida Pomba Gira. Rua Meteoro de Pégaso. Avenida Varejeira.