Araribóia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Arariboiola Cquote2.png
Google sobre Araribóia

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Araribóia.
Arariboia - Afonsinho
O disco voador que pousou em Niterói

Maracajaguaçu, o Índio Gato Bravo Grande (ui!), cuja aldeia se localizava na perdida Ilha de Paranapuã, atual Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, teve dois filhos: Mamenoaçu (mamar onde?) e Arariboia (Cobra da Tempestade ou Cobra Feroz - devido seu perspicaz membro ou 3ª perna).

História[editar]

O baculejo do território brasileiro por Portugal deve muito a um grande e valoroso índio, filho de Maracujáguaçu: Arariboia. Recrutado por Estácio de Sá, formou-se em Artes Carnavalescas. Organizou seus guerreiros temiminós e colocou os emos franceses que já ocupavam a Baía de Guanabara por volta de uma década. Agradecido, o rei Dom Sebastião bajulou o saco de Arariboia enchendo-lhe de honrarias: deu-lhe o título de Cavaleiro do Zodíaco, nomeou-o capitão deixando Cafú de fora e tornou-o proprietário de uma grande sesmaria (6 Marias?) em Niterói. Arariboia foi batizado pelos portugueses de Martim Afonso de Souza - O Afonsinho.

Arariboia já era mestre-sala dos temiminós quando os emos franceses, com o apoio dos índios tamoios, tomaram o controle da Capitania do Rio de Janeiro (1555) que emcontrava-se sem pilhas alcalinas. Tendo perdido suas terras, brenfas e putinhas, o cacique partiu para o Espírito Santo, onde fumou o cachimbo-da-paz, meditou, e reorganizou o seu bonde boladão expulsando os holandeses drogados. Foi quando o governo de Portugal enviou ao Brasil o seu terceiro governador-geral, Mem de Sá, juntamente com um contingente de soldados bem armados de pãeszinhos, brioches e rosquinhas para retomar a boca do Rio de Janeiro. Para tanto, estabeleceram uma aliança com os elfos mata atlântica(anel de couro)e com Arariboia, reforçando as forças portuguesas com cerca de oito mil índios pelados e conhecedores das favelas contra as forças francesas do BOPE ali estacionadas e aliadas aos tamoios.

Com este apoio decisivo, a operação foi um sucesso e os portugueses recuperaram o controle da boca da baía da Guanabara.

Após a derrota dos tamoios, Arariboia recebeu seis Marias virgens de Niterói como mostra de gratidão da Coroa portuguesa.

Os Tamoios sobreviventes, por sua vez, mudaram-se para a cidade gaúcha de Viamão, onde fundaram o Tamoio FC, time conhecido por ser uma versão cover do Tabajara Futebol Clube.